Campanha do Novo Sinal de Trânsito ganha reforço

Faixas sem semáforos terão pintura especial, e fiscalização será intensificada. Foto: Lucas Barroso EPTC/PMPA

A campanha do Novo Sinal de Trânsito entra, a partir de hoje, 19, em uma nova etapa na cidade. O lançamento desta nova etapa pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), com pintura na sinalização para reforçar o gesto da mão estendida, acontece às 9h30min no cruzamento da rua Marcílio Dias com Getúlio Vargas, bairro Menino Deus. O prefeito José Fortunati participa da cerimônia.

Lançada em setembro de 2009, a Campanha do Novo Sinal de Trânsito, caracterizada pelo gesto da mão estendida dos pedestres nas faixas de segurança não semaforizadas, colaborou, em seu primeiro ano, para uma redução de 17% no número de mortes por atropelamentos na capital. Desde então, a EPTC vem desenvolvendo ações nas ruas, com distribuição de material educativo; palestras nas escolas, empresas e comunidades, pinturas nas faixas de segurança, além da autuação dos motoristas que não dão preferência ao pedestre, como indica o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A campanha recebeu, no ano passado, o Prêmio Volvo de Segurança para o Trânsito, categoria Cidades.

Em 2010, houve uma redução em vítimas fatais por atropelamentos na cidade, com 63 casos, contra 78 em 2009. Em 2011 são 11 as mortes por atropelamentos em Porto Alegre. Vanderlei Cappellari, Secretário Municipal da Mobilidade Urbana, destaca a importância desta nova etapa da campanha: “É para reforçar, ainda mais, a preferencialidade do pedestre na circulação, principalmente na questão da travessia das faixas não semaforizadas. O pedestre é a parte mais frágil, mas não deve se intimidar, e sim estender a mão, mostrar claramente a sua intenção de querer atravessar. E os motoristas têm obrigação de parar. Todos temos responsabilidade nesta difícil missão, de mudar a cultura do trânsito, garantindo um maior respeito e cordialidade nas relações da circulação”. A fiscalização será intensificada junto às faixas não semaforizadas.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

23 respostas

  1. Pior que a única indústria que não parece sofrer tantos ataques dos contra-tudo é a indústria de multas da EPTC.

    Curtir

  2. Na quinta campanha, talvez incentivem o uso do cascalho, conforme a técnica do Diego.

    Multar nunca, porque daí é indústria e, como todos sabem, não gostamos de indústrias por aqui.

    Curtir

  3. “Passei hoje de manhã por lá e vi os sinais: “São marcas de mão a frente da faixa de pedestre simulando a mão aberta para passagem!”

    Sim. Essa é a segunda fase da campanha. Na teceira fase, vão escrever no asfalto “Pare, pelo amor de Deus” e na quarta e última fase escreverão “Quem parar aqui ganha 10 reais”.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: