Novo muro e mirante na orla

“Desde que moro em Porto Alegre, ouço a polêmica do muro da Mauá e fico estarrecido que não nos levou a lugar nenhum, já que todos em Porto Alegre, menos as autoridades, estão convencidos que, em caso de enchentes, esse muro não irá conter nada.

Estrutura servirá de contenção para a tubulação do emissário terrestre de esgoto


Agora, na Zona Sul, teremos nosso muro da Mauá. Vocês sabiam disso? E nem fomos consultados. Sim, senhores, em frente à Fundação Iberé Camargo, o consórcio que constrói as obras do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa) irá nos brindar com um novo muro, que nos privará da bela vista do Guaíba nesse local.

Não está acreditando? Então, na sua próxima passada pela Avenida Padre Cacique, uns metros antes dos pardais, você pode entrar em um estacionamento que tem na avenida e verá a beleza de obra que está sendo erguida sob o pretexto de não haver espaço para o emissário que está sendo instalado nessa área. Fomos consultados da obra de prédios. Agora, para erguer um paredão, não seremos consultados?

Será que só nós vemos isso? Será que não existe, na prefeitura, um departamento responsável pela preservação do patrimônio da cidade? Será que esse tipo de atitude pode ser tomada dessa forma, privando-nos do mais bonito pôr do sol do mundo, justamente no retorno aos lares ao final de tarde?

Senhores engenheiros do Pisa, pelo amor de Deus, busquem socorro dos préstimos de arquitetos, urbanistas e até de pessoas da comunidade antes de tomar essas atitudes, que, certamente, vão nos privar de direitos que adquirimos na nossa cidade com muita luta e orgulho.

Foram desmatadas as margens do Guaíba. Inclusive, nesse lugar, foi retirada uma palmeira bem antiga, que certamente não terá como ser reposta pelo consórcio. Três funcionários, municiados com uma motosserra, cortaram a palmeira na quinta-feira, 12 de maio, ao meio-dia. A árvore havia sido plantada pela empresa que construiu a Fundação Iberê Camargo.

O que mais nos revolta é que quando reclamamos pelo nosso ZH Zona Sul só aparecem pessoas que tentam dizer que não são responsáveis, que não existe denúncia, que não sabiam, que irão tomar medidas etc. Isso demonstra que não há um responsável de coragem que diga: ‘Mandei fazer, sou o responsável, vou punir…’

Cadê o senhor prefeito e os senhores secretários? Será que também não sabem de nada?”

Contraponto
O que diz o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), responsável pela obra de construção dos emissários terrestre e subaquático de esgoto do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa), por meio de sua assessoria de imprensa
Sobre a carta enviada pelo leitor, o Dmae informa que o projeto da obra é aprovado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) e contempla as alternativas que mais preservam a questão ambiental. O muro servirá de contenção e proteção da tubulação do emissários terrestre e contará com o mirante para visualização do Guaíba. O Dmae sugere ainda que este assunto seja tratado de forma mais detalhada em uma próxima edição do caderno.
ZH Zona Sul – Texto e foto enviados pelo leitor da ZH José Antonio Martinez

________________________________________
Inacreditável isso. Será que eles querem dificultar o acesso a orla?  Vou ter que ir lá ver e conferir isso. Hoje mesmo passarei por lá. Gilberto.…. 



Categorias:ORLA

Tags:, , , ,

19 respostas

  1. A única possibilidade positiva é a de construírem um mirante em cima desse muro, como explicado no contraponto da reportagem.

    Infelizmente, conhecendo a minha cidade, sei que essa parte do mirante vai ficar só no projeto.

    Curtir

  2. Quando a prefeitura que usar subterfúgio para escapar de um embróglio, faz consultas populares (fakes) para decidir o já decidido, como no caso do Pontal do Estaleiro.

    Mas quando a população deveria decidir se quer um muro ali, o tratamento é esse:

    Porque não fazem esse tratamento aí do vídeo com os pseudo-ambientalistas e, não, com todo o resto da população?

    Curtir

  3. É incrível, acho que na faculdade de Engenharia Civil da UFRGS só ensinam as pessoas a fazerem muro, pois o muro é apontado como solução para qualquer problema da cidade.

    MAIS UM MURO PARA RECEBER GRAFITAGENS E PICHAÇÕES! VIVA!!

    Se ainda fosse um muro assim:

    Curtir

  4. Alguém tem de explicar porque e se o novo muro será maior do que o atual; também justificar de que não haveria outra forma de fazer a “contenção e proteção da tubulação do emissários terrestre”, senão com um muro.

    Nessas horas os nossos “queridos” pseudoecologistas não se manifestam porque essa obra não estabelecerá “especulação imobiliária”.

    Curtir

  5. Parece que vai ser um muro baixo po..
    sahuhuhusahusahusa

    Poderiam concretar aquela area, deixar só as arvores e por alguns canteiros e uns bancos, ficaria legal….

    Ae dava uma maneira de esconder o muro e seria um local para as pessoas.

    Curtir

  6. E cadê o abraço no guaíba né? Sério, moro no Cristal e já acho ridículo como um bairro que fica na beira do rio não consegue desfrutar dele…

    Curtir

  7. Quero mais detalhes sobre esse muro.

    E se tiver que ser feito para a obra, que seja, alguns emtros de muro não vão acabar com o “mais belo por do sol do universo”.

    Curtir

  8. Excelente! Em vez de derrubar o muro da Mauá e devolver a vista a população, porque não murar a orla da cidade toda e com isso fazer a cidade esquecer que o Guaíba existe? Assim não haverá blogueiros e leitores reclamando do descaso com a orla, pois ela sequer existirá, ficando apenas na memória de quem viveu na década de 60.

    Que obra sorrateira, hein. ZH não anunciou esse muro quando mostrou a tubulação e fez projeções da obra para a área. Quer dizer que além da torre do merd.ódromo (de estética totalmente discutível), além disso não poderemos mais ver a orla a partir daquele ponto? E o legal é que nem do Iberê propriamente dito também não, pois não chega a ter nem meia dúzia de janelas naquele caixote, as pessoas formarão filas para poder enchergar a orla de lá em dia de maior movimento.

    Será que não havia tecnologia para enterrar e conter a tubulação sem precisar desse novo muro?

    Enfim, POA a cidade da enjambração, esculhambação e da avacalhação. Tudo o que está ainda sempre pode ficar um pouquinho pior. A cidade que foi capaz de contruir mega aterros hoje em dia não consegue sequer derrubar um muro e ainda constrói mais muros.

    Cadê a Rosane Oliveira para reclamar da privação da vista da orla para o povo? Cadê os pseudo-ambientalistas? Cadê Adeli Sell para falar alguma coisa?

    Enfim, POA está querendo nos ganhar no cansaço, aos poucos mais vozes vão se calando e se rendendo à letargia que impera na cidade da década de 80 para cá.

    Nos últimos tempos gosto de POA só por causa disso, que modéstia parte o RS ainda faz bem (embora haja algumas – poucas – regiões brasileiras que também o façam – mas em menor escala):

    Curtir

  9. É confirmado isso? Vai ser um muro alto?

    Curtir

  10. Pronto! Só faltam cercar a cidade como era Berlim Ocidental!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: