A mobilidade urbana segundo Jaime Lerner

Para escutar, ver, e refletir. Conhecemos as idéias do Lerner. Não ouçam sem questionar.

Do site Greensavers



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

5 respostas

  1. Também acho que BRT é praticamente “mais do mesmo”, para a população um BRT soa apenas como mais ônibus em mais corredores de ônibus.

    Alguém sabe se teremos ainda teremos isso no projeto do entorno do beira-rio (?) :

    Vi que nos últimos renders divulgados no site do inter ele não está mais lá.

    Curtir

  2. BRT e’ puro marketing, no mundo desenvolvido quais sao as grandes cidades que usam esse sistema? Tragam os bondes de volta, que pelo menos estes poluem muito menos que os onibus. Alias, nao sei quem foram os jegues que tiveram a ideia de acabar com os bondes em POA.

    Curtir

  3. BRTs = Corredores de ônibus = mais do mesmo.

    Curtir

  4. Sonho em ver os BRT’s em Porto Alegre. Sua implantação é muito mais barata que metrôs e VLT’s.

    O Bus Rapid Transit caracteriza-se por:
    – Rede de corredores para ônibus;
    – pistas exclusivas em concreto;
    – pagamento antecipado da passagem (antes do embarque);
    – ônibus maiores e com maior número de acesso para embarque/desembarque;
    – alta frequência de ônibus;
    – portas de acesso universal (plataforma baixa);
    – pontos de ultrapassagem nas vias;
    – terminais de ônibus;
    – paradas de ônibus modernas e seguras;
    – integração modal, principalmente com ciclovias;

    O sistema q o Fogaça e o Fortunati queriam era este, porém sem ônibus de plataforma baixa e sem pré-pagamento da passagem. O que temos hoje em PoA é somente o BT, transporte coletivo em faixas exclusivas.

    Curitiba se desenvolveu ao longo dos corredores de ônibus, onde estão liberadas as construções dos prédios mais altos da cidade.

    Curtir

  5. Realmente um metrô é caríssimo, nunca teremos um emaranhado de linhas, por exemplo, cruzando os subterrâneos do centro de POA. Mas e porque não fazermos um emaranhado de aeromóvel no centro de POA, como o fazem várias cidades no mundo:


    (Sidney/Austrália – parece até que estou vendo a esquina da José do Patrocínio com a Rua da Praia)

    E Seattle já fazia isso na década de 60:


    (observem os carros na foto)

    Outra sugestão, vinda de Maceió/Alagoas e de Juazeiro do Norte (interior do Ceará), já em funcionamento, são os VLT’s:

    http://www.ojornalweb.com/wp-content/uploads/2011/03/Teste-VLT.jpg (Maceió)

    http://1.bp.blogspot.com/_65qQzMrwzhQ/TCdfbQPiMSI/AAAAAAAAH18/-x4J9Vn6opA/s1600/Trem+do+Cariri+2.JPG (Juazeiro do Norte)

    Até nossos hermanos tem VLT:

    Esses ônibus de Curitiba nada mais são do que os ônibus que o Fogaça e o Fortunati querem em POA com os “portais da cidade”, bem como os já existentes circulando na avenida sertório, nada demais, não são atrativos o suficiente para tirar a classe média de seus carros. As lotações o eram, mas devido à insegurança gerada pelos constantes assaltos, a classe média está voltando a usar os seus carros. Se algo diferente não for criado, o povo continuará a usar seus carros, que supstamente é até sinal de status no nosso empobrecido Brasil.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: