Pular para o conteúdo

Presidente Dilma garante que obras da Copa ficarão prontas a tempo

15/06/2011

Dilma diz que obras da Copa e da Olimpíada estarão prontas a tempo

Apesar dos atrasos, presidente garante que país estará preparado para os eventos esportivos

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (14) que, apesar dos atrasos, as obras para a Copa do Mundo e para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro serão concluídas a tempo.

“Sem dúvida (que as obras serão realizadas a tempo)”, afirmou a presidente em uma coluna para jornais regionais publicada às terças-feiras e na qual responde a perguntas de cidadãos.

Dilma explicou que a presidência está trabalhando em conjunto com os governos estaduais e as prefeituras das cidades responsáveis pelas obras, e que acordaram reuniões periódicas para avaliar os avanços dos projetos.

“Já tivemos um primeiro encontro e vamos nos reunir a cada três meses para acompanhar o cronograma das obras”, afirmou.

A governante disse que, das 12 cidades que serão sede da Copa do Mundo de 2014, 11 já fizeram as licitações para a construção ou reforma de seus estádios e dez já iniciaram as obras dos cenários esportivos.

Esclareceu que a única cidade que ainda não lançou licitação foi São Paulo, possível sede do jogo de abertura da Copa do Mundo, porque o estádio da maior metrópole do país será construído pela iniciativa privada.

Acrescentou que a Infraero, responsável pela administração dos aeroportos, “está em plena execução de seu programa de investimentos para ampliar a capacidade e melhorar os serviços privados”.

Como reconhece a própria CBF, além dos estádios, os maiores atrasos e preocupações são precisamente os aeroportos, que não teriam neste momento capacidade para receber os milhões de visitantes esperados.

Dilma disse que seu governo investirá R$ 5,5 bilhões na ampliação e na reforma dos aeroportos.

“As obras seriam necessárias inclusive sem a Copa e os Jogos Olímpicos devido ao aumento do movimento nos aeroportos pela elevação da renda dos brasileiros”, afirmou.

Acrescentou que seu governo repassou a concessão a empresas privadas das obras e a administração de alguns aeroportos como o internacional de São Paulo e o de Brasília.

Segundo a governante, o governo está estudando o melhor modelo para administrar os aeroportos do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte.

“Para coordenar todo esse trabalho criamos a Secretaria Nacional de Aviação Civil, com status de Ministério. Com estas e várias outras medidas tenho certeza que faremos uma grande Copa e grandes Jogos Olímpicos”, concluiu a presidente.

A Fifa advertiu que, a três anos exatos da partida de abertura da Copa do Mundo de 2014, Brasil corre contra o relógio para executar as obras, que avançam em ritmo lento e com orçamentos superiores aos inicialmente previstos.

Na semana passada, o deputado federal e ex-jogador Romário alertou no Congresso que o preço dos estádios se multiplicou por quatro, de US$ 1,1 bilhão em 2007 para US$ 4,420 bilhões, calculados recentemente.

De acordo com um relatório publicado nesta terça-feira pelo portal de notícias “G1″, após completar-se dois anos da definição das cidades que serão sedes dos jogos da Copa, a maioria das obras de infraestrutura para melhorar o transporte ainda não saiu do papel.

O portal citou um comunicado no qual o próprio Ministério das Cidades reconhece que, embora tudo esteja dentro do cronograma, “70% das obras (de transporte) está em fase de conclusão dos projetos e em processo de licitação”.

Portal 2014

About these ads
5 Comentários leave one →
  1. Portofan Link Permanente
    15/06/2011 12:31

    Dilma é uma grande otimista!

    Pena que otimismo sem ação não mova montanhas, pois sequer move areia.

    A única solução é se o puxadinho e o canetaço for espandido para todas as áreas e setores da Copa e o país do canetaço vire um grande puxadinho.

    • Portofan Link Permanente
      15/06/2011 12:31

      leia-se expandido.

  2. 15/06/2011 12:32

    Que as obras ficarão prontas até a Copa não é novidade. O que eu quero saber é quanto custarão. Nossos governantes não são burros, são “safados”. Há uma grande diferença.

  3. Augusto Link Permanente
    15/06/2011 13:10

    A partida de abertura da Copa vai ser no gramado em frente ao Congresso.

  4. Guilherme Link Permanente
    15/06/2011 13:44

    Se for para roubarem mais com os desvios de dinheiro com a desculpa de que tiveram que contratar mais e gastar mais para ficarem prontas no tempo, prefiro que nem façam.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.160 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: