Taxistas pedem reajuste da tarifa

A diretoria do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) encaminhou ofício à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) solicitando reajuste no valor do quilômetro rodado. A justificativa para o pedido é o aumento nos preços dos combustíveis (GNV, gasolina e etanol). A média ponderada superou o índice de 9%.

Conforme o Sintáxi, uma lei municipal determina que, ocorrendo aumento do preço dos combustíveis, em índice igual ou superior a 8%, haverá reajuste da tarifa. O aumento deverá ficar entre 7% e 8%. O valor do quilômetro rodado na bandeira 1 passaria de R$ 1, 76 para R$ 1,88 no mínimo e R$ 1,90 no máximo. Na bandeira 2, de R$ 2,29 para R$ 2,45 no mínimo e R$ 2,47 no máximo. A bandeirada (largada do taxímetro) passaria de R$ 3,52 para R$ 3,76 no mínimo e R$ 3,80 no máximo.

ZH



Categorias:Outros assuntos

4 respostas

  1. Realmente poderia ter mais bancdeiras de Taxis. Em dia de chuva, falta taxi.
    Sexta-feira optei por vir trabalhar de Taxi. Na saída, com a chuvinha, não havia taxis nos pontos.. Fiquei 45 minutos ali no ponto da 24 com a hilário. Formou-se uma fila de umas 10 pessoas. Uns 3 ou 4 turistas de negócios que vieram passar o dia em reuniões e precisavam chegar rapidamente no aeroporto. Deixamos eles passarem na frente…

    Eu gosto da cor dos Taxis de Poa. É único. Uma marca da cidade.

    Curtir

  2. não gosto da cor dos taxis da cidade. preferia verde e branco ou pra não ser amarelo chiclé, roxo purple.

    Curtir

  3. Além disto a cidade cresce, o volume de pessoas que utiliza taxi aumenta e a Prefeitura não coloca mais bandeiras em circulação.
    Está me parecendo que alguém ou está ganhando “apoio” da categoria dos taxistas para a próxima eleição!

    Curtir

  4. Piada, ne?
    O preço por km dos taxis é de um litro de gasolina, que faz bem mais que 1km.

    Fora que a maioria dos taxis é em GNV.

    O preço já é totalmente abusivo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: