Região Metropolitana de Porto Alegre volta a ter menor desemprego no País na pesquisa do Dieese

Desde maio de 2006, a Região Metropolitana de Belo Horizonte apresentava mensalmente a menor taxa de desemprego na pesquisa feita no País pelo Dieese. Somente agora em janeiro que Porto Alegre e as cidades próximas retomaram o posto no ranking.

A taxa de desemprego aqui teve um pequeno aumento, subindo de 7,2% para 7,3% na passagem de dezembro para janeiro. Para o mês, é o menor percentual já registrado pela pesquisa. Segundo o economista Eduardo Schneider, as Regiões Metropolitanas de Porto Alegre e Belo Horizonte têm uma estrutura econômica parecida, baseadas em indústrias e na exportação. Só que, em Minas Gerais, há muitos fornecedores da construção civil, que tradicionalmente desacelera no início do ano.

O contingente de desempregados foi estimado em 151 mil pessoas em janeiro na Região Metropolitana de Porto Alegre. São 3 mil a mais do que em dezembro. Indústria e comércio abriram vagas, mas a construção e o setor de serviços tiveram desempenho negativo.

Aqui, a pesquisa é feita em parceria entre FEE e Fundação Gaúcha do Trabalho.

ClicRBS

 



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: