Cais Mauá: Frente Parlamentar do Turismo quer mais agilidade do governo

Do site do jornalista Machado Filho:

O presidente da Frente Parlamentar do Turismo (FRENTUR) vereador João Carlos Nedel, manifestou sua preocupação com o que considera “desdém do governo estadual para com o projeto de revitalização do Cais Mauá”.

Aqui, o vereador responde perguntas sobre o tema, esclarecendo e fundamentando sua preocupação.

P. Vereador o que está faltando para que o projeto de revitalização do Cais comece a funcionar?

R. Unicamente que o governo do Estado transfira a posse de área para os empreendedores vencedores da licitação.

A alegação de pendência junto a ANTAC é meramente burocrática que o próprio governador já avaliou e prometeu resolver com o governo federal. A própria presidente Dilma está apoiando a revitalização.

P. Qual o investimento do governo no projeto?

R. Não haverá investimento publico no projeto. o investimento é através de Parceria Pública Privada (PPP).

P. O projeto criará empregos e gerará novos impostos?

R. Sem duvida. durante a construção que levará aproximadamente três anos, gerará muitos empregos. O material de construção gerará ICMS. O salário pago gerará consumo que por sua vez representa mais impostos. Após a conclusão a operação também trará muitos empregos e mais impostos para as três esferas de governo.

P. O que está faltando para que os investidores que venceram a licitação comecem a trabalhar?

R. Agora é fundamental receber a posse da área do governo estadual para que se possa realizar a infraestrutura de esgotos, água, energia e comunicações. e também para efetuar as demolições das construções não tombadas. Também precisa aguardar a aprovação dos projetos finais pela Prefeitura de Porto Alegre.

P. Existe alguma possibilidade do projeto não ser executado?

Não sei exatamente o que os empreendedores estão pensando sobre a nossa burocracia e discussões políticas. Eu particularmente, que já vivi a decepção da Ford, estou apreensivo. Sei que existem muito boas oportunidades de investimento em muitas partes do mundo.

P. Não seria interessante a FRENTUR marcar uma audiência com o Governador ou com os responsáveis pelo projeto?

Eu sou presidente da FRENTUR mas o vereador Adeli Sell presidente do PT municipal é o secretário geral e já solicitou audiência com o governador. não só para a Frentur para todo o trading turístico. Estamos aguardando a resposta. A copa está chegando, precisamos ações efetivas e urgentes. Já estamos atrasados. O cais Mauá vai mudar a cara de porto alegre e ser uma grande atração turística tal qual o Porto Madero em Buenos Aires ou o porto de Lisboa em Portugal.

Machado Filho



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, , ,

22 respostas

  1. Verdade, Julião!

    Perderemos uma baita oportunidade de fazermos um bom marketing da nossa cidade! Se nós nos mostrássemos mais atraentes, quem sabe teríamos outras cias aéreas de outros países trazendo turistas para POA depois da Copa também!

    Tinham que criar atratividade, não posso acreditar que os políticos pensem que as coisas como estão sejam atraentes. Gringo gosta de duas coisas, de lugares super desenvolvidos (Dubai e etc) ou de lugares de extrema pobreza e desigualdade (África, favelas e etc). Seja quente ou seja, frio, mas não seja morto que eu te vomito. Somos mornos, nem quente nem frio, não somos nada demais.

    Curtir

  2. Se bem que a maioria dos torcedores que virão para Porto Alegre durante a Copa de 2014 não verão nada além de fundos de copos. Outras, que farão turismo junto com o evento, a minoria “mais esclarecida”, achará bonita a diversidade da cidade e como respeitamos a tradição.

    Minha tristeza está nos repórteres, normalmente de turismo, que chegaram antes e durante o Mundial para mostrar a cidade, falar de sua cultura, culinária e arquitetura, bem como de sua gente. Aí sim estaremos perdendo um oportunidade ímpar de mostrar para o mundo nossas atrações. Propaganda grátis (ou nem tão grátis assim) para o mundo todo jogada no lixo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: