A PROPOSTA DA ANDRADE GUTIERREZ PARA REFORMA DO BEIRA-RIO

Da coluna de Hiltor Mombach, do Correio do Povo

Depois de apresentar a proposta da Engevix para reforma do Beira-Rio, apresento a da Andrade Gutierrez.

Está num documento que era para ser confidencial e parou nas mãos do repórter Fabrício Falkowski. O mesmo documento, ampliado, chegou até este blogueiro nesta quarta-feira.

As cadeiras “premium” e os camarotes ficam como ativos da construtora.

Que terá direito ao naming rigths e vai explorar shopping, catering, lojas e restaurantes.

Inter manterá a propriede do estádio “mesmo durante os 20 anos que as receitas estarão pagando o projeto”.
O Inter “se responsabilizará por pagar (upfront) R$ 26 milhões do total do investimento”.
Curiosamente este valor quase bate com o dinheiro da venda dos Eucaliptos.
Dinheiro que foi depositado no Banrisul, mas que do valor total só restariam R$ 13 milhões.
O retorno do investimento da construtora se dará através de receiatas de cinco mil cadeiras VIPs, 121 suítes, 4.573 metros quadrados de lojas; 1.003 metros quadrados de restaurantes, shows, naming/sector rights e prédio garagem para três mil vagas.
O investimento total é de R$ 290 milhões.
O Inter terá a construção de um centro de treinamentos.
E de um edifício-garagem para três mil vagas.

Veja o arquivo: Confira a proposta da Andrade Gutierrez para reforma do Beira-Rio (em pdf)

Hiltor Mombach – 09/03/2011 17:20 – Atualizado em 09/03/2011 17:45



Categorias:COPA 2014, Gigante para Sempre (Beira Rio), Outros assuntos

Tags:, , ,

6 respostas

  1. realmente ótima idéia ,e eu tenho uma ótima tambem mas não tenho nenhum incentivo nem apoio de ninguem , tenho area de 100×100 ,pá carregadeira ,caminhão , tudo isso pronto para montar uma usina de reciclagem de entulho em Porto Alegre, com todas estas obras arena ,aeromovel ,duplicações de estradas ,projeto cais Maua etc, tudo isto e voces esquecem da produção de entulho que é gerado , preciso de apoio da prefeitura ,BNDS ,alguma empresa , que queira ser correta e seguir a CONVENÇÃO DO CONAMA 307 que não é seguida aqui !!!me ajudem por favor a nos ajudar!! Gabriel Calsing 91996529-grupm3@gmail.com

    Curtir

  2. Espero que não joguem esta oportunidade de termos algo de primeira linha
    no lixo. Que tudo seja feito com linhas modernas, ampla vista do lago, e que,
    por favor, NAO FIQUEM PLANTANDO PALMEIRAS no tratamento paisagístico
    ao redor do estádio! Precisamos de sombra, precisamos de árvores grandes e
    frondosas: plátanos, jacarandás ou gapuruvus!

    Curtir

  3. “…4.573 metros quadrados de lojas; 1.003 metros quadrados de restaurantes…”

    Gostei! Tomara q os restaurantes sigam a linha daqueles no Barra, com vista para o Guaíba. Torço para q o projeto original, com marina e hotéis (foto da atual capa do Blog), seja inteiramente executado.

    Curtir

  4. Qualquer pessoa de bom senso sabia que aquela ideia de reformar o Beira-rio com recursos próprios era inconsistente e, como o Inter não tem crédito na praça (aliás nenhum clube brasileiro tem para um financiamento desse montante), só resta aceitar essa proposta da AG.

    Com isso estará mantendo o Beira-rio como o estádio de Porto Alegre na Copa, por um lado, e reconhecendo que o modelo de negócio do Grêmio, através de parceria, era o mais viável para a construção ou reforma de um estádio de futebol. Outra opção será desistir da Copa, mas aí o vexame será maior ainda, pois fatalmente a Arena do tricolor assumirá essa vaga.

    Curtir

  5. Eu, como gremista, confesso que estou dando risadas pelo fim do sonho do co-irmao de fazer toda reforma sozinho e cada vez mais tenho certeza que o Gremio fez um negocio da China no Humaita’.

    Curtir

  6. eu só quero a Copa aconteça em Porto Alegre, independente do estádio ou da construtora.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: