Belo Horizonte pode ter a propriedade da marca Natal Luz (que é de Gramado)

Marca registrada em 1994 por Gramado agora também tem registro na cidade mineira

O município de Gramado pode perder o registro da marca Natal Luz. Uma decisão do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) concedeu a Belo Horizonte a marca, após a prefeitura perder o prazo para apresentar documentos comprovando o uso. O município ainda tem 60 dias para recorrer da decisão.

Sem ter apresentado a documentação, o registro da marca original, registrada em 1994, caducou e passou à Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte, solicitante desde 2009. O Ministério Público de Gramado convocou audiência para a tarde desta sexta-feira com o prefeito, Nestor Tissot, para que seja esclarecido o fato.

— Não podemos deixar que Gramado perca o seu maior patrimônio. Temos que entender porque não foram apresentados documentos para a manutenção da marca original — entende o promotor Antônio Képes.

Em nota, a prefeitura informa que a marca Natal Luz continua sendo de Gramado e que, por ter tido a logotipia modernizada, um novo registro foi encaminhado ao INPI em janeiro deste ano. Segundo a assessora do prefeito, Rosa Helena Volk,o novo registro impediria Belo Horizonte de usar o logotipo antigo, gravado com o nome Natal Luz Gramado.

A 26ª edição do Natal Luz está confirmada entre os dias 3 de novembro e 15 de janeiro e será organizada por quatro comissões nomeadas ontem pelo prefeito. A coordenação das comissões será do secretário de Turismo, Gilberto Tomasini.

Zero Hora – Vanessa Franzosi, sucursal da Serra



Categorias:Eventos

Tags:

5 respostas

  1. Cara, se tomássemos por base alguns comentários daqui nós gaúchos seríamos todos uns recalcados xenofóbicos. Não há razão para preconceito, temos que aprender a enxergar o próprio rabo, o problema não é BH mas Gramado que não comprovou sua marca dentro do prazo, foi pura negligencia/burrice.

    Curtir

  2. O esperto é organizado cuidado do seu patrimônio, sua marca. Chamo de bagunça, e quem acompanha diariamente o INPI, sabe os prazos e marcas em andamento. Quem é o irresponsável????? Minas viu o INPI e mandou ver.

    Curtir

  3. Que decepção, como nossa Gramado, exemplo para o estado, citada até mesmo por David Coimbra, foi deixar isso acontecer! Todo mundo que conheço fala que foi ou quer ir para o “Natal Luz” em Gramado!

    Sacanagem (ou esperteza) dos mineiros! Isos é o fim da picada! A prefeitura não poderia ter se descuidado de tal renovação de marca!

    Curtir

  4. Aaahhh…ummm…os daqui dos EUA, infelizmente tambem. Muitos trabalhadores, mas a maioria…..

    Curtir

  5. Se tomar por base os mineiros que vem pra Londres sao todos ladroes mesmo (assim como goianos), nao me surpreendo.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: