OBRA DA COPA – Extensão de via criará alternativa à Sertório

Prefeitura pretende interligar a Avenida Severo Dullius com a Assis Brasil

O prolongamento da Avenida Severo Dullius, na Capital, deve contemplar uma ligação com a Assis Brasil, o que se tornaria uma alternativa aos congestionamentos da Sertório. A inclusão de um novo trecho ao projeto original deve resultar na desapropriação de 200 casas situadas na Vila Minuano, o futuro traçado da via.

Inicialmente, o plano era estender a Severo Dullius em 1,6 quilômetro, do entroncamento com a Avenida Dique até o futuro traçado da Rua Dona Alzira. O investimento de R$ 24 milhões, do governo federal, está previsto na Matriz de Responsabilidades da Copa do Mundo de 2014. Agora, com o mesmo recurso, a prefeitura avalia ser possível conectar a Severo Dullius até a Assis Brasil, numa extensão aproximada de mais 900 metros.

O trecho adicional, entre a Dona Alzira e a Assis Brasil, serviria de ligação com a Avenida Francisco Silveira Bitencourt, desafogando a parte mais crítica e movimentada da Sertório. O traçado divulgado pela prefeitura é provisório, e está sujeito a alterações.

Walmart bancará extensão da Dona Alzira, ao lado do BIG

A via terá largura de 47 metros, o que compreende duas faixas em cada sentido (separadas por um canteiro), ciclovia e calçadas. O pavimento será composto por blocos de concreto.

No entroncamento da Severo Dullius com a Dona Alzira será construída uma rótula. O projeto ainda prevê uma ponte sobre o canal existente junto à Avenida Dique e a canalização do Arroio da Mangueira. O secretário municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Newton Baggio, informa que o projeto está na fase de levantamento topográfico:

– Nossa expectativa é concluir o projeto básico até julho, o que permitiria começar as obras até o fim do ano. A conclusão está prevista para setembro de 2013.

Representante de 4 mil pessoas, o presidente da Associação dos Moradores da Vila Minuano, Romalino dos Santos, afirma que a comunidade aguarda com ansiedade detalhes do projeto. Ele avalia que, após a conclusão das obras, a avenida tornará os imóveis da região mais valorizados.

De forma paralela à obra da prefeitura, será realizado o prolongamento da Dona Alzira, entre a Sertório e a Severo Dullius, ao lado do BIG. Proprietária do hipermercado, a Walmart bancará a execução dos trabalhos, uma contrapartida à ampliação do empreendimento, mas ainda não definiu prazos.

Zero Hora (impressa)
 



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

9 respostas

  1. Um traçado que eu acharia interessante para a Quarta Perimetral (olhem o mapa)

    – Severo Dullius
    – Dona Alzira
    – Paula Soares
    – alguma desapropriação para construir um binário atravessando a parte residencial
    – Antônio de Carvalho

    A Manoel Elias poderia ser projetada como uma Quinta Perimetral, com uma continuação contornando o morro Santana à Leste, nos limites entre Porto Alegre e Viamão.

    Curtir

  2. Só me falta construirem um outro projeto dos anos 70 como fizeram com a 3 perimetral.
    ¬¬

    Curtir

  3. Daniel. A quarta perimetral está projetada desde os anos 70, porém não há nehum detalhamento até hoje.

    Em tempo: Sugiro que vocês coloquem o post sobre a reportagem de hoje veiculada no Correio do Povo. É incrível…mas ROUBARAM O CALÇAMENTO novinho em folha do prolongamento da Volutários da Pátria. O trecho recém executado, está vandalizado e entupido de sujeira. Bem…a sujeira não é novidade, já que Poa é um grande lixão a ceu aberto.

    Olha, pessoal do blog. Eu sei que este blog tem objetivo de divulgar os novos empreendimentos da cidade. Eu sou um fã de grandes projetos que nem vocês…mas, sinceramente; eu acho que eles são um detalhe quase insignificante perante a nossa situação de degradação urbana e social. Pra mim, nada mais tem importância na comparação com a imundície e a brutalização galopante da nossa cidade. Eu gostaria imensamente e lanço cá uma sugestão ao blog, para que façamos um movimento pela humanização (lato sensu) do local onde vivemos. Não dá mais pra aturar esta cidade. Quando saiod e casa, vejo um rastro interminável de lixo espalhado pelas calçadas e pelo leito das ruas. Entulho de obras, móveis abandonados, lixo residencial, despachos de umbanda, trapos, cães perambulando, exércitos de gente catando lixo, viciados, desocupados, carrocieros despejando lixo na casa dos outros, carrinheiros fazendo o mesmo, etc. Em tuo quanto é esquina é o mesmo cenário. Temos que fazer alguma coisa, uma campanha, um slogan, uma logo, uma faixa, sei lá…algo que tenha visibilidade e que seja permanente. Tem que ser uma marca registrada do blog e do site.
    Pode ser algo como o Movimento Quero Cais. Pode ser qualquer outra ideia.

    Não adianta a gente ficar aqui babando por grandes empreendimentos…e vivermos rodeados e pressionados por tanta imnudície e incivilidade.
    Isso aqui não é mais uma cidade. Virou um amontoado de gente mal educada e sem autoestima…muitas delas já sem forças pra lutar por melhores condições de vida onde vivem e trabalham.
    Está mais do que na hora da gente fazer algo realmente relevante na cobrança por uma cidade decente.

    Curtir

  4. Quarta Perimetral – futura via, a leste da Terceira Perimetral, e que tera como um de seus eixos a Avenida Manoel Elias.

    vamos pesquisar mais a fundo

    Curtir

  5. Uma alternativa interessante. Aliás..por falar em quarta perimetrala, hoje veio um contribuinte ao meu setor, perguntar quem estava tratando das desapropriações, pois segundo ele, a PMPA já está querendo abrir a nova perimetral e o projeto passa em cima de um terreno dele.. Fiquei surpreso. Não estava sabendo disso.
    Vamos investigar, Giba.

    Curtir

  6. Mas relendo o texto, digo que gostei da ideia de já projetarem essa avenida com canteiros largos e ciclovias.

    Curtir

  7. Eu preferia que o BIG (e o Carrefour) financiassem a extensão do corredor de ônibus Sertório.

    Curtir

  8. [2]

    Curtir

  9. Insira seu comentário anti-automóvel aqui 😛

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: