Habitação, comércio e serviços + estacionamento: uma novidade?

Que a cidade se constrói a partir destas obviedades programáticas, ninguém discorda. Que o universo tipológico destes programas tenha se esgotado, bem, há controvérsias. A prefeitura de Rotterdam e o pessoal do MVRDV estão aí para mostrar que planejamento efetivo mais talento podem abrir novas possibilidades, como no caso do Rotterdam Market Hall.

Uma nova tipologia reune num só edifício (10 ha de área construída…) 228 apartamentos cobrindo em arco 100 espaços de tendas, restaurantes e lojas, 1200 vagas de estacionamento e um supermercado no subsolo. Por 175 milhões de euros – menos da metade do custo da reforma do Maracanã, país rico é brincadeira – o centro histórico da cidade receberá uma injeção e tanto de vitalidade. Obras em andamento, data de inauguração 2014 – lá, eles cumprem prazo.

Pois por aqui, nem ao menos temos estacionamento subterrâneo para o mercado público*, sob aquele enorme largo…e não adianta jogar a culpa no governo que entra, pois um partido aí ficou 16 anos fazendo o quê, mesmo? É de chorar, mas não adianta: somente o tempo vai fazer com que a indiada consiga evoluir. Tentamos fazer a nossa parte, aqui na turma A do Projeto VII: discutir e projetar partes da cidade usando os programas ordinários, mas nem por isso irrelevantes.
Simplesmente, fundamentais.

PS não acho o projeto o bicho, mas a idéia…é campeã!

* domingo 3 de abril – na ZH notícia “prefeitura estuda estacionamento subterrâneo no Largo Glenio Peres, e em outros lugares também”. Que legal, por um lado, só agora…, por outro. O que esses caras fazem por lá mesmo? E o metrô? Patéticos, nossos políticos e nosso povo que os põe lá. Educação é o que falta.

Post retirado integralmente do Blog de Eduardo Galvão, UM PROJETO SEM PROGRAMA, em março 2011.
http://projetosemprograma.blogspot.com/2011/03/habitacao-comercio-e-servicos.html 

Mais imagens do projeto:

Imagens do site: http://www.dezeen.com/2009/11/19/rotterdam-market-hall-by-mvrdv/



Categorias:Arquitetura | Urbanismo

Tags:, , , , ,

16 respostas

  1. Taí a criatura. Não é uma simpatia?

    Curtir

  2. essa mulher da foto e’ a louca Tania Faillace??? Tomara que seja…esse tipo de demonstracao sempre vira em piada!

    Curtir

  3. A sr. Tânia ia dizer, melhor uma OCA para meus índios ou uma caverna para meu autralopitecos.

    Curtir

  4. Julião,

    E a Zero Hora de Domingo ainda publica uma reportagem de três páginas que informa que a que a temperatura no RS aumentou e que tempestades estão mais comuns. Agora sim que nunca mais teremos projetos como estes em Porto Alegre…

    Sugiro a alguns porto-alegrenses que morem na Ilha de Paquetá, no Rio, lá só existem 8 veículos motorizados, sendo que pertencem à Prefeitura. Lá, tudo é feito de bicicleta e só é possíevel acessá-la de barco.

    Curtir

  5. O que será que a Tânia Faillace diria sobre isso?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: