Tecnologia agiliza trânsito na Nilo com a Carazinho

Câmera instalada no semáforo ajuda a adequar o tempo ideal no cruzamento. Foto: Lucas Barroso/PMPA

Câmera instalada no semáforo ajuda a adequar o tempo ideal no cruzamento. Foto: Lucas Barroso/PMPA

Análise das imagens do fluxo de trânsito evita o chamado "verde ocioso" Foto: Lucas Barroso/PMPA

Análise das imagens do fluxo de trânsito evita o chamado "verde ocioso" Foto: Lucas Barroso/PMPA

Uma experiência tecnológica inovadora no País já está sendo utilizada em Porto Alegre, no cruzamento da Nilo Peçanha com Carazinho, no cruzamento que ficou conhecido comorótula da Encol. Para qualificação do fluxo, onde circulam cerca de 60 mil veículos diariamente, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) instalou, na semana passada, em parceria com a Digicon, quatro microcâmeras acopladas aos semáforos, com focos direcionados à passagem de carros em até quatro laços formados virtualmente nas vias do cruzamento. A iniciativa distribui, de uma forma inteligente os tempos dos semáforos, de acordo com as configurações de passagem dos veículos no conjunto de vias daquele cruzamento, nas 24 horas do dia.

Através das câmeras instaladas nas quatro aproximações do cruzamento é realizado o acompanhamento do volume de fluxo em cada uma dessas aproximações. A câmera faz a detecção dos automóveis e automaticamente informa ao controlador a necessidade, ou não, de estender o tempo de permanência do sinal verde, otimizando estes tempos em locais onde a demanda de fluxo é bastante variável. O objetivo é não ter verde ocioso.

Qualificação – A instalação destes novos equipamentos fazem parte do processo de gerenciamento da mobilidade nas principais vias e eixos de Porto Alegre, por intermédio do controle de uma rede sistêmica, com foco na melhoria do nível de serviço e otimização no escoamento do tráfego. Ao todo, a Gerência do Controle de Monitoramento da Mobilidade (Gecomm) já monitora na cidade 41 pontos de intensa circulação de veículos, pela transmissão de imagens. Esta situação permite o controle dos principais eixos da mobilidade; o gerenciamento das redes semafóricas e alteração dos tempos; indicação de rotas alternativas e situações de conflitos; desvios temporários em razão de obras; emissão de boletins das condições de trânsito e transporte.

Vanderlei Cappellari, Secretário Municipal da Mobilidade Urbana, explica as iniciativas: “Todo este acompanhamento on-line busca uma mobilidade urbana mais eficiente, amparada pelo uso crescente da tecnologia, além, é claro, do apoio dos agentes. Nossa meta é a instalação de 100 câmeras até a Copa do Mundo. Sobre o cruzamento da Nilo com a Carazinho, com todas as ações implantadas, o trânsito está fluindo cada vez melhor, em qualquer horário do dia”.

EPTC

Muito interessante a utilização desta tecnologia para otimizar o trânsito em cruzamentos de grande fluxo.
Daniel Serafim 



Categorias:EPTC, Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , , , , ,

7 respostas

  1. Também acho bom, acho que deveria ter também, direcionadas aos pedestres esperando para atravessar as ruas. Tem locais em que se aperta aquele botãozinho e espera-se bastante tempo, depois quase tem que se correr para conseguir atravessar a tempo da reabertura para os caros que já ficam acelerando impacientemente.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: