COPA 2014 – Alerta suíço

Blatter exigiu pressa e disse que a Copa do Mundo “é amanhã”

Faltando pouco mais de três anos para a Copa do Mundo, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, criticou ontem o atraso do Brasil na preparação para 2014

– O Brasil está atrasado em comparação com a África do Sul no mesmo período – comparou Blatter, na Suíça.

Se no ano passado o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, reclamou da situação dos aeroportos, o alvo principal das queixas de Blatter foi a lentidão na construção dos estádios. Segundo ele, há o risco de nem Rio nem São Paulo terem suas arenas prontas para a Copa das Confederações, em 2013.

Em 2007, Blatter também havia feito críticas duas à organização da África do Sul. Na época, chegou a dizer à rede BBC que países como Inglaterra e Japão poderiam substituir os sul-africanos, caso a lentidão nas obras continuasse.

– Vou convidar o presidente da Fifa para vir ao Brasil e conhecer detalhadamente a situação – rebateu o ministro do Esporte, Orlando Silva.

Em Porto Alegre, a questão dos estádios não preocupa – a reforma no Beira-Rio está dentro do cronograma. Porém, praticamente todas as obras necessárias para receber os torcedores estão atrasadas em relação à previsão feita quando o Governo Federal lançou a Matriz de Responsabilidades, que determinava as obras da Copa.

Sede dos jogos do Mundial, o Beira-Rio convive com o trabalhos de operários desde agosto de 2010

A questão preocupa o Tribunal de Contas do Estado (TCE), que emitiu, em dezembro, parecer cobrando mais agilidade à prefeitura da Capital. O secretário municipal de Gestão, Newton Baggio, garante que todas as obras fundamentais (ao lado) estarão prontas até 2014, e que as mudanças de cronograma se devem a dificuldades na elaboração dos projetos básicos:

– Não há a menor possibilidade de que as obras não fiquem prontas.

Hoje, conselheiros do TCE se reúnem com o procurador-geral da Capital, João Batista Figueira, para discutir como as obras poderão ser aceleradas sem custar mais aos cofres públicos.

 

Zero Hora



Categorias:COPA 2014, Copa das Confederações 2013

Tags:, , , ,

12 respostas

  1. Há mais uma variável nesse processo todo. A briga de poder entre Blatter e Ricardo Teixeira. Tenho certeza que muitos capítulos ainda virão. Há uma briga de tremenda pela presidência da FIFA nos próximos anos. São interesses multimilionários em jogo.
    Vai ser uma disputa acirrada.
    Somos apenas os mariscos entre o rochedo e o mar.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: