Videos: Prefeitura apresenta o METRÔ DE PORTO ALEGRE

Prefeitura lança o Metrô

Veja o video de lançamento do Metrô de Porto Alegre, a ser incluído no PAC da Mobilidade.

E aqui veja o vídeo completo da apresentação do projeto, realizado pela Hype Studio, com as estações previstas:

Fonte: Prefeitura



Categorias:Metro Linha 2, PAC e PAC2

Tags:, , , ,

6 respostas

  1. Romualdo

    Um sistema com capacidade de metrô construído em via elevada necessariamente teria um impacto bem maior do que o aeromóvel. Isso decorre da diferença de capacidade entre os sistemas: o aeromóvel carrega 10 mil passageiros por hora por sentido, enquanto um metrô geralmente trabalha na faixa de 60 mil. Esse tipo de carga obviamente implica em mais peso, trazendo o requisito de estruturas de sustentação mais robustas e com maior pegada no solo. Considerando o problema crônico de Porto Alegre que é a reduzida largura dos seus eixos de transporte, esse tipo de estrutura teria um forte impacto na qualidade de vida desses eixos, degradando-os.

    Perceba que os projetistas desse sistema estão devidamente cientes dessa diferença de custo existente entre o metrô subterrâneo e o metrô elevado, pois optaram por via elevada no trecho Triângulo-Fiergs – justamente por se tratar de uma área onde há espaço para isso.

    O aeromóvel não é uma panaceia em termos de custo: o projeto do aeroporto está orçado em 30 milhões por quilômetro, enquanto o projeto da linha 2 está em 170 milhões/km, o que praticamente é compensado pela diferença de capacidade e pelo valor que o metrô agrega às regiões por ele abrangidas.

    Eu gosto do aeromóvel, mas acho que a aplicação dele ainda está restrita a situações de shuttle, como previsto para o Aeroporto e para a PUC. Transporte de larga capacidade ainda é uma tarefa cumprida exclusivamente por sistemas pesados como o metrô.

    Curtir

  2. Aproveito este espaço, na falta de outro mais indicado, para fazer uma pergunta:
    – O trem metropolitano subterrâneo é a opção mais cara de construção. Será que os técnicos cogitaram a possibilidade de construir um metrô total ou parcialmente aéreo?
    Hoje a tecnologia permite a construção de composições extremamente leves que não demandam uma estrutura tão pesada para aerotrens. Cito como exemplo a linha inutilizada do aeromóvel que, mesmo considerando sua não utilização, está ali aguentando intempéries e testes constantes, com aquelas aparentemente frágeis colunas que não ocupam quase espaço algum à nível de superfície.
    Na época da construção do Trensurb lembro de uma discussão em que se afirmava ser o custo do quilômetro/construção do aeromóvel apenas de 10% do valor gasto com o trem que foi construido, afinal…

    Curtir

  3. Eu penso que ao invés da estação Bourbon, seia mais lógico haver uma estação junto à 3° perimetral (estação Dom Pedro II), e outra na confluência da Av. Assis Brasil com a Av. Brasiliano de Moraes (estação IAPI). Assim teriam melhores integrações com linhas de ônibus que cortam a Assis brasil nesses dois pontos.

    Curtir

  4. Minhas observações:

    1) Não vai ter estação sob a terceira perimetral? Ali teria boas possibilidades de integração com linhas de alta capacidade na Terceira Perimetral.
    2) Só uma estação no centro? Acho que uma estação na região do camelódromo não seria uma má ideia

    Quanto ao traçado previsto para a segunda fase, acho que tem alguma coisa errada. Todos os projetos que eu vi até agora contavam com mais do que 4 estações. Cadê a estação do Centro Administrativo, do bairro Santo Antônio, da PUC, do Intercap?

    Uma outra coisa que eu me pergunto: precisamos mesmo que seja uma linha só? Eu acho que poderíamos muito bem ter a linha 2 seguindo para Oeste, com mais uma estação na Praça da Alfândega (região com locais de trabalho) e outra um pouco antes do Gasômetro (região densamente habitada). A segunda fase viraria então uma linha 3, partindo do mercado em direção à Azenha. Sim, algumas pessoas teriam que trocar de linha nas suas viagens, mas todo metrô do universo tem isso.

    Curtir

  5. Com esse metrô, Porto Alegre vai ter uma das melhores infraestruturas viarias do Brasil…
    Muito bem planejado o traçado, junta com os corredores de onibus, integração e tudo mais, vai tirar muitos onibus e carros da Assis Brasil e Farrapos… e até da Benjamin…

    Vai ser fróid..

    Curtir

  6. Alguém tem maiores informações sobre a apresentação do projeto da Linha 2?
    Pergunto porque no primeiro vídeo, no segundo 9, aparece um mapa onde há uma conexão, destacada em amarelo, entre as linha 1 e 2 – estação farrapos e futura estão cairu – como eu havia mencionado no primeiro post de hoje sobre o metrô, porém eu não ouvi e nem vi em lugar nenhum menção a isto.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: