Capital ganha ferramenta virtual para articular soluções coletivas para a cidade

É possível recomendar programas culturais e atividades de lazer que ocorrem no município

portoalegre.cc surge para que os moradores possam interagir mais com a realidade da cidade Imagem:Reprodução portoalegre.cc

Na semana do aniversário da Capital, a cidade ganhou uma nova ferramenta virtual para pensar soluções coletivas para problemas que afetam o dia a dia dos seus habitantes. O portoalegre.cc, segundo um dos co-criadores do projeto, Daniel Bittencourt, surgiu para que os internautas possam compartilhar “causas”, ou seja, sugestões de lugares legais a se frequentar, programas culturais, novidades sobre a vizinhança ou até mesmo questionar serviços e produtos prestados.

— O projeto pretende ser uma plataforma de participação cidadã para que possamos discutir a cidade que conhecemos e a cidade que queremos construir — afirma.

— A ideia é que possamos, a partir de uma discussão coletiva, pensar o que cada um de nós pode fazer para termos uma cidade mais limpa, mais harmônica, com maior qualidade de vida — complementa.

Segundo Bittencourt, o projeto surgiu a partir da iniciativa da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), onde ele é professor, com o apoio do reitor, Padre Marcelo Aquino.

— Tínhamos o anseio de trazer para a comunidade o conhecimento produzido dentro da Universidade. E, dessa forma, melhorar o cotidiano de todos — relata.

Como funciona

Para participar do portoalegre.cc é preciso fazer um cadastro simples, criando um login que será integrado a uma rede social, livremente escolhida pelo internauta: Facebook, Twitter ou Google Accounts.

Depois disso, é só criar uma “causa” que será enquadrada em uma de 12 categorias. A partir daí, o conteúdo será disponibilizado a todos os internautas e poderá ser compartilhado através das redes sociais.

— Assim, se alguém estiver, por exemplo, tendo problemas para encontrar lixo específico para pilhas usadas e relatar isso no portoalgre.cc e se mais pessoas apoiarem essa “causa”, é possível que a iniciativa privada ou até mesmo a autoridade pública possam encontrar uma solução para o problema — explica.

ZERO HORA

_______________________________

COMO PARTICIPAR:

Todos precisam fazer sua parte

O PortoAlegre.cc nasce com a proposta de ser uma plataforma colaborativa onde todas as pessoas que curtem a cidade podem contribuir. Quem nunca passou um domingo de sol no Parque da Redenção, tomando chimarrão e aproveitando a companhia dos amigos? Ou deu aquela azarada básica no Parcão? Ou ainda, aquele pôr do sol especial na orla do Guaíba, que a gente tem o maior orgulhio de dizer que é o mais belo do mundo?

O projeto PortoAlegre.cc veio para fazer parte dessas vidas, resgatando histórias, discutindo a cidade e fazendo dela um lugar cada vez melhor. Participar é fácil: basta nos falar sobre o que é Porto Alegre para você. Seja contando histórias, mostrando fotos e vídeos ou sugerindo o que pode ser feito para o futuro da cidade ser cada vez melhor.

Na primeira etapa, você pode contribuir criando uma causa. Bem, mas o que é uma causa?

É algo que pode ser feito para melhorar um lugar em Porto Alegre. Quer uma cidade mais segura? Mais tranquila? Quem sabe, mais sustentável? Você pode ter uma ideia de como colocar isso em prática. E já imaginou que pode haver outras pessoas interessadas em ajudar em levar isso adiante? Mas as causas não se resumem a demandas e anseios. Uma causa pode ser criada para celebrar um lugar. Cadastre no site aquela galeria de arte bacana do seu bairro, o point do skate e do chimarrão. Qualquer lugar que mereça um destaque é bem-vindo no PortoAlegre.cc

E isso não é legal? Para criar uma causa, basta criar um usuário no site e se conectar com sua conta do Twitter, Facebook ou Google. Daí, é escrever a sua ideia e espalhá-la entre seus amigos. Quanto mais gente souber, mais pessoas poderão ajudar a tirar a ideia da sua cabeça e mudar a realidade que nos cerca.



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

24 respostas

  1. Não Augusto, não é meu trabalho de conclusão.
    Sou mais um cidadão querendo o melhor para o ambiente onde eu vivo, somente isso.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: