Presídio de Canoas será destinado para jovens de 18 a 24 anos

Governador e prefeito assinam nesta sexta-feira protocolo de intenções para a obra.

Amilton Belmonte e Gabriel Munhoz/ Da Redação Canoas

   – O Estado e a Prefeitura de Canoas celebram às 11 horas de hoje, no Palácio Piratini, a assinatura do protocolo de intenções para a construção no município de um presídio com 600 vagas em regime fechado e 108 vagas em regime semiaberto para jovens entre 18 e 24 anos, com recursos do Estado, ao invés de Parceria Público-Privada. O ato que formaliza a intenção ocorrerá durante a solenidade de lançamento no RS da Campanha do Desarmamento 2011, com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do governador Tarso Genro, do secretário estadual da Segurança Aírton Michels e do prefeito de Canoas, Jairo Jorge.

Hoje 64% dos detentos têm entre 18 e 24 anos

“O estabelecimento está orçado em 16 milhões de reais”, frisa o secretário-adjunto da Segurança Pública, Juarez Pinheiro, ao revelar que 1.100 canoenses cumprem pena atualmente no sistema carcerário gaúcho. Ele enfatiza que o modelo escolhido buscará utilizar-se do Programa Fundopen-Integrar para estimular empresas locais a utilizar da mão de obra prisional em troca de incentivos fiscais.

Conforme o secretário, a escolha do modelo prisional para jovens-adultos entre 18 e 24 anos é escorada em estudo do Ministério da Justiça. “Cerca de 64% da massa carcerária brasileira está nessa faixa etária”, salienta Pinheiro, que não sabe precisar se o Rio Grande do Sul obedece o mesmo padrão nacional. Segundo ele, os incentivos fiscais às empresas que se estabelecerem no perímetro do complexo prisional buscam, justamente, impulsionar um novo paradigma em segurança, no qual as empresas e a sociedade também são responsáveis pelo detento, que, após cumprir a pena, voltará ao convívio social. “Com as oportunidades profissionais construídas durante o cumprimento da pena, solidificamos essa escora da sociedade ao detento”, explica. “Ao mesmo tempo, o apenado também não terá contato com o preso reincidente.” Ele prevê que a obra seja iniciada no primeiro semestre de 2012, em área de 50 hectares da Fazenda Guajuviras, cedida por Canoas ao Estado.

Presídio também em São Leopoldo em 2012

A construção do presídio de Canoas não interfere em projeto similar em São Leopoldo, gestado desde 2007. Secretário-adjunto da Segurança Pública, Juarez Pinheiro, informa que a obra no Vale dos Sinos também acontecerá a partir de 2012. “Terá menos vagas do que Canoas, mas destinado ao mesmo público”, frisou ele. Disse que o projeto da casa prisional, com algumas adaptações feitas pelo Estado, já está no Departamento Penitenciário Nacional (Depen). “Aguardamos aprovação até meados de junho”, afirma Pinheiro, ressaltando que os R$ 16 milhões para a obra já estão depositados.

Estimular queda dos índices criminais

Porto Alegre – Dados da ONU apontam o Brasil no segundo lugar em homicídios no planeta, com 51 mil ocorrências/ano. Para mudar essa realidade, a Campanha do Desarmamento 2011 terá quatro eixos: o anonimato, onde o cidadão não precisará se identificar ao entregar a arma e nem indicar a origem dela; a inutilização da arma, que será quebrada no momento da entrega e encaminhada a fornos de alta temperatura; a indenização, com valores entre 100 a 300 reais pagos até 30 dias da entrega da arma; e o cadastramento, via Polícia Federal, de outras instituições que, além da PF, também receberão os artefatos.

Alta de 17% nos homicídios no RS em dez anos

Anuário Nacional de Segurança Pública 2010 revela que de 1998 a 2008 houve incremento de 17% nos homicídios no RS, média de 21,8% casos a cada 100 mil habitantes. Todavia, no primeiro trimestre deste ano, os números apresentam queda de 18,9%.

Jornal NH



Categorias:Outros assuntos

Tags:

4 respostas

  1. Hmmm…boa essa do Alexandre Garcia. Falou a verdade….aqui se tem um ditado “Watch the other hand!!” (parefraseando,,”fique de olho no que a outra mao esta fazendo”)

    Prq esta insistencia em desarmar oas pessoas de bem??? tem coisa ai. E eu ja venho cantando essa pedra a tempo, um dia esse paciencia bovina do brasileiro ira terminar e talvez eles ja estajam se preparando para impedir qualquer reacao armada de populacao.

    Curtir

  2. Phill, veja esse brilhante comentário de Alexandre Garcia sobre o desarmamento, o final é sensacional!

    E Daniel, concordo com o que tu falastes e com o que tu postates.

    Curtir

  3. “”Dados da ONU apontam o Brasil no segundo lugar em homicídios no planeta, com 51 mil ocorrências/ano. Para mudar essa realidade, a Campanha do Desarmamento 2011 terá quatro eixos: o anonimato, onde o cidadão não precisará se identificar ao entregar a arma e nem indicar a origem dela; a inutilização da arma, que será quebrada no momento da entrega e encaminhada a fornos de alta temperatura; a indenização, com valores entre 100 a 300 reais pagos até 30 dias da entrega da arma; e o cadastramento, via Polícia Federal, de outras instituições que, além da PF, também receberão os artefatos.”””

    hahahahahahahahahahahahahhaha…wow…entao deixa eu ver! Aumentar o policiamento e acabar com a impunidade nao fazem, cansa muito!! Mas Tirar armas de quem NAO comete crimes ira’ diminuir essas taxas de homicidio????? hahahaha…PT, PT, PT, PT, PT, PT VIVA!!!

    Curtir

  4. Enquanto a nossa educação tiver um descaso como o relatado por esta professora:

    E transmitido por esta “apresentadora”:

    Teremos muitos bandidos para prender, cada vez mais.

    Relato de um brasileiro morando na Holanda:
    Da relação direta entre ter de limpar seu banheiro você mesmo e poder abrir sem medo um Mac Book no ônibus
    http://blog.daniduc.net/2009/09/14/da-relacao-direta-entre-ter-de-limpar-seu-banheiro-voce-mesmo-e-poder-abrir-sem-medo-um-mac-book-no-onibus/

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: