Vila Chocolatão: Problema ou Solução ?

Vila Chocolatão: Problema ou Solução ?

Tudo começa com uma apropriação de terras, de forma indevida, por um grupo de familias marginalizadas, excluídas sociais, há mais ou menos 25 anos atrás. Hoje está área se encontra rodeada de prédios púlicos importantes e a vila do chocolatão sofre com a falta de infra-estrutura. Esta apropriação gera então um problema social e politico.

Local atual onde se encontra a vila chocolatão Foto: Google Maps

Criado o problema, é preciso achar uma solução, certo? Sim, certo, mas a solução está mesmo em remover as pessoas do local aonde se encontram para uma área totalmente diferente? Talvez… O que realmente me preocupa nessa situação toda, não é a “simples” remoção das familias que serão relocadas para outro lugar, para um local afastado, mas sim o pouco cuidado de respeitar a cultura da comunidade ou a sensibilidade de se ter uma conversa com seus habitantes.

(Veja a figura no artigo completo) O ponto A representa o atual local da Vila Chocolatão, o ponto B representa o local onde as familias se encontrarão após a realocação da comunidade, 12km separam as duas áreas. São simplesmente marginais, pois são excluídos sociais e a solução para este problema é muito mais complexo do que se pode imaginar. O sentido da palavra marginal não é no sentido do malandro, do ladrão e sim da posição que essas pessoas se encontram, na margem da sociedade. (…)

Leia o artigo completo, clicando aqui.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Favelização

Tags:, , , ,

41 respostas

  1. Matheus. Eu não sou um radical. Sou um pragmático…e gosto de disciplina, limpeza e organização.

    O argumento de que a educação é a chave para melhorar o sistema é absolutamente inverídico. Não há sociedadde possível sem opressão. A única maneira de conter o caos e a desordem é a punição efetiva e severa. A sociedade deve temer a lei. Só a partir do momento em que as pessoas tiverem muito medo das punições, é que deixarão de ser individualistas e andarão na linha.
    Educação não dá ética nem espírito coletivo. Um estado cruel é essencial a uma sociedade saudável.

    Curtir

  2. Augusto,

    desculpa se fui um pouco agressivo, é que foi uma opinião muito radical e pra mim, não nego que foi um pouco chocante.

    Cada um tem seu ponto de vista, o meu é completamente inverso do que o de muitos aqui, o que pode gerar atritos, mas estou aberto a ler opiniões adversas.

    Na minha humilde opinião, as classes mais baixas merecem uma oportunidade de educação e de uma chance maior da sociedade, acredito que há um abuso quanto o bolsa familia e outros beneficios do governo, mas acredito que alguns programas como o orçamento participativo e até mesmo as concessões de casas pode ser benéficos para a sociedade, que perderá uma vila e ganhará um condominio, modificando o panorama dessa comunidade e também as perspectivas de emprego e outros.

    É necessário uma mudança sim, mas acredito que essa mudança passe pela mentalidade dos governantes em usar o nosso dinheiro para melhor a cidade e não marginalizar essas comunidades, como é feito, hoje em dia.

    Curtir

  3. Comunicado:
    Não sou somente eu, Gilberto, que executa a moderação dos comentários. A equipe do Blog como um todo faz isso. Aliás, somos uma equipe, que cada vez está participando mais, face ao crescimento do Blog. Sugestões e críticas podem ser enviadas também por e-mail para nós, para o e-mail blog@portoimagem.com. Obrigado.

    Curtir

  4. “Minha intenção é melhorar o nível de discussão.”

    Da minha parte, a intenção não foi rebaixar o nível da discussão, apenas escrever o que penso e sinto. Fui contundente mas fui honesto..que é o principal. Achei absolutamente ncessário escrever aquilo…como um contraponto ao que tinha lido anteriormente.

    Curtir

  5. Tenha o Augusto a opinião que tiver…o fato é que isso não altera a nossa realidade nem os nossos problemas. Eles continuam todo aí….pendentes.
    Preocupem-se mais com os problemas, do que com as opiniões sobre os problemas.

    Curtir

  6. O blog pertence e é gerenciado pelos moderadores. Ponto pacífico. Eles têm todo o direito e até, obrigação de administrá-lo do modo que melhor entenderem.
    Só uma observação; quando um fórum de opiniões começa a cercear opiniões pessoais, particulares, de foro íntimo e intransferíveis…o fórum perde o sentido de ser…passando a adquirir natureza policialesca.
    O argumento de uma repimenda cível ou criminal e um comportamento que coloque em risco do blog não pode ser aduzido no meu post, pois minha opinião não pertence ao fórum…pertence a mim mesmo. Discordem ou concordem das minhas opiniões…o fato é que elas são exclusivas e atinentes à minha pessoa.
    Eu argumentei o que faria; se pudesse. Apenas isso. Não se preocupem, pois tais desejos são inalcançáveis e não passam de um desejo. De qualquer modo, faço questão de deixar o registro de que eu gostaria que meus sonhos se realizassem.
    Mas..sinceramente, acho que nós moradores de Poa e habitantes do Brasil temos muito mais coisas para nos preocupar e problemas bem mais concretos e urgentes para resolver. A vida é aqui e agora…e não espera por divagações filosóficas ou preocupações com opiniões e contra-opiniões. O mundo não liga pra elas. A caravana nunca para de passar.

    Curtir

    • Augusto, eu não deletei nenhum comentário teu neste post. Isso foi só um aviso. É a partir de agora. Minha intenção é melhorar o nível de discussão. E isso é pra ti também. Procura colaborar, não exagerando. Ah, estou totalmente aberto para discussões sobre este assunto. Podem argumentar a vontade. Estou longe de ser ditador.

      Curtir

  7. Não vi nada de nazismo, só por que ele disse que tinha que fazer como Hitler, acabar com certas pessoas.
    Claro que é radical querer matar (se bem que tem uns que eu não me importaria)…. mas ele não falou em matar por cor ou raça né?

    É aquele esquema, algumas pessoas la te matariam por um celular…. eu não me importaria que matassem esses que matam por um aparelho celular.

    O problema é que tem quem ja se acostumou e quer viver pra sempre chupando das tetas do governo (esse leitinho vem dos impostos que nós pagamos)…

    O que dói, é que tem quem defenda, com papo de falta de oportunidade, mas emprego tem de sobra.

    Curtir

  8. Caros leitores: comunicamos que aumentaremos o nível da moderação a partir de hoje. O Blog Porto Imagem não pode compactuar com certos comentários radicais demais, sob pena de sermos responsabilizados também por eles, ao permitirmos. Devemos manter um certo nível nas discussões, para que o Blog continue a ser uma referência em discussões sobre os problemas de Porto Alegre. Não hesitaremos em deletar comentários que julguemos nazistas/fascistas/violentos. Está ao alcance de um clique. Não custa nada. Obrigado pela atenção. Equipe do Blog.

    Curtir

  9. Nazismo, fascismo..pra mim são apenas nomenclaturas e que nada me significam. Não me atenho a nomes nem pessoas. Me pauto apenas pela minha opnião e pelo pragmatismo. Sou um utilitarista nato.
    Tudo o que me causa repulsa, gostaria de eliminar. Tudo que me causa contentamento, tenho desejo de manter e incentivar.
    Eu sou um cara muito simples e lógico. Não enrolo ninguém..a menos que eu queira. Aqui no blog, brindo os demais participantes com o que eu penso…creio que é a melhor homenagem que eu poderia prestar a vocês todos…dizer francamente o que penso. Vocês gostam de franqueza ou preferem dissimulação?

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: