Impasse no Cais Mauá termina

A Antaq condicionou a extinção da ação que move contra o arrendamento do Cais Mauá de Porto Alegre ao repasse de parte dos recursos à Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH) do Estado, o que abre caminho para o projeto de sua revitalização. Um grupo de trabalho, formado por dois técnicos da Antaq e dois do governo, vai levantar a possibilidade de rateio desses recursos – R$ 2,5 milhões – fixando um percentual para a SPH e outro para o Tesouro do Estado. A primeira reunião será realizada em até 15 dias. O processo deve estar concluído até 15 de julho para ser encaminhado ao STF, prazo que conforme o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, será inferior, pois a solução deve ser encontrada em apenas uma reunião. Segundo Pestana, a solução foi apresentada como uma terceira via. As o! pções seriam a desafetação da área ou a realização de novo processo licitatório.

http://www.affonsoritter.com.br



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:

21 respostas

  1. O caixa 2 do PT e’ famoso ate’ nas Filipinas, onde se nao estou enganado mora o Andrew Ortega hahahaha Brasil nao e’ um pais serio, caro Andrew, acho que voce ja’ percebeu.

    Curtir

  2. Eu estava olhando melhor agora as novas imagens do projeto, e notei que existe algumas coisas muito interessantes mesmo por ali. Muito bem planejado.

    Outra coisa, tendo em vista que o hotel que vai ficar no Cais será o único, por hora, de POA a estar na orla, quero ver quanto que vai sair uma diária..

    Curtir

  3. Será que vão dar o braço a torcer mesmo?

    Esperamos que sim, esperamos que sim…

    Curtir

  4. Joao, é claro que não. Nem o PT, nem a Antaq tem a mínima preocupação com esse tipo de coisa, SE ainda existisse, o que não existe.

    É besteira essa história de shopping ao lado da Usina não dá. Ou até prédios mais altos. Respondam-me, não dá por quê? Óbvio que dá, e eu cito exemplos. Quero que alguém venha até mim e me dê exemplos de pontos históricos que foram desvalorizados por construções “modernas” ao redor.

    Curtir

  5. Era só ter dito no início: “abaixa as calças e vira”. Mais rápido que desafetação.

    Curtir

  6. Que boa notícia! Um suspiro de esperança.

    (Agora, que chantagem, oportunismo da Antaq, hein. Beira à cretinice. Vão pegar o suado dinheirinho que seria do estado e torrá-lo com futilidadestda referida agência reguladora lá em Brasília. Dará para comprar uns bons Jettas para uso oficial dos membros da Antaq e ainda rolar uw Velve Cliquot nas reuniœzinhas irrelevantes e sem propósitos deles. Porque a União não reinveste essa grana em Poa, em vez de dá-lo de lambuja para a Antaq, que nada fez e nada fará pela cidade, pelo estado e nem pelo país? Porque os burocratazinhos da Antaq ficarão com o nosso dinheiro?)

    Curtir

  7. Agora os impactos ambientais causados pelas torres serão diminuídos e o shopping não ofuscará mais a Usina

    Curtir

  8. uashhshasushausahuhasuhsau

    Não sei se rio ou es choro, mas tudo bem…

    Curtir

  9. Como sempre, ‘money talks’.

    Curtir

  10. Havia alguma dúvida que o problema era dinheiro?
    Tudo é movido a dinheiro neste país. Fico aqui com uma frase (em tradução e interpretação livre) de um dos meus roteiristas americanos preferidos:
    “Nada pede desculpa tão bem, quanto algumas notas emitidas pela Casa da Moeda”.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: