Último gargalo da BR-101 no Estado é liberado

Travessia do rio Três Forquilhas era último desvio na estrada. FREDY VIEIRA/JC

O último gargalo resultante da duplicação da BR-101, no trecho gaúcho da rodovia, teve o tráfego de veículo liberado na tarde desta quinta-feira. A ponte sobre o rio Três Forquilhas, no km 40,5 da estrada, recebeu, durante toda a semana, trabalhos de finalização no pavimento da cabeceira de acesso Sul, sinalização horizontal (faixas), para que pudesse ser liberada na data prevista. A ponte é a última Obra de Arte Especial (OAEs) de grande porte liberada nas obras de duplicação da rodovia no Rio Grande do Sul.

Segundo o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Estado, Vladimir Casa, foram concentrados esforços para que a obra pudesse ser liberada para o final de semana e Carnaval. “O Dnit está satisfeito, porque a meta de liberação da ponte foi cumprida. Sabemos que o tráfego na rodovia é intenso nesta época do ano e que a liberação deste trecho é fundamental para garantir a trafegabilidade com conforto e segurança”, afirma.

Segundo o supervisor da unidade local do departamento em Osório, Delmar Pellegrini, o tempo estável na região foi crucial para que os trabalhos pudessem evoluir, mantendo a meta de conclusão prevista. “Com tempo bom, mantivemos uma rotina de trabalho concentrado durante todo o mês de fevereiro, para que a obra pudesse ser concluída dentro do prazo previsto”, afirma Pellegrini. A sinalização vertical (placas) e horizontal (faixas de eixo e bordo) permanente, executada para dar segurança para o tráfego de veículos, receberá reforço ao longo dos próximos dias.

A ponte sobre o rio Três Forquilhas possui 238,9 metros de extensão e era o último gargalo da duplicação da BR-101 no Estado. A ponte que absorvia o fluxo de veículo, no traçado antigo da rodovia, foi demolida para a construção de uma nova estrutura. Com a liberação das pontes sobre o rio Três Forquilhas, todas as OAEs e adequação de pistas estão concluídas, e liberadas, no trecho gaúcho da rodovia. Em Santa Catarina, a duplicação da rodovia segue em outros cinco lotes, de um total de nove.

Com as pistas liberadas sobre a ponte de Três Forquilhas, os usuários da rodovia devem atentar para a continuidade das obras remanescentes, direcionadas a finalizações estéticas e instalação de dispositivos de segurança. A velocidade limite sobre a ponte, para os próximos dias, será de 80 quilômetros por hora.

Os usuários da rodovia devem atentar ainda para a redução no limite de velocidade em trechos de travessia urbana e na transposição dos túneis de Morro Alto, onde a velocidade está fixada em 80km/h. Na divisa com o estado de Santa Catarina, os motoristas devem redobrar os cuidados com a redução de velocidade entre as pistas da BR-101 gaúcha, com limite de velocidade fixada em 100km/h, para o trecho catarinense, onde a velocidade máxima é de 80km/h.

Jornal do Comércio
 

Share



Categorias:BR-101

Tags:, ,

3 respostas

  1. As entradas de Florianópolis nos sentidos norte e sul são sempre complicadas? Amanhã pela manhã saio de Curitiba e pretendo chegar próximo ao meio-dia. Terá muito engarrafamento na entrada norte? Sei que o propósito deste blog não é de informações desse tipo, mas se alguém souber, será de grande ajuda.

    Curtir

  2. Coisa boa!
    Finalmente dá pra viajar pra Santa Catarina numa boa estrada.
    Pena que ainda falta muito no trecho de lá…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: