Salários de funcionários que digitam multas no Daer seriam pagos por fabricantes de pardais

Denúncias foram ao ar no programa Jornal do Almoço desta quinta-feira

Giovani Grizotti

Após a denúncia de um suposto esquema de corrupção na contratação de controladores de velocidade no Estado, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) é alvo de novas suspeitas. Funcionários que digitam as multas no Estado seriam pagos por fabricantes dos equipamentos que mantêm contrato com a instituição.

Confira no site da RBSTV a íntegra da reportagem

O órgão mantém em Esteio, na Região Metropolitana, um prédio onde funciona o setor que controla as lombadas eletrônicas e pardais instalados nas rodovias estaduais. É neste local que trabalhava o coordenador Paulo Aguiar, flagrado em suposto esquema de fraude em licitações revelado pela RBSTV.

No mesmo prédio, também trabalham os funcionários pagos por empresas envolvidas no escândalo que mantém contratos com o Daer. Na sala onde são lançadas no sistema as multas de lombadas eletrônicas, trabalham duas funcionárias da empresa Perkons, de Curitiba, uma das denunciadas no esquema.

A direção do Daer afirmou que a atuação das funcionárias em um prédio público está prevista em contrato, mas que vai trocar as empregadas por servidores da próprio departamento.

O diretor operacional do órgão, José Pinto , anunciou que o prédio em Esteio será desativado e toda a estrutura transferida para a sede do Daer, em Porto Alegre.

O órgão anunciou ainda que, para aumentar a concorrência entre os prestadores do serviço, poderá ser permitida que empresas estrangeiras também participem de licitações para contratação de controladores de velocidade.

Zero Hora

 



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

2 respostas

  1. As denúncias podem ter aparecido na época da Yeda, mas com certeza as irregularidades vem de antes.

    Curtir

  2. E pensar que as denúncias de corrupção no DAER começaram há uns dois anos, ainda no governo Yeda. Cara, o DAER tá podre. Fecha o DAER.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: