Fábrica de transformadores em Guaíba irá gerar mais de mil empregos diretos

Protocolo de intenções entre governo e a CG Power Systems foi assinado nesta manhã

O governo do Estado e a empresa indiana CG Power Systems formalizaram, nesta manhã, no Palácio Piratini, um protocolo de intenções para a instalação de uma fábrica no Rio Grande do Sul. O investimento será de R$ 42,5 milhões e prevê a construção de uma fábrica de transformadores com potência 100MVA 230 KV no distrito industrial de Guaíba.

Na primeira fase, serão gerados 250 empregos diretos. Em quatro anos, a empresa deverá gerar mais de mil empregos diretos no Estado. A previsão é de que as obras comecem no dia 1º de julho, com prazo de conclusão em 18 meses. Segundo os dirigentes da empresa, 80% da produção será destinada para o Brasil e 20% para a exportação.

— O RS é o Estado que nos ofereceu as melhores condições, não apenas pela logística e pelo incentivo, mas pela qualidade a mão de obra — disse William Coura, presidente no Brasil da empresa.

Zero Hora

CG Power Systems assina protocolo para instalar indústria no Estado

O Rio Grande do Sul vai sediar a primeira fábrica da indiana CG Power Systems da América Latina. Um protocolo de intenções entre o Governo do Estado e a companhia foi firmado nesta quarta-feira (25), no Palácio Piratini, na Capital. A indústria deve ser instalada em até 80 dias na cidade de Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre.

O investimento previsto na planta industrial de fabricação de transformadores e disjuntores na área industrial de Guaíba é de R$ 42,5 milhões. Cerca de mil empregos diretos devem ser gerados, muitos deles para profissionais de alta qualificação.

A empresa anunciou a intenção de implantar outros negócios no Estado e elogiou o que chamou de “profissionalismo do governo” no tratamento aos empresários. A escolha, de acordo com a companhia, deu-se pela mentalidade de desenvolvimento apresentada pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), além dos diferenciais objetivos oferecidos para garantir o empreendimento no Rio Grande do Sul.

Durante a assinatura, o governador Tarso Genro destacou a nova fase da política industrial do Estado que, entre outros fatores, encontra-se em alinhamento com o Governo Federal.

A CG Global foi fundada em 1937 e, atualmente, tem plantas industriais nas Américas, Europa e Indonésia, totalizando capital de US$ 3 bilhões. A empresa também atua na área de engenharia e se diz interessada nas novas janelas de negócio que serão abertas pela indústria oceânica no Brasil.

Jornal do Comércio



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

5 respostas

  1. espero que o presidente willim coura lembre de mim quando tomamos café
    juntos na trafo um projeto chamado café com o presidente

    Curtir

  2. CG Power Systems,esta de parabéns,pelo projeto, pela escolha do estado e do presidente William Coura,trabalhamos juntos,conhecemos sua competencia.

    Curtir

  3. Sim, ficamos bem no meio, mas com carência de estradas para os dois lados. O porto é matador, sem dúvidas.

    Curtir

  4. Nao sei, o RS pode se tornar em uma area bem estrategica, ficamos no meio do caminho entre Arg e Sudeste, e mais o porto de RG. Qualquer que seja o motivo, “Any which way you can” .

    Curtir

  5. “O RS é o Estado que nos ofereceu as melhores condições, não apenas pela logística e pelo incentivo, mas pela qualidade a mão de obra — disse William Coura, presidente no Brasil da empresa.”

    Eu só acredito nos incentivos. O sudeste sempre vai ter melhor logística (a não ser que só queriam vender para os hermanos), e essa história da qualidade de mão-de-obra parece tirada do “O Bairrista” eheh.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: