Ana Amélia Lemos assume projeto de Zambiasi sobre segunda ponte no Guaíba

Com a saída de Zambiasi do Senado, foi para as mãos da senadora Ana Amélia Lemos a bandeira da segunda ponte sobre o estuário do Guaíba.

Nesta quinta-feira ela foi até o Dnit e a ANTT defender o projeto.

Junto com a senadora foi o deputado do PTB, José Sperotto.

Os governos federal e estadual teimam em manter público um projeto para o qual nenhum dos dois teve e nunca terá dinheiro, ignorando que a Concepa faz tudo em dois anos, sem dinheiro público. A mágica: ampliação do prazo de concessão da freeway. É demagogia e burrice não fechar logo esse negócio.

http://www.polibiobraga.com.br/

 



Categorias:Nova ponte Guaíba

Tags:,

6 respostas

  1. No Polibio:

    Caron diz para Ana Amélia que vai sair nova ponte do Guaíba
    O Dnit vai mesmo licitar a nova ponte do Guaíba, Porto Alegre. A promessa foi do gaúcho Hilderaldo Caron, diretor do Dnit, que falou com a também gaúcha Ana Amélia, senadora do PP.

    . Como o governo não tem dinheiro, o empreendimento poderá caber à Concepa, que explora a freeway. A Concepa disse que faz a obra em dois anos, em troca da ampliação do prazo de concessão da freeway.

    Curtir

  2. Acho que o caminho que se está trilhando é o correto, primeiro é necessário um projeto, pois a travessia do Guaíba, não é como se fazer uma ponte em qualquer riozinho, tem que se verificar qual o ponto e qual a forma de se processar esta travessia.
    A proposta de duplicar as pontes existentes não é o caminho correto que se deve dar em um empreendimento como este, talvez uma travessia mais a montante dos rios seja mais conveniente, desviando o trafego da região de Porto Alegre, se tem muitas alternativas e variáveis que não se tinha antes, como por exemplo a rodovia do Parque.

    Curtir

  3. O Fortunati deveria trabalhar na Corsan… Ele é um baita de um “encanador”… Ou num fábrica de salgadinhos, fazendo “enroladinhos”, pois é um enrolador… Ou, como última opção, a Record vai relançar a Escolinha do Barulho: ele poderia fazer uma versão do “Rolando Lero”…

    Curtir

  4. Não tem nada de briga politica e sim, esse Papinho do Polibio defendendo esssa concessionaria “cata niquel” numa tentativa de nuvel de poeira…até RG tem 5 pedagios um absurdo que acaba impactando tanto os moradores das cidades assim como também encarecendo o frete para o Porto de RG.
    Tem que serem todos repensados e dimunidos drasticamente na sua extensão.
    Nem vou comentar quem fez isso, como fez e quem se beneficia com isso
    Quanto a primeira ponte tai no Correio do Povo de hj, foi anunciado que vai ser feita licitação senao me engano em junho ou julho e ficara pronta ate 2012.

    Curtir

  5. Essa ponte precisa sair! É uma promessa de campanha de Dilma! Ela garantiu na campanha que a mesma iria sair! Disse que era obra garantida no Pac-2 e que teria as tratativas iniciadas assim que ela assumisse o governo, caso fosse eleita. Até agora nada. Ñinguém gauradou aquele “recorte e guarde” de ZH?

    E essa outra ponte aqui, de Yeda:

    https://portoimagem.wordpress.com/2010/06/18/novidade-rodoanel-alternativo-daer-quer-nova-ponte-no-guaiba/

    Aquela região do extremo sul da cidade mudaria o eixo de crescimento da cidade, que começou a fugir de POA para Canoas e atualmente já está passando de NH. Vai chegar em Nova Petrópolis essa expansão de desenvolvimento e o extremo sul de POA continuará a sua expansão para se tornar uma restinga 2. Quanto desperdício para uma área que mereceria um fim melhor. É só respeitar o parque de itapuã, o resto poderia ser aproveitado, POA não pode se dar ao luxo de enxotar o deselvovimento para fora da cidade. As prefeituras da região metropolitana agradecem, mas POA assim perde espaço no cenário nacional, até mesmo no cenário da região sul.

    Vejam essa foto:

    A Barra mescla baixinhos com altinhos, condomínios residenciais de casas e de prédios com imensas áreas verdes, bem como sub-bairros com o jardim oceânico, onde há casas e prédios pequenos avulsos, bem como também há grandes centros empresariais, tudo bem organizado e planejado, projeto de Lúcio Costa. O extremo sul de POA poderia ser assim também, mas tudo se encaminha para virar uma nova restinga ampliada.

    Preferem uma Barra, ou isso:

    http://imageshack.us/f/697/restinga01.jpg/ (Restinga-POA)

    Ainda dá tempo de evitar que o extremo sul de POA vire uma extensão da Restinga. O Parque de Itapuã e a sua presrevação é utilizado como desculpa, mas ele nem está em POA e, sim, em Viamão.

    Quanta à ponte do extremo sul, vejam essas pontes, que são pontos turísticos:


    (Ponte de Natal/RN)


    (Ponte de Aracaju/SE)


    (Ponte em Teresina/PI – Possui até uma Torre Panorâmica – Hehe)

    E, é claro, um exemplo internacional que seria muito bem-vindo:

    Mas o que esperar de políticos que nem ao menos vêem o mirante do belvedere bem acima do seu nariz.

    Por isso que digo, Yeda não foi perfeita, pois toda a classe política brasileira é complicada, mas era uma mulher que tinha visão, queria fazer algo pela área da Fase, pelo extremo sul, pelo cais.

    A obrigação de Tarso como adversário não deveria ser entraver tudo e, sim, fazer isso e ainda mais, se superar, mostrar para gente que ele é mais capaz que ela, ao invés de ficar com dorzinha de cotovelo e birra. E o Fortunati tem que deixar de ser pamonha, deixar de ser um fogaça 2, que só sabe fazer música para POA, mas não sai do plano poético.

    Vaja que as capitais nordestinas, inclusive as pobres Aracaju e Teresina, isso mesmo, Sergipe e Piauí, possuem mais visão do que POA/RS.

    Curtir

  6. As brigas políticas são ridículas e o povo que sofre.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: