Precariedade marca rua de Porto Alegre

Trecho da Voluntários da Pátria apresenta buracos, lixo e mau cheiro

Via apresenta muito lixo em grande parte de sua extensão Crédito: PEDRO REVILLION

A situação de descaso com um trecho da rua Voluntários da Pátria, próximo à futura Arena do Grêmio, causa preocupação a motoristas e moradores que passam no local. Em setembro do ano passado, a concessionária Concepa concluiu as obras de duplicação e prolongamento da avenida. Assim, foi viabilizado o acesso pela Voluntários da Pátria, até a futura BR 448, também conhecida como Rodovia do Parque, que está em obras. O cenário que se vê agora no trecho é preocupante.

Em um ponto, os blocos de concreto, que foram utilizados para a base da pista, foram arrancados, em uma ação provável de vândalos. O receio de muitos motoristas é de que, se continuar assim, o trecho terá que ser totalmente refeito quando a rodovia e a Arena estiverem prontos. O objetivo da duplicação e do prolongamento é oferecer aos motoristas uma importante alternativa para escapar dos frequentes congestionamentos da freeway. Além disso, existe uma grande quantidade de lixo espalhado pelas laterais da via.

No local, existem moradias irregulares. Como muitos vivem da reciclagem de lixo, há grande quantidade de resíduos espalhados pelo local, transformando o espaço em lixão a céu aberto.

Os resíduos também tornam o cheiro quase insuportável. A obra realizada no trecho foi resultante de uma parceria da Concepa com a prefeitura. O novo trecho da Voluntários tem largura de 10,5 metros em cada uma das duas pistas. Com o término da obra, a responsabilidade pela manutenção passou a ser da prefeitura. A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov), que conta com um serviço de preservação das vias, realizará uma vistoria no local, para verificar as condições da rua e encaminhar, se necessário, algum tipo de reparo. Já quanto à questão do lixo acumulado, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) explica que existe o recolhimento contínuo no local.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

12 respostas

  1. Capital de 4º mundo, imunda, decadente e bagaceira. O ultimo que sair apague a luz!!

    Curtir

  2. Ah, Geovane, o problema é que tem gente de defende (e explora) esse “modo de vida, por isso é contra qualquer mudança nesse setor.

    Curtir

  3. Está mais que na hora do poder publico tomar vergonha e acabar com esta farra que é a catação de residuos para reciclagem. O ideal seria termos uma unidade central para receber o lixo de toda Porto Alegre e pegar esse povo e colocar eles para separar o material. Isso s seria possivel com a implantação de containers de coleta em vez de sacos plásticos abandonados nas calçadas. Com isso acabariam as caroças, os catadores de lixo, com a vila chocolatão e um monte de subhumanos que circulam pela cidade revirando lixo.

    Curtir

  4. Pois é, Jorge. Mas tem uma coisa que me assusta ainda mais. Com toda a certeza, ainda não chegamos no fundo do poço. Meu medo é pensar até que ponto desceremos pra chegar lá.
    O quanto ainda vamos piorar? Que as coisas vão piorar..ninguém tem dúvidas.
    Temos a “matéria-prima” ideal para uma obra dos infernos. Povo e governantes. Cada qual mais cretino que o outro.

    Abraços.

    Curtir

  5. Augusto, mais uma vez te parabenizo por tuas linhas – tens absoluta razão, infelizmente: Porto Alegre é mesmo indecente, obcena até. Quando tinha 20 anos, pulei num navio alí no cais Navegantes e zarpei pro Velho Mundo. Lembro bem que, enquanto olhava o skyline da cidade deslizando à minha esquerda em direção à Lagoa, pensava eufórico: “finalmente estou deixando esta aldeia para trás” e fazia planos para, quando da minha volta, estaria deitando raizes no Rio ou São Paulo. Dezeseis anos depois, achei que “ok, tá na hora de voltar, agora a aldeia virou metrópole, pelo menos é o que os arautos da inteligentzia engajada proclamavam, em alto e bom som. O resto deste filme já conheces, é a convivência diária com este festival de incompetência e mediocridade por parte desta caterva que finge gerenciar nossa urbe. Infelizmente esta cruz vamos carregar pelo resto de nossos dias, não tenhamos qualquer ilusão. A aberração genética dominante nesta choldra de iluminados é imune à qualquer mutação; assim, Porto Alegre estará eternamente condenada a ser a capital mundial do descaso e do deboche por parte desta casta de ungidos, oradores de fervorosos discursos a cerca do brilhante futuro que nos aguarda, blá blá blá. Esta é a sina desta incrível e maravilhosa cidade: ser administrada por boçais que não enxergam além da ponta de seus próprios narizes e – pior – tem enorme orgulho disto. Um abraço, Jorge.

    Curtir

  6. O mesmo acontece no Bairro Menino Deus. Todas as manhãs as latas de lixo estão reviradas pelo chão. De que adianta a Prefeitura colocar 3 mil lixeiras pela cidade se os mendigos derramam e espalham tudo pelo chão???

    Curtir

  7. Isso e’ Brasil, se nao tivesse nada disso nos nao seriamos Terceiro Mundo. Tem que cobrar das autoridades sim, mas nao adianta achar que isso se resolve facilmente porque a raiz do problema e’ muito mais complexa e tem a ver com distribuicao de renda, educacao, etc, etc.

    Curtir

  8. o que acontece nesta rua, acontece tambem na Rua Almoirante Barroso ( Floresta), entre as ruas Farrapos e Voluntarios.
    É uma vergonha o descaso do Municipio com a invasao da Rua publica pelos catadores e empresas de separacao de aparas. Chega ao ponto de ter caçmabas de empresas aparistas colcoadas no leito da rua , com homens e crianças misturados com lixos e donos da rua !!!!

    Curtir

  9. Devem estar vendendo esses blocos de concreto e, o que é pior, alguém está comprando, assim como acontece com as tampas de bueiros, placas de munumentos, maçanetas de portas (ou a porta toda), porteiros eletrônicos (é, não acreditam? Pois do meu prédio levaram), fios e cabos telefônicos e elétricos, etc, etc, etc

    Curtir

  10. Fazer o que, sempre tem alguem pra defender.
    Ta na hora de ser duro com esses marginais…

    Curtir

  11. O Augusto foi duro nas críticas, mas não o culpo.

    Infelizmente, tudo o que ele disse é verdade.

    Enquanto o poder público passar a mão na cabeça desses pobres “coitados” nada irá melhorar.

    O poder público tem que cobrar, fiscalizar, exigir, reprimir, prender, ENSINAR …

    Curtir

  12. É o retrato fidedigno da nossa cidade. Decadência total. Falência cabal do poder Público. Atestado seupremo do quantoo nosso povo é sujo.
    Mostrem essas fotos pros alemães..que estão “recomendando” visitas à Porto Alegre.
    Porto Alegre é um amontoado de nojeiras. Pra mim isso aqui acabou. o último que sair apague a luz, por favor.

    Agora descobriram que JAMAIS poderiam entregar melhorias sem antes tirar a gente imunda que habita o lugar em que as obras foram feitas. Vão depredar, destruir em segundos o que se demorou vários meses ou até anos para ser construído. As obras jamais podriam ficar abandonadas junto à subespécie que habita a respectiva região cntemplada pelas obras. Tinham que remover todos de lá antes de finalizarem as obras. Isso é BÁSICO.
    Construíram a Voluntários e deixaram-na à mercê daquela vila. Deu no que deu.
    Porto Alegre é uma cidade INDECENTE. Somos uma grande vila mal cheirosa…habitada por aborígenes e trogloditas e governada por selvagens.
    Olha…cheguei a uma conclusão definitiva – isso aqui não tem solução. A-C-A-B-O-U !!!

    E pensar que a gente ainda paga as casas novas pra essa “tchurma”… Quanta ironia.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: