Obra na Rótula da Nilo Peçanha será concluída antes do prazo

Área já foi pavimentada e agora é feito o alargamento da rua Carlos Trein Filho. Foto: Fredy Vieira

Área já foi pavimentada e agora é feito o alargamento da rua Carlos Trein FilhoApós uma série de discussões envolvendo a Secretaria de Obras e Viação (Smov), a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e a comunidade começaram, no dia 11 de janeiro, os trabalhos de retirada da rótula da avenida Nilo Peçanha com a rua Carazinho. As obras, que resultarão na substituição da rotatória pela colocação de semáforos, estavam previstas para serem entregues por volta do dia 11 de abril, mas, com o andamento acelerado, a expectativa é de que a data seja antecipada.

“Com certeza não levaremos os 90 dias estimados”, afirma o titular da Smov, Cássio Trogildo. Na segunda-feira, foi concluída a pavimentação asfáltica do local onde existia a rótula. Agora, está sendo feito o alargamento da rua Carlos Trein Filho, junto à Praça da Encol. “A maioria das intervenções estão finalizadas: o canteiro da Nilo, o da Nilópolis e a retirada da rótula. A única coisa pendente é a aprovação da CEEE de um projeto que uma empresa contratada por nós fez para o remanejamento da rede de energia elétrica”, diz o secretário. O deslocamento de um poste de distribuição da rede elétrica será executado pela empresa Instaladora Elétrica Mercúrio Ltda.

Com a mudança, a EPTC acredita que vá ocorrer uma redução de até 80% nos congestionamentos no entorno do local. Mais de 60 mil automóveis passam diariamente pelo local das 7h às 20h. O semáforo a ser colocado na via possibilita 32 programações. Junto a ele, será implantada uma câmera viabilizando o monitoramento em tempo real da região.

Após não aparecerem empresas interessadas quando do lançamento do edital, a própria prefeitura, através da Smov, assumiu as obras, orçadas em R$ 1,4 milhão. A necessidade da intervenção dividiu opiniões. Enquanto a prefeitura dizia ser urgente a alteração devido ao nó de mobilidade urbana existente no local, a Associação dos Moradores do Bairro Bela Vista (Amobela) se mostrou contrária à retirada da rótula, o que classificou como um retrocesso.

Com a semaforização da área, serão permitidas aos motoristas a conversão à esquerda, da rua Carazinho para a avenida Nilópolis, e a conversão da rua Carlos Trein Filho para a Nilo Peçanha, no sentido Centro-bairro. O movimento da Nilópolis para a Carlos Trein Filho acontecerá pela travessa Cel. Antônio Carneiro Pinto e pela Carazinho.

Jornal do Comércio
 

Share



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:

12 respostas

  1. Não vou comentar a prioridade ao cidadão no lugar a prioridade dos carros, a medida que as pessoas já estão desenvolvendo com relativa clareza. O que vou comentar é a alegria da prefeitura em terminar uma OBRECA prevista para 90 dias antes do prazo.

    Meus colegas engenheiros da prefeitura, parece que perderam a noção do real, para retirar um canteiro (que já devia ter uma boa base) asfaltar e colocar uma sinaleira demorar 90 dias é uma piada. Imaginem se procurássemos construir obras públicas como se constrói na China, iríamos demorar 100 anos para construir o que os chineses constroem em 10 anos.

    Temos uma engenharia muito burra (não necessariamente engenheiros burros). Me parece que anos a fio sem construir nada embotaram a capacidade dos nossos corpos técnicos em trabalhar dentro de uma realidade técnica.

    A obra de eliminação da rótula e de colocação de uma sinaleira é uma obra para no máximo 30 dias sem chuva, mas para os meus queridos colegas, é para 90 dias, parabéns vão entregar com dois dias de antecipação!!!

    Curtir

  2. Sera que não teria uma maneira de por a sinaleira deixando as rotulas?

    Claro, ai seriam mais sinaleiras… mas deixando o sentido e com a rotula, sei la.
    Por exemplo, a rua que vem do nacional, libera para os carros que vão entrar a direita, e ao mesmo tempo, a rotula libera para entrar na esquerda…
    Tipo, varios sinais para varios sentidos….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: