“Novidade”: Novo terminal do Salgado Filho não ficará pronto para a Copa

As obras de ampliação do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, estarão parcialmente concluídas em 2014. A finalização total irá ocorrer somente em meados de 2016. O novo terminal e pátio de aeronaves serão construídos em duas etapas, mas com o volume de obra que estará pronto até o campeonato mundial de futebol, as instalações serão suficientes para atender a demanda de turistas que virão à Capital. Essa foi a principal informação prestada aos vereadores da Comissão Especial de Acompanhamento da Copa do Mundo de 2014 pelo superintendente do Salgado Filho, Jorge Erdina, na reunião externa da comissão realizada nesta quarta-feira (20/04).

Erdina explicou que a licitação para o projeto executivo da obra de construção do novo terminal e pátio de aeronaves deverá estar concluída em agosto de 2011. A licitação para as obras propriamente ditas somente correrá em 2012, com o começo das operações em 2013. A despeito desses prazos, o executivo garantiu que existem áreas ociosas do terminal 1 que estão sendo ativadas em paralelo com a reativação do antigo terminal, o número 2, que já está operacional. Somente essas alterações permitem aumentar o fluxo de passageiros em 100% num curto prazo, disse ele.

Pista

Outra preocupação dos vereadores, a expansão da pista, em mais 950 metros – para permitir vôos intercontinentais sem escalas com aviões em plena carga –, depende muito mais de atos da prefeitura, como a conclusão de remoções de 1,5 mil famílias na área da Vila Dique e da Vila Nazaré, além de algumas desapropriações e desafetações, que são as liberações de equipamentos públicos como praças, canteiros e terrenos de propriedade do município. Outro entrave que diz respeito à prefeitura é a liberação de obstáculos físicos na rota da pista, como grupos de árvores, o que depende de licença da Smam.

Depois que todos esses entraves estiverem resolvidos é que a Infraero irá definir se realiza licitação para a extensão da pista ou constrói em parceria com o Exército. Entretanto, de acordo com Erdina, a área de engenharia militar assumiu muitas obras no país e talvez não tenha condições de tocar mais essa. O mais provável é que a Infraero abra edital para prolongar a pista via iniciativa privada. Erdina disse ainda que a licitação para a compra dos equipamentos ISL, que permitem a operação do aeroporto em situação de baixa visibilidade ocasionada por neblina, também está bem encaminhada.

Cargas

Erdina informou ainda que a nova estrutura do aeroporto prevê um grande terminal de cargas, cuja licitação está em andamento, um novo sistema de tanques de combustíveis para aeronaves, capaz de abastecer os equipamentos, mesmo diante de uma paralisação de fornecimento de dez dias, mais cinco mil vagas de estacionamento, totalizando dez mil veículos, e uma torre de controle inteiramente nova, que será erguida junto à nova área de cargas.

Participantes

O presidente da Comissão Especial, vereador Airto Ferronato (PSB), garantiu que os entraves pertinentes ao município serão cobrados da prefeitura. Adeli Sell (PT) solicitou melhorias no terminal antigo, que apesar de reativado tem problemas de iluminação, prestação de serviços e de sinalização. Participaram ainda da reunião os vereadores Tarciso Flecha Negra (PDT), Carlos Todeschini (PT), Dr. Raul Torelly (PMDB), Reginaldo Pujol (DEM) e Paulinho Rubem Berta (PPS). O superintendente regional da Infraeo para o Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, Carlos da Silva Souza, também esteve presente na reunião.

Comissão da Copa deverá cobrar obras do Salgado Filho

O presidente da Comissão de Acompanhamento da Copa do Mundo da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Airto Ferronato (PSB), irá liderar o grupo de vereadores que se reunirá com a direção regional da Infraero para conhecer de perto o cronograma de reformas do Aeroporto Salgado Filho.

Os vereadores querem conhecer a posição da autarquia sobre as datas de começo e término das obras levando em conta a necessidade de atender a demanda de turistas que virá a cidade assistir ao campeonato mundial de futebol, em 2014. A reunião está marcada para às 15 horas desta quarta-feira (20/4) nas dependências da Infraero, no Aeroporto.

Câmara Municipal de Porto Alegre



Categorias:aeroportos brasileiros, COPA 2014

Tags:, , , , ,

8 respostas

  1. …”RECORTE E GUARDE” ………………
    Um dia após um estudo apontar que a maioria dos aeroportos que receberão investimentos para a Copa do Mundo de 2014 não estará pronta para o torneio, o governo afirmou nesta sexta-feira (15) que as obras nos terminais serão concluídas a tempo. “Na nossa visão, as obras estão andando no cronograma adequado e deverão atender às necessidades da Copa”, disse a jornalistas o secretário da Aviação Civil, Wagner Bittencourt.

    Ele negou haver preocupação com o ritmo das obras, mas afirmou que podem ser aceleradas. “Estávamos discutindo exatamente a estratégia para que a gente possa acelerar as obras dos aeroportos e que a gente possa atender a demanda necessária para a época da Copa”, disse Bittencourt, que participou de reunião em Brasília com os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e do Esporte, Orlando Silva, para discutir a questão dos terminais aéreos.

    Na véspera, estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indicou que nove dos 13 aeroportos que estão sendo modernizados para a Copa não ficarão prontos para o evento. A situação dos terminais brasileiros é apontada pela Fifa como o maior gargalo na infraestrutura para a realização do Mundial no Brasil.
    O próprio Orlando Silva já admitiu que os aeroportos são um dos principais obstáculos para a organização do evento.

    Também participaram do encontro o presidente da Infraero, Gustavo Vale, e o coordenador do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Maurício Muniz.

    O estudo do Ipea apontou ainda que, mesmo se fosse possível concluir as obras dos terminais a tempo da Copa, dez estariam operando em “situação crítica”, ou seja, acima de 100 por cento da capacidade. Ao todo, 12 cidades realizarão jogos do torneio. Campinas não receberá partidas, mas terá investimentos para o aeroporto de Viracopos.

    O secretário da Aviação Civil afirmou que o governo trabalha “para que se tenha uma oferta e demanda equilibrada” e que “existe uma série de medidas… para que os aeroportos sejam adequados para a Copa”, inclusive a implantação de terminais provisórios, com embarque e desembarque remotos. A Secretaria de Aviação Civil, vinculada à Presidência da República, foi criada em 18 de março e terá poder de transferir à iniciativa privada o direito de explorar os aeroportos.

    A partir da implantação da secretaria, o setor de aviação civil deixou de ser subordinado ao Ministério da Defesa. Com a autonomia, o governo pretende dar mais velocidade aos investimentos nos aeroportos.


    .. não deu nem tempo de recortar e guardar.

    Curtir

  2. que broxante

    Curtir

  3. Por isso tudo sou FEDERALISTA convicto.

    Essas decisões de onde, quando e por que investir (se individar para investir ou fazer parceria com a iniciativa privada, se for o caso) devem ser feitas pela comunidade local e regional. Esse negócio de ficar esperando, sonhando, mendigando e até adulando o governo federal para que ele faça “o favor” de investir aqui o NOSSO DINHEIRO (pago através de suados impostos) está errado, mas muito errado mesmo.

    Não se trata de menosprezo com as regiões mais pobres do Brasil, porque elas também sofrem do mesmo problema – baixos investimentos públicos – e uma coisa são os investimentos federais para diminuir a desigualdade entre as regiões e estados, como propõe a Constituição, outra é esse sistema federativo que dísperdiça a maior parte dos recursos públicos num sistema burocratico e ineficiente, sucateando estados e cidade que poderiam ser autossuficientes em infraestrutura.

    Curtir

  4. Considerando que a Copa seria um marco para o turismo na cidade, já que mostraria Porto Alegre para o mundo todo, quem nos visitará se nada estiver pronto? O que os turistas verão ? Nem em um aeroporto decente eles chegarão! E se por acaso vierem, não voltam mais … essa é a realidade ! É uma grande oportunidade de transformar a cidade em destino turístico – TOTALMENTE PERDIDA! Lamentável !

    Curtir

  5. O problema é que talvez haja dois pés de araçá no caminho da pista, aí a SMAM vai demorar dois anos para liberar o corte.

    Curtir

  6. Porcaria de cidadezinha. Isso aqui é o c* do mundo. Não conseguimos sequer abrir uma picada na mata. Tudo aqui beira o impossível.

    Curtir

  7. O problema do Salgado filho fechado pela cerração, pela falta do equipamente ISL 2, nesse ritmo, só acabará em 2020 para a Copa (Paquetá de futebol de botão).

    Curtir

  8. Tudo ficará para 2016, claro, quando teremos em Porto Alegre as Olimpíadas… da Brigada Militar, só pode.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: