Dilma quer antecipar obras em aeroportos para 2013

Presidente marcou nova reunião na próxima sexta-feira para debater o tema

A presidente Dilma Rousseff ficou bastante contrariada com a constatação de que nada do que ela pediu que fosse providenciado e apressado em relação aos aeroportos foi executado. Ontem, a presidente participou de uma reunião no Planalto para tratar do tema e já convocou outra para sexta-feira. Porém, ela anunciou que quer a antecipação de todas as obras de ampliação e remodelação dos aeroportos para 2013 e não mais 2014, como estava previsto.

A reunião realizada na tarde e na noite de ontem para fazer um balanço da situação dos aeroportos foi tensa e longa.  Dilma exigiu detalhamento da situação de cada aeroporto, mas acabou se concentrando mais em Brasília, Guarulhos e Campinas, tentando saber como apressar a ampliação deles. Ela ouviu que os atrasos se deviam desde a problemas com licenciamento ambiental, passando por falta de empresas que queiram participar de licitações para as obras, já que as grandes construtoras estão interessadas nas obras decorrentes de privatização dos aeroportos. No encontro de sexta-feira, serão detalhados os demais aeroportos.

Um dos estudos que chegou às mãos da presidente Dilma aponta que, mesmo com a realização de obras previstas pela Infraero, aeroportos como os de Brasília, Confins (Belo Horizonte) e Curitiba estarão saturados em 2014. Já os terminais de Fortaleza, Salvador e Guarulhos, mesmo com a realização de obras, estarão no limite de sua capacidade de operação quando chegar o momento de realização da Copa.

Mas a presidente sabe que correrá o risco de chegar lá com eles também já saturados se novas providências não forem tomadas, porque a demanda nos aeroportos têm crescido. Apenas em março o crescimento do transporte aéreo doméstico foi da ordem de 25,48%, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

Zero Hora



Categorias:aeroportos brasileiros, Economia Nacional, Infraestrutura

1 resposta

  1. Cara, coitada da Dilma. Tá cercada de incompetentes.

    Em qualquer empresa privada, ela já tinha mandado essa cambada pro olho da rua.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: