1 resposta

  1. No meu entendimento caberia ao governo incentivar uma parceria publico-privado de cunho turístico que urbanizasse essa orla aos poucos. Seja, por etapas, incialmente desde o gasometro até a foz do Ipiranga, posteriormente até o beira-rio e assim, sucessivamente. Onde cada um desses trechos seriam contemplados com infra-estrutura de exploração comercial (por exemplo, cedência de dez ou vinte anos); assim, conseguir-se-ia urbanizar e fornecer uma razoavel quantidade de areia para “fazer” praia. Seria a primeira vez em que haveria investimento para colocar areia na margem do rio (lago).
    Por outro lado, o problema não é só aqui. Há potencial turístico também para as ilhas do Guaíba com passeios organizados e roteiros regulares.
    é meu parecer e opinião. EFA

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s