ÁGUA NA HIDROVIA – Burocracia ameaça início da travessia Guaíba-Capital

Terminal de passageiros em Guaíba deve ficar pronto em 20 dias, diz empresa que venceu licitação

Prevista para começar em abril, ligação pelas águas do Guaíba sofre com entraves e atrasos

Prevista para começar a operar em abril, a hidrovia Guaíba-Porto Alegre está encalhada antes mesmo de ver realizada sua primeira viagem. A esperada travessia fluvial, anunciada com festa pela ex-governadora Yeda Crusius no final de dezembro, está à deriva em consequência de imbróglios políticos e burocráticos.

Os atuais superintendentes dos dois órgãos responsáveis para que o transporte fluvial deslanchasse miram na administração anterior para culpar o provável adiamento. Vanderlãn Vasconsèllos, da Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH), e Elir Girardi, da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), apontam que o governo passado executou apenas a licitação da empresa que fará o trajeto, mas não avançou nas obras e nos equipamentos necessários para operação.

Cenário não desanima a vencedora da licitação

Para evitar o encalhe das embarcações que vão fazer o trajeto de 15 quilômetros, será preciso executar uma dragagem de quase dois quilômetros, em Guaíba. O terminal da Capital, que será instalado num dos armazéns, ainda nem foi liberado. Além disso, falta a instalação da sinalização e de dispositivos de segurança.

– O governo anterior começou a casa pelo telhado. Os barcos existem, mas ainda não tem a estrada. Não foi feita a dragagem em Guaíba, não tem sinalização com boias. Falta também liberar o terminal de Porto Alegre. Não tem segurança para operar. Como iremos liberar a travessia de 120 pessoas por viagem assim? – questionou Vasconsèllos, no cargo desde 25 de janeiro.

Girardi adianta que a licitação para a dragagem terá de ser elaborada do zero.

– Muita coisa ficou para ser feita agora – disse o diretor da Metroplan, que tomou posse no início de fevereiro.

O labirinto burocrático e político se mostra ainda mais encruado quando os ex-dirigentes dos dois órgãos, alvos do governo atual, evidenciam a falta de sintonia: jogaram a responsabilidade para o colo do outro. Gilberto Cunha, que dirigiu a SPH, disse que todo o projeto ficou com a Metroplan.

– Por ser na Região Metropolitana, tudo ficou com a Metroplan– ressaltou Cunha.

Já o ex-diretor da fundação Nelson Lídio Nunes reiterou que somente a licitação para a escolha da empresa que iria explorar a travessia era sua de responsabilidade.

– Navegação, balizamento de boias, dragagem são competência da SPH. Tudo foi conversado no governo anterior. Era para ter sido feito, mas como ocorreu durante a transmissão de governo… Mas, realmente, não dá para operar sem o canal e sem as boias – reconhece Nunes.

Para a empresa responsável pelo transporte, a CatSul, o adiamento ainda não está certo, apesar do cenário pouco animador. O diretor da empresa, Carlos Augusto Bernaud, afirmou que trabalha para iniciar as operações no dia 20 de abril, conforme a previsão inicial.

Zero Hora
 



Categorias:hidrovias

Tags:, , ,

14 respostas

  1. Se Metroplan ou SPH não têm competência, nem capacidade para fazer uma simples dragagem de 1800 m no Guaíba, deveriam ter repassado essa obrigação para a empresa vencedora da licitação em troca da ISENÇÃO dos tributos que ela terá de pagar para prestar esse serviço público.

    Curtir

  2. Para que serve essa METROPLAN mesmo?

    Cabidaço, só pode.

    Curtir

  3. “poe as boias e faca a dragagem, mas e’ isso que eu falo, eles querem tudo na bandeija pronto para tirarem fotos na frente, ou seja, trabalho nem pensar!!!…e se foi jogo de ensenacao, prq a firma que ganhou a licitacao nao vem a frente e diz que foi enganada ou coisa parecida??”

    Amigão. Tu não sabes o que rola por trás does escaninhos do Poder. Tem muuuuuita coisa por lá. kkkk

    Anunciar algo que não existe é FEIO. Muito feio. Pra tocar o projeto, a atual adminsitração teria que simplesmente fazer TUDO. Há 99,9% por fazer. A Yeda começou a casa pelo telhadinho da churrasqueira.
    A empresa vencedora da licitação não foi enganada. Ela sabia exatamente o que faltava ser feito. Ninguém é ingênuo no mundo dos negócios e da política. Agora..se você me perguntar o que na verdade está rolando…eu te digo que não faço a menor ideia.

    Curtir

  4. PHIL… concordo contigo. Troca governos e sempre acontece isso, uma joga a culpa no outro e trabalhar que é bom nada….

    Curtir

  5. Isso e’ oque eu penso, como podem culpar a mulher por isso?? nao entendi o PRQ que a nova administracao nao pode tocar adiante?? poe as boias e faca a dragagem, mas e’ isso que eu falo, eles querem tudo na bandeija pronto para tirarem fotos na frente, ou seja, trabalho nem pensar!!!…e se foi jogo de ensenacao, prq a firma que ganhou a licitacao nao vem a frente e diz que foi enganada ou coisa parecida??

    Curtir

  6. Vamos por parte, Paulo….como dizia Jack.

    A Yeda acertou ao querer fazer a hidrovia. Posteriormente foi anunciada a tarifa. Por 7,00 na minha opinião não dá certo. Muito caro..bem..mas nem vou discutir o preço da tarifa.

    Agora. Entre o anúncio que ela fez, nos tentando convencer de que estava tudo pronto, tudo resolvido e vendendo o lance como CONSUMADO, bem…aí a mentira foi deslavada.

    Foi um absurdo percebermos que nada de pronto havia. Nada. Havia apenas um acerto com a empresa Tapajós e viagens promocionais de catamarã para divulgar a coisa toda. Nunca houve trapiche, canal. laudo técnico nem licença ambiental. Para culminar a encenação toda..ela anunciou a data de inauguração para abril. Ora..quem anuncia isso, é porque resolveu todos os entraves técnicos e burocráticos. Como ficamos sabendo agora…nada disso sequer foi analisado.
    Olha a diferença entre o anúncio que ela fez e o estágio em que a coisa toda está. Se isso não é propaganda enganosa…então não sei de mais nada.
    Ficou evidente e ela deixou bem claro a todos que a bala tava na agulha, engatilhada. Mal sabíamos que nem o revólver existia.
    Quanto ao Tarso..bem, odeio o Tarso. Que fique bem nítido a todos aqui. Odeio política, odeio políticos, odeio partidos.
    Vamos parar com essa mania de quando se lê crítica a determinado partido ou candidato, pensar-se que é pra defender candidato rival ou de outro partido.
    Neguinho senta a lenha na Yeda, aparece um pra dizer que é petista. Neguinho senta o relho no Tarso, aparece outro pra dizer que tucano.
    Dane-se essa dicotomia. Não me pauto por essa disputinha de beleza entre PT e PSDB. Quero que todos explodam.
    Meu único partido é o PMBE (Partido do Meu Bem Estar)

    Curtir

  7. Augusto,

    Me responde só uma pergunta.

    Quem tem razão nessa história toda? a Yeda por ter a intenção de implementar todos esses projetos, ou o Tarso Genro em querer barrar os projetos desenvolvidos pela antiga governadora?

    Quero tentar te entender, pois te achei meio em cima do muro, ou estou errado?

    Obrigado.

    Curtir

  8. Olha..depois desse miguelaço da hidrovia, já fico me perguntando se também não há uma lorota por trás do projeto Cais.
    Não dá pra confiar em papo de político. Eu não coloco minhas mãozinhas no fogo por eles todos.

    Curtir

  9. errata: concluído.

    Agora a pergunta: como é que uma administração anuncia algo como pronto pra inaugurar, se falta tudo? Tá certo isso?

    Curtir

  10. “ela comecou…agora deveria ser o novo governador tocar para frente…”.

    EPA!!!! Alto lá. Ela não começou. Ela anunciou o empreendimento como CONLUÍDO. Já tinha até data marcada para inauguração. A diferença é astronômica. A Yeda propagandeou a hidrovia como PRONTINHA. Até travessias de teste foram feitas. tava tudo prontinho. Será que eu vou ter que colar os posts do blog aqui?
    Nesse caso, não há ideologismos em jogo. Odeio o Tarso e a Yeda…mas aprecio a verdade.
    Não há discussão nesse caso, nem intrepretações. Tá tudo documentado nos jornais, tvs e blogs. A Administração passada anunciou o empreendimento como concluído…vendeu isso a todo mundo. Anunciou e saiu à francesa.

    Curtir

  11. Nao vejo a culpa da Yeda nesse caso…ela comecou…agora deveria ser o novo governador tocar para frente…mas nao…preferem fazer escarceu politico ideologico patetico tipico de petista e cassandras desvairadas…..”Po olha isso a Yeda cumecou o prujeto, agora nao quer termina.. ai…agora agente tem que trabaia e tudo mundo sabe que isso nao e’ coisa de petista….ai…aonde noiz vai conseguir alguem pra terminar isso???…. ai”

    Eu entendo a frustracao do petista…queriam que tudo tivesse ficado pronto, so’ chegar e colocar a placa que foi feito pelo Tarso….povo bizarro!!!

    Curtir

  12. Paulinho, amado. A Yeda deu um migelaço em todos nós. Anunciou ao mundo, em prosa e verso, a tal hidrovia. Ela foi tão cretina, que sabia que precisava do laudo e licença ambiental e ainda necessitava da dragagem de 1,7 quilômetros para o canal de navegação. todos da Adminstração Yeda sabiam que o lance nasceu morto. Mesmo assim, venderam a hidrovia á população e à imprensa…que, inexplicavelmente, não checou a situação. Só agora, dois meses e meio após o final do mandato da ex-governadora, a história toda veio á tona.
    Desta vez a culpa não foi do Tarso, sinto muito.
    O que está acontecendo nesta terra, é que nossos maravilhosos políticos usam e abusam das propagandas enganosas e das conversas fiadas. É fácil contar “estória”. A imprensa dá guarida, a população acredita..todo mundo embarca na onda.
    O tal CETE ainda não foi liberado. Por incrível que pareça, os escombros da arquibancada que desmoronou há vários anos ainda não foram removidos. Por que??? Qual a dificuldade de demolir aquela porcaria? Vão liberar o CETE com aquilo lá podendo desabar a qualquer momento?
    A hidrovia foi uma baita MENTIRA. Brincadeirinha de mau gosto da tia Yeda. E vou adiante. Além de não sair em 2011, não vai sair nunca. É uma grana a dragagem de quase 2 km de leito de rio. O investimento não se paga.

    Curtir

    • Poise Augustinho, parece que sua previsão deu errada, tia Yeda fez o que se chama de “COISA DE MACHO” fazer uma licitação de um transporte tão importante para os munícipes de Guaíba contra os “megas empresários do transporte coletivo” tem que ter coragem, se dependesse do teu PT a sim nunca sairia.. Da mesma forma estamos esperando a grandiosa justiça resolver o nosso problema aqui de São Jose do Norte que também a tia Yeda teve coragem de licitar a nossa travessia que a 100anos é explorada através de autorização de gabinetes de cartolas e hoje esta sob liminar, não tivemos a mesma sorte. Espero que o tio Tarso de uma empurrada na justiça pra ver se resolve a nossa travessia, porque fora a lancha Armandina o resto é sucata.tem lanchas com 60anos de uso.

      Curtir

  13. o que uma administração constrói a outra vem e destrói.

    Parabéns RS…..estamos caminhando para ser um futuro nordeste desse jeito…esquecido, pobre, corrupto e acomodado…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: