Entenda o caso da demolição do prédio da AGAPAN

1) Alguns apressadinhos tentam responsabilizar a Prefeitura pela demolição, realizada por vândalos, da sede da Agapan;

2) A SMIC apenas concedeu o Alvará Provisório para a “empresa” para a abertura de uma pizzaria que assumiu a veracidade das informações em documento assinado por Rosane Peruzzato, inclusive sobre a posse legal do imóvel;

3)  O Alvará Provisório foi criado com a finalidade de agilizar a tramitação dos processos de legalização de pequenas empresas na cidade, visando desburocratizar os procedimentos;

4) O Alvará provisório é concedido partindo-se da boa fé de quem o requisita, como forma de permitir que o empresário possa colocar a sua empresa em funcionamento até receber o Alvará Definitivo;

5)  O Alvará da SMIC não dá qualquer autorização para que o prédio seja modificado na sua estrutura. Para isso, o sujeito deverá ingressar com um pedido especial junto a Secretaria de Planejamento que irá avaliar o projeto arquitetônico de reforma ou mudança do prédio;

6) Em momento algum isso foi feito pelos “empresários” da “pizzaria”;

7) O que sempre serviu para ajudar milhares de pequenos empresários e tocarem os seus negócios (o alvará provisório)foi utilizado de forma desonesta neste caso;

8 ) Já solicitei a abertura de Sindicância e registro junto à Polícia para punir os responsáveis que cometeram vários crimes entre eles o de falsidade ideológica, transgressão ao Plano Diretor, ao Código de Posturas, etc.;

9) O mau exemplo e a má fé não podem atingir um mecanismo de desburocratização importante como é o caso do Alvará Privisório.

Blog do Fortunati

Publicado por: Fortunati em quarta-feira, junho 8, 2011



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

34 respostas

  1. O vereador Adeli ate’ me parece ser um sujeito honesto (o que ja’ e’ um diferencial) mas, infelizmente, nao parece ter muita forca politica dentro do PT; se tivesse, teria posto todas (ou pelo menos algumas) suas ideias em pratica quando dos varios anos de governo do PT.

    Curtir

    • RicardoUK
      Leia o que escrevi acima sobre o PT como partido, não existe o partido PT existe a frente PT, e isto não é ofensa nem para muitos que entendem de política e estão no PT.
      O problema é quando uma frente vira um saco de gatos e cada ministério ou secretaria é entregue para uma das facções sem critério de competência.
      Na política brasileira se vê muito disto (PT, PMDB, PSDB,….) muias vezes tem bom quadros para ocupar um determinado cargo, porém a secretaria ou ministério foi dado para a outra parte do “partido”, aí fica secretário médico na economia e economista na saúde!

      Curtir

  2. O Gilberto trabalhar na SMIC e’ normal, surpresa mesmo vai ser se descobrirem que o Augusto trabalha no DEMHAB lol.

    Curtir

    • Eu trabalho na SPM. Secretaria do Planejamento Municipal…que de planejamento, não faz nada. Aliás..se a lógica administrativa e a moralidade no trato com a Coisa Pública fosse colocada em prática, caso eu fosse o gestor máximo da cidade, uma das primeiras coisas que faria seria a extinção da SPM e outras Secretarias inúteis e que servem de cabide de empregos pros amigos do Rei.
      Acabaram com o Serviço Público no Brasil. Virou Serviço Púbico.
      Mas ainda vai piorar…e muito. Aguardem os próximos capítulos.

      Curtir

    • Eu sempre achei que o Augusto fosse do DMLU.

      Curtir

  3. Gilberto, não digo que eles não sejam homens de bem e cheios de boas intençœs (só de intençœs, pois não vejo grandes idéias por parte deles).

    Mas de boas intençœs o inferno está cheio! Não vejo nada do que se sugere/surge/critica/discute/debate e etc aqui no blog ser passado/levado adiante aos colegas e ao executivo por eles. Nem entre nós eles se fazem presentes. O Adeli, por exemplo, só comenta o que quer e quando quer. Nunca o vi debatendo nada relevante aqui no blog. O Valter menos ainda.

    Além de não ver grandes açœs deles, sequer vejo grandes idéias vindo deles, nem figurativas para constar na mídia, muito menos algo relevante concreto.

    Podem supostamente ser melhor do que os colegas deles, mas freqüentando o blog deveriam ser mais ousados, ativos e críticos do que os demais. Não basta ser bom (bondoso, honesto), tem que agir, pois a cidade não se mexe e nem muda sozinha. Veja o caso da Copa, nada se fez nem deu cria sozinho, tudo ainda está à espera, a orla e o rejeitado mirante do santa tereza que o diga.

    Às vezes só o fato de ir à mídia expôr idéias de maneira concreta e criticar a inércia dos colegas com o mesmo empenho que se está defendendo a Agapan, por mais ilegal que possa ter sido a derrubada da sede dela, já iniciaria um processo de mudança na cidade.

    Curtir

  4. Porque a AGAPAN não monta sua nova sede na Orla do Guaiba, tem espaço e váaaaaaaaaaaaaaaaarios lugares.

    Curtir

  5. Enviei o meu comentário por engano antes de terminá-lo, por isso o reenviei agora.

    Gilberto, se puderes excluir o primeiro e transferir os comentários à ele para o atual acima eu agradeço. E pode excluir esta mensagem aqui depois disso, peço a gentileza, por favor.

    Curtir

    • Com essa nova forma de comentar, não tenho como mudar de lugar os comentários. Se eu excluir um comentário, os que respondem a ele serão excluídos também. Então deixarei como está.

      Curtir

  6. Pena que o Fortunati e o seu ‘Blog do Fortunati’ estejam mais preocupados com os pseudos-ambientalistas e a sua Agapan (talvez até porque é de conhecimento público que há uma famosa jornalista da RBS em seus quadros) do que com o presente e o futuro da cidade, tão amplamente discutido dioturnamente aqui no Blog PortoImagem.

    Em vez de ficar postando besteiras e amenidades e ficar na defesa e assim se aliar a quem sempre está contra a cidade, ele deveria dar uma conferida aqui no Blog.

    E o ingrato do Vereador Valter Nalgestein (é esse/assim mesmo o nome dele?) também, já que até colunista do presente site deste blog desenvolvimentista e vanguardista ele é. Se concorda com a Agapan e suas idéias, creio que o PortoImagem não é nd lugar dele. Demagogia aqui não cola, é impossível ter dois lados.

    O que antes eu já dizia, que eles só querem os nossos votos, mas na verdade possuem pensamentos bem alinhados com os dos membros fakes da Agapan está aí. Agora está notoriamente provado e explicado o porquê do blog e suas idéias nunca ter sido levado à câmara e prefeitura municipal para ser debatido. Só se freqüenta o blog em busca de votos e mais nada. O blog é para eles uma ótima fonte para angariarem votos antes mesmo das eleiçœs e de maneira gratuita, criando-se a falsa imagem de políticos antenados, arejados, engajados com a gennte na nossa luta, e de ligação direta e aberta com a sociedade.

    O outro que é assim é o Adeli, que está mais preocupado consigo mesmo e com o seu livro do que com qualquer outra coisa. E por falar nele, ele anda bem sumido, não?

    Saber que eles convivem conosco aqui no PortoImagem sendo colunistas que são e que, portanto, têm acesso ao blog, nossos anseios e frustraçœs e, mesmo assim, permanecem indiferentes a tudo, me entristece, decepciona e até me revolta!

    Acho que essa última de vereador colunista do site deste blog e de prefeito em seu blog defendendo a Agapan (sabendo-se de tudo o que a mesma representa e prejudicialmente fez e pretende continuar fazendo) sepulta de vez qualquer esperança de dias melhores para a cidade, muito menos para a Copa, que já está demasiadamente próxima.

    Essa do Prefeito e do colunista vereador para mim foi a última pá de cal que faltava para enterrarmos de vez a cidade. Nunca imaginei ver a Agapan com defensores tão qualificados como o chefe-mór do Executivo Muncipal e um vereador que sabe de todos os problemas da cidade (e quem os criou e impede que se resolva-os).

    Fortunati está sendo ainda pior que Fogaça, tremenda e profunda decepção, pois Fogaça, apesar de não ter feito nada relevante pela e para a cidade, pelo menos não se aliou justamente com quem historicamente é e sempre foi (e sempre será) contra a cidade, o pior inimigo da nossa capital.

    E esse vereadorzinho deveria se retirar do site do blog, pois ter posiçœs nem sempre alinhadas ao blog é uma coisa (até porque nem mesmo entre os leitores do blog há sempre uma unanimidade, apesar de sempre haver uma maioria expressiva compartilhando os mesmos anseios e frustraçœs), até o fato de ignorar e permanecer indiferente ao blog, mesmo participando de certa forma dele se vinha tolerando, na esperança que acabasse se sensibilizando com os problemas da cidade, mas, se aliar e sair em defesa da Agapan não dá, seria como querer bancar o católico, mas se aliar e sair em defesa do Diabo, mesmo sabendo de todo mal que ele causa e que ele impede que se conserte.

    Depois dessa última grande decepção só me resta poupar a voz, parar de ficar dando soco em ponta de faca e cabeçadas em muros e paredes. Passarei a me preocupar com amenidades e curtir mais a orla da cidade onde vivo atualmente. Desejo um futuro de dias melhores para a cidade e esperança e forças renovadas para os amigos que ainda crêem que uma Porto Alegre melhor e mais qualificada é possílvel (e viável), ainda que possa parecer algo distante até utopia, devido às açœs, pensamentos (e até a falta de ambos) que tentam nos forçar acreditar no contrário.

    Um dia, se Deus quiser, as coisa mudam, as pessoas mudam, e, assim, a cidade muda. Tem que mudar, é impossível que algum dia não mude, ainda que demore mais duzentos e poucos anos. Nunca me senti vivendo tão na época errada como agora me sinto. Queria ter vivido minha maturidade na década de 60, não pelo Elvis, mas sim para ter vivido no pujante RS e na ousada e vanguardista Poa de décadas atrás. Começo a concordar com outro leitor do blog, RicardoUK, acho que eu e muitos leitores do blog precisamos ‘se tratar, pois só assim para se conseguir parecer feliz ou ao menos ficar indiferente à atrasada e preguiçosa (para parar por aí) classe política local atual, à parcela da população que quer a inércia da cidade e à cidade parada no tempo e que nem sequer cuida e nem preserva o que tem que ambos assim nos presentearam nas últimas décadas e que parece que assim dessa forma ainda se perpetuará por muitas geraçœs. E ainda há quem defenda o separatismo, quando na verdade a causa do nosso atraso/estagnação (fase de mediocridade ou como queiram) está dentro do nosso limite territorial, às vezes na nossa própria casa, e o pior, muitas vezes nas nossas próprias cabeças, que confundem atraso com tradição, inércia com preservação, orgulho e auto-estima com bairrismo e preconceito, e por aí vai.

    Curtir

  7. Ta rendendo essa história.

    Pronto, criaram mais uma “vítima”, como diz o David Coimbra.

    Esse local era pouco usado, praticamente abandonado, servindo de esconderijo para craqueiros, assaltantes e moradores de rua, conforme denunciam vizinhos do prédio ao lado, na Zero de hoje.

    Curtir

    • Alguém tem uma foto de como era antes?

      Curtir

      • Leia-se como e não come (tou errando pacas).

        Curtir

        • Rogerio, ja tive partido. Agora não tenho mais. Sou eleitor do ver Adeli Sell (PT) e acompanho alguns politicos, independente de partidos. O único do PT é o Adeli. Portanto, não tenho um partido de preferência atualmente. Meu partido é Porto Alegre. Todos os partidos são iguais, mas algumas pessoas dentro deles escapam. Ta explicado?

          Curtir

        • Gilberto

          Quem se diz ter o PT como partido está dizendo bobagem, porque o PT não é um partido, é uma frente, logo ele é composto de várias linhas e facções, uma é a tal e a outra é a qual. Logo a tua resposta tem muito mais sentido do que a resposta de muitos.

          Para falar a verdade no Brasil como em muitos países (inclusive os USA) os partidos se comportam mais como frentes do que qualquer coisa, o PMDB é uma frente, o PSDB é outra, e daí por diante.

          Partido é claro a definição, o nome já diz tudo P.A.R.T.I.D.O, dividido representando só parte, logo o resto é frente.

          Curtir

  8. Esta eu não sabia:

    “E não é por que trabalho na SMIC”

    Não tem nada de errado, mas sempre é bom saber.

    Curtir

    • Rogério, trabalho na Smic há 16 anos, sou concursado e não tenho partido. Acho que todos no Blog sabem disso …. ou será que alguém acha que a minha profissão é o Blog Porto Imagem ? rsssss

      Curtir

      • Por que não? Se tu és jornalista poderias ter outras ocupações.
        Mas não fiz nenhum juízo de valor, só que antes eu sempre pensava que eras um jornalista que para aumentar o teu horizonte de trabalho tinha constituído o Blog, nada de errado, se eu achasse errado o teu blog não escrevia comentários (Bidú, né).

        Curtir

      • Agora, só um detalhe, não ter partido já é exagero. Ter partido não quer dizer ser inscrito num partido, isto poucas pessoas são no Brasil, mas grande parte da população tem partido (no sentido amplo) e tu tens partido, que não é o mesmo que o meu!

        Curtir

  9. Pena que o Fortunati e o seu ‘Blog do Fortunati’ estejam mais preocupados com os pseudos-ambientalistas e a sua Agapan (talvez até porque é de conhecimento público que há uma famosa jornalista da RBS em seus quadros) do que com o presente e o futuro da cidade, tão amplamente discutido dioturnamente aqui no Blog PortoImagem.

    Em vez de ficar postando besteiras e amenidades e ficar na defesa e assim se aliar a quem sempre está contra a cidade, ele deveria dar uma conferida aqui no Blog.

    E o ingrato do Vereador Valter Nalgestein (é esse/assim mesmo o nome dele?) também, já que até colunista do presente site deste blog desenvolvimentista e vanguardista ele é. Se concorda com a Agapan e suas idéias, creio que o PortoImagem não é nd lugar dele. Demagogia aqui não cola, é impossível ter dois lados.

    O que antes eu já dizia, que eles só querem os nossos votos, mas na verdade possuem pensamentos bem alinhados com os dos membros fakes da Agapan está aí. Agora está notoriamente provado e explicado o porquê do blog e suas idéias nunca ter sido levado à câmara e prefeitura municipal para ser debatido. Só se freqüenta o blog em busca de votos e mais nada. O blog é para eles uma ótima fonte para angariarem votos antes mesmo das eleiçœs e de maneira gratuita, criando-se a falsa imagem de políticos antenados, arejados, engajados com a gennte na nossa luta, e de ligação direta e aberta com a sociedade.

    O outro que é assim é o Adeli, que está mais preocupado consigo mesmo e com o seu livro do que com qualquer outra coisa. E por falar nele, ele anda bem sumido, não?

    Saber que eles convivem conosco aqui no PortoImagem sendo colunistas que são e que, portanto, têm acesso ao blog, nossos anseios e frustraçœs e, mesmo assim, permanecem indiferentes a tudo, me entristece, decepciona e até me revolta!

    Acho que essa última de vereador colunista do site deste blog e de prefeito em seu blog defendendo a Agapan (sabendo-se de tudo o que a mesma representa e prejudicialmente fez e pretende continuar fazendo) sepulta de vez qualquer esperança de dias melhores para a cidade, muito menos para a Copa, que já está demasiadamente próxima.

    Essa do Prefeito e do colunista vereador para mim foi a última pá de cal que faltava para enterrarmos de vez a cidade. Nunca imaginei ver a Agapan com defensores tão qualificados como o chefe-mór do Executivo Muncipal e um vereador que sabe de todos os problemas da cidade (e quem os criou e impede que se resolva-os).

    Fortunati está sendo ainda pior que Fogaça, tremenda e profunda decepção, pois Fogaça, apesar de não ter feito nada relevante pela e para a cidade, pelo menos não se aliou justamente com quem historicamente é e sempre foi (e sempre será) contra a cidade, o pior inimigo da nossa capital.

    E esse vereadorzinho deveria se retirar do site do blog, pois ter posiçœs nem sempre alinhadas ao blog é uma coisa (até porque nem mesmo entre os leitores do blog há sempre uma unanimidade, apesar de sempre haver uma maioria expressiva compartilhando os mesmos anseios e frustraçœs), até o fato de ignorar e permanecer indiferente ao blog, mesmo participando de certa forma dele

    Curtir

    • Pessoal, eu até entendo o que vocês falam e até concordo parcialmente. Mas tenho que dizer que o Secretário da SMIC é um dos maiores entusiastas (entre os nossos governantes) da modernização da cidade e é um dos maiores apoiadores, por exemplo, do Projeto do Cais Mauá. Ele está agindo em nome da legalidade pois é secretário da SMIC. Ele não poderia agir diferente. Seja quem for a entidade que teve a sua sede destruída. E se não fosse a Agapan? A Agapan tem um documento oficial que cede o terreno pra eles, desde 2002. Isso ninguém pode negar. Quem deu a eles isso não foi a atual administração. Foi no tempo da Administração Popular (PT). Mas isso tem que ser honrado. Se não vira bagunça. Por favor, não misturem as coisas. Também procurem não classificar as pessoas por atos isolados. O Adeli Sell e o Valter Nagelstein são ótimas pessoas e ótimos parlamentares. O Valter está sendo um baita secretário, um dos melhores que a SMIC já teve. Ele está ao nosso lado, com certeza. E não é por que trabalho na SMIC (estou no mesmo prédio do Valter neste momento), mas é por que acompanho a trajetória dele e do Adeli há alguns anos e sei o que estou falando. Também não podemos pegar todos os vereadores, colocar todos num saco, misturar e dizer que são todos iguais. Tem gente muito boa e muito bem intencionada no meio.

      Curtir

  10. Este tipo de alvará é correto, deve-se confiar nas declarações das pessoas, no caso a Prefeitura deve entrar solando contra estes “empresários” que utilizaram algo para desburocratizar e fizeram safadeza. O que tem que ser feito é processá-los por todos os lados e formas possíveis e imaginárias para dar o exemplo. Quem deve ser punido são os criminosos não os cidadãos honestos aumentando a burocracia e a fiscalização.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: