Reassentamento da Vila Chocolatão será apresentado na África

Nova Vila Chocolatão significa outras formas de trabalho e renda Foto: Jonathan Heckler/PMPA

Os esforços da prefeitura, órgãos públicos, moradores e parceiros privados para a transferência dos moradores da Vila Chocolatão serão uma das experiências apresentadas em encontro realizado em Durban, de segunda-feira, 21, a quarta-feira, 23.

A convite da prefeitura da cidade sul-africana, da rede CGLU (a maior organização de cidades de mundo) e da Sustainable Cities International, a agente de governança Vânia Gonçalves de Souza, da Secretaria Municipal de Coordenação Política e Governança Local (SMGL), falará sobre sua experiência junto à Rede para a Sustentabilidade da Vila Chocolatão, que alia governo, empresas, fundações e moradores para buscar novas perspectivas de trabalho, renda e qualidade de vida.

A apresentação de Vânia será sobre “Melhorias na Qualidade de Vida e Sustentabilidade em Comunidades sem Planejamento”. Segundo ela, uma das preocupações dos envolvidos no Projeto de Inclusão Social da Vila Chocolatão é capacitar os moradores para que tenham uma nova forma de trabalho no novo endereço, ainda que mantendo a identidade de catadores, atividade de cerca de 90% dos moradores.

Parceiros –  Entre os desafios dos agentes envolvidos na capacitação para o trabalho, está a criação de vínculo continuado, agrupando os trabalhadores em associação e estabelecendo uma nova cultura de trabalho, produção e renda. “Temos, em Porto Alegre, uma experiência muito rica, porque envolve todos os atores com diálogo e parceria, buscando alternativas conjuntas para melhorar a qualidade de vida de uma das comunidades mais sofridas da Capital” avalia Vânia.

A proposta do encontro em Durban é apresentar boas práticas, dividir experiências de várias cidades e aprender sobre outros projetos semelhantes. Os três temas centrais do encontro são Planejamento Urbano e Assentamentos, Vida Urbana Sustentável e Soluções para Resíduos”.

Participam do projeto, além da SMGL, Smic, Smed, DMLU, Fasc, Clube de Mães, Associação dos Moradores da Vila Chocolatão, Soluções Usiminas, Vonpar, CEEE, Tribunal Regional da 4ª Região, IBGE, Serpro, Parceiros Voluntários, Macarroni Fast Food e novas empresas e ONG que se associam ao projeto.

Prefeitura de Porto Alegre
 

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:

1 resposta

  1. Polemico, polemico..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: