Começam a chegar os equipamentos do parque eólico de Livramento

Zero Hora



Categorias:Energia

Tags:, ,

4 respostas

  1. E o lobby das rodovias dando dinheiro…

    Curtir

    • O problema é que a malha ferroviária foi sucateada e a arte da navegação sofreu um grande descaso. Por exemplo, além do Estaleiro Só haviam outros construtores de embarcações em Porto Alegre, como o estaleiro Mabilde que era situado na Ilha da Pintada. Antes da ponte do Guaíba ser inaugurada o transporte de carga até Pelotas e Rio Grande chegou a ser atendido por barcos durante um bom tempo.

      Curtir

  2. Vale todo o transtorno promovido pelo transporte rodoviário para gerar uma fonte energética limpa.
    Coisa ruim é a instalção de térmicas a carvão mineral – considerado o combustível fóssil mais sujo do planeta.
    A de candiota iii concluída e a usitesc do sul de sc ensaiando iniciar a instalação, mesmo na contramão da história.

    Curtir

    • Energia eólica me parece uma excelente alternativa. Quanto a Candiota e as termoelétricas a carvão mineral, eu sou contra. Existem alternativas mais limpas e, mais importante, renováveis, a partir da biomassa como o gás metano proveniente de estações de tratamento de esgoto e aterros sanitários.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: