Fortunati: O METRÔ ESTÁ UNINDO OS GAUCHOS

É histórica a mania do povo gaúcho andar dividido em quase tudo que acontece por aqui. Chimangos de um lado, maragatos de outro, gremistas e colorados são eternos adversários, as disputas eleitorais são realizadas de forma a “rachar” o Rio Grande a cada quatro anos.

Felizmente, a história tem apresentado momentos de exceção muito interessantes como é o caso da “Campanha da Legalidade”, comandada por Leonel Brizola (fato que ocorreu há exatamente 50 anos), e da criação do Banco Meridional do Brasil, entre outros.

A discussão sobre a implantação do metrô de Porto Alegre tem mais de 15 anos e ela teimava em trilhar a lógica dos antagonismos tão presentes entre nós. Apesar de uma teórica unanimidade em torno do tema, ele sempre acabava “engavetado” pela ausência de unidade na definição do melhor projeto para a cidade. Até o confronto entre os dois modais “ônibus/Portais” e “metrô” acabou dificultando a busca de uma solução adequada para o caso.

Foi o advento da Copa do Mundo de 2014 que recolocou no cenário a proposta da construção de uma linha de metrô em nossa cidade, unificando todos os gaúchos em torno do tema. Infelizmente, a complexidade do projeto e o volume enorme de recursos necessários para a execução terminaram inviabilizando a sua inclusão nas obras que ficarão como legado daquele evento.

Mas, felizmente, a discussão propiciada pela chamada “Matriz de Responsabilidade da Copa” terminou por colocar, de forma definitiva, sobre a mesa do Poder Executivo Federal a proposta da Linha Norte do nosso tão sonhado metrô. Graças a isso, conseguimos convencer o Governo Federal a discutir, durante o ano de 2010, com seriedade um projeto para a nossa cidade.

A reunião realizada nesta semana em Brasília primeiro com a Presidenta Dilma, depois com a Ministra Mirian Belchior, reunindo a Prefeitura Municipal de POA, a Presidência da Assembléia Legislativa, com vários deputados estaduais, uma senadora da República, 18 deputados federais, um representante do Governo do Estado, a presidenta da Câmara de Vereadores, entre outros, deu o tom da unidade do Rio Grande do Sul em torno da construção do metrô de Porto Alegre.

Naturalmente, os aspectos técnicos que envolvem o projeto, a modelagem financeira, os investimentos públicos e privados necessários para a obra, a captação de financiamento e o preenchimento dos requisitos apresentados pelo Governo Federal são de fundamental importância para o avanço das negociações.

Mas, tenho a convicção de que a demonstração de unidade demonstrada pelo Rio Grande do Sul terá um peso especial no momento em que o Governo Federal estiver decidindo sobre a inclusão desta importante obra no PAC da Mobilidade urbana. Mais uma vez, a união dos gaúchos poderá escrever mais uma bela página histórica para a nossa Capital.

Blog do Fortunati – Prefeito de Porto Alegre

Share



Categorias:Metro Linha 2

Tags:, , ,

%d blogueiros gostam disto: