Porto Alegre terá voo direto para Santiago do Chile a partir de julho

A partir do dia 7 de julho, a Gol vai estabelecer um voo direto ligando as cidades de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e Santiago, no Chile. As vendas para a nova rota já estão disponíveis para compras no site da empresa (www.voegol.com.br).

Para o vice-presidente de Planejamento da Gol, Leonardo Pereira, o novo voo reforça ainda mais a importância da capital gaúcha na malha internacional da empresa. “De Porto Alegre, decolamos diretamente para Buenos Aires, Córdoba e Rosário, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai”, disse ele.

A nova operação partirá diariamente de Porto Alegre às 23h57 com chegada em Santiago às 02h10. No sentindo contrário, o voo decola às 2h40 e chega na capital gaúcha às 06h30.

Fonte: http://www.panrotas.com.br



Categorias:Outros assuntos

13 respostas

  1. Qto ao vôo da Gol a santiago, esse horario é horrivel. Esse vôo deve começar em gru ou cwb e fazer escala em poa …

    Curtir

  2. A própria tam (Latam, agora) poderia fazer um voo poa – eua. Só que ela nao ta interessada no momento nem de ligar santiago direto a porto alegre, EUA seria pedir demais. E seria uma ótima oportunidade de conseguir slots pros EUA agora, enquanto nao tem competição, pois qd as americanas vierem . ai vai ficar mais dificil…

    Acho que POA teria de ter até mesmo mais vôos regulares diretos no proprio brasil. Morei em salvador uma época e não existia vôo direto, me parece que em certas epocas do ano eles colocam voos diretos mas sao sazonais, nao regulares.

    Gostaria de ter um vôo pro Canadá tb… Air Canada em poa seria bom, não?

    Curtir

  3. E outra:

    O Grupo LAN (Lan – Chile -, Lan Argentina, Lan Peru e Lan Ecuador), poderia criar um vôo para POA (eles tem vôos para SP, Rio e Brasília – em Brasília a rota é Brasília-Lima, mesma rota operada também pela TACA por lá).

    Poderiam fazer um vôo Santiago->Buenos Aires->POA->Lima(Peru) ou Quito (Equador).

    Assim POA teria mais uma opção para Buenos Aires, Santiago e Lima e talvez uma inédita ligação com Quito/Equador. Todos esses aeroportos são hubs de conexões do Grupo LAN e até mesmo de Quito se é capaz de ir diretamente para Miami, seria mais uma boa alternativa para POA.

    O Grupo LAN (que está em processo de fusão com a TAM) disputa com a TAM pelo título de maior empresa aérea da América Latina, ou seja, é inadmissível que ainda não tenha nehum vôo para a capital geográfica do mercosul, para nenhum dos seus hubs. Quem sabe Tarso abra os olhos deles.

    Trazer quem já vinha é fácil. Quero ver algo diferente, isso sim.

    Curtir

  4. Por falar em POA e ligações diretas..

    Já que as cias aéreas americanas estão ignorando POA, bem que, a exemplo da COPA Airlines, POA poderia ganhar uma das duas ligações inusitadas que direi:

    POA-MEX (Cidade do México D.F./México) – (Non-Stop) ou

    POA-YYZ (Toronto/Canadá) – (Non-stop)

    Explico:

    POA tem uma tremenda demanda em potencial reprimida para a Ámerica do Norte. Não é à toa que a Copa Airlines veio para POA, afinal, a grande maioria dos seus clientes, assim como em outras cidades brasileiras, a usará principalmente para chegar aos EUA.

    Nesse sentido, já que até agora nenhuma empresa americana voltou a ter interesse em POA (na última recente autorização de rotas pelo D.O.T. – ANAC americana – sobraram freqüências para o Brasil que poderiam ter sido autorizadas para rotas fora do eixo Rio-SP, pois ninguém quis, apenas pegaram mais umas para BH e Manaus), novas alternativas para se chegar aos EUA sem passar por Guarulhos, a exemplo do Panamá, seria um sucesso.

    O Panamá é desconhecido e tem sido um sucesso nas cidades brasileiras onde a Copa opera, ainda que a maioria o use como hub de conexão para se chegar aos EUA. Nesse sentido, se o Panamá consegue, imaginem o México (AeroMéxico), que é um país que rivaliza com o país em importância econômica com o Brasil dentro da América Latina e que possui até um destino já consolidado entre os brasileiros (Cancun). Seria um sucesso maior até que o desconhecido Panamá. Vale ressaltar que o México está conectado diretamente a várias dezenas de cidades americanas (bem mais que o Panamá) e está muito perto dos EUA, praticamente um pulo, vide a Califórnia, o texas e a Flórida. lembrando que o México não mais existe visto dos brasileiros. Seria uma alternativa de sucesso.

    Outra alternativa seria o Canadá (Air Canadá). O visto canadense é simplificado, tirado via corrreio, e no caso de necessidade de maiores dúvidas, eles entrevistam a pessoa por telefone e até e-mail. Vale ressaltar que hoje até mesmo para se chegar à Califórnia é necessário fazer conexão em Chicago (United Airlines), Nova Iorque (várias cias aéreas americanas), Charlotte (Us Airways), Philadelphia (Us Airways), Detroit (Delta Aiirlines) ou Washington (Delta e United), cidades limítrofes que ficam a menos de 50 minutos de vôo do Canadá e que seus cidadãos muitas vezes viajem entre elas de carro. Nem sempre a conexão via Dallas (American Airlines), Houston (Continental – agora United) ou Miami (United e American) é a mais em conta, embora mais rápida. Sendo assim, um vôo via Canadá não faria muita diferença, além de que há muitos brasileiros estudando inglês e francês no Canadá. Toronto, assim como a Cidade do México, está diretamente ligada a várias dezenas de cidades americanas, pois existem inúmeros canadenses e mexicanos morando por todo os EUA.

    Lembrem que, hoje, se um porto-alegrense quiser ir para Boston, San Diego, San Francisco ou Las Vegas, destacando que as duas primeiras têm muitos brasileiros morando e estudando, isso só é possível fazendo uma conexão em SP ou Rio, e depois uma nova conexão em algum hub americano, para só então se chegar lá, pois não há rotas diretas do Brasil para essas cidades, nem mesmo por cias aéreas americanas, o que torna necessário pelo menos duas conexões, uma no Brasil e outra nos EUA. E a Copa e a Taca sequer voam para as referidas cidades. E para Los Angeles, ainda resta a opção via Panamá (ou a partir de SP diretamente pela Korean Air), mas nenhuma cia aérea americana o faz. Já se POA tivesse um vôo direto para o México ou para o Canadá, seria possível se chegar a essas cidades com apenas UMA conexão em um desses lugares (Canadá ou México), pois ambos estão diretamente conectados a uma infinidade de cidades americanas. Melhor que isso só mesmo um vôo direto POA-EUA, o que parece que não há interesse americano por enquanto.

    Tarso falou que viabilizou o vôo da TAP para POA, mas no meio aeronáutico todos já sabiam que ela estava vindo para POA, antes mesmo das eleições do ano passado. Ele terá algum mérito se trouxer uma cia aérea americana para POA ou a AeroMéxico (o México, relativamente recentemente até estabeleceu consulado em POA, apesar da recente dispensa de visto para brasileiros e possui forte relação comercial com o Brasil, até mesmo com a Serra Gaúcha, vide Marcopolo) ou a Air Canadá.

    terá mérito também se Tarso conseguir fazer com que Dilma peça um pedido pessoal para que Obama restabeleça o Consulado Americano em POA´.

    Curtir

    • E o Grupo LAN (Lan – Chile -, Lan Argentina, Lan Peru e Lan Ecuador), poderia criar um vôo para POA (eles tem vôos para SP, Rio e Brasília – em Brasília a rota é Brasília-Lima, mesma rota operada também pela TACA por lá).

      Poderiam fazer um vôo Santiago->Buenos Aires->POA->Lima(Peru) ou Quito (Equador).

      Assim POA teria mais uma opção para Buenos Aires, Santiago e Lima e talvez uma inédita ligação com Quito/Equador. Todos esses aeroportos são hubs de conexões do Grupo LAN e até mesmo de Quito se é capaz de ir diretamente para Miami, seria mais uma boa alternativa para POA.

      O Grupo LAN (que está em processo de fusão com a TAM) disputa com a TAM pelo título de maior empresa aérea da América Latina, ou seja, é inadmissível que ainda não tenha nehum vôo para a capital geográfica do mercosul, para nenhum dos seus hubs. Quem sabe Tarso abra os olhos deles.

      Trazer quem já vinha é fácil. Quero ver algo diferente, isso sim.

      Curtir

  5. O Chile é um baita país, primeiro mundo daqui um tempo… Santiago no inverno é sensacional!

    Curtir

  6. o quê encomoda é a demora na ampliação da pista com a necessidade da elevação da altura da cabeceira.. poderia estar pronta no final de 2012.. agora a previsão é início de 2014, sendo que as obras iniciam no início do ano que vem.. o estado e a cidade só perdem (e muito) com isso.. a incompetência de alguns não deveria ser um empecilho para o desenvolvimento de milhões.

    Curtir

  7. Eu tava lembrando disso também, com essa tendência de POA virar hub, fica cada vez mais importante melhorar o terminal.

    Curtir

  8. Credo, quem diria, Panamá, Lisboa, Santiago, Buenos Aires, Montevideo, Lima..

    Santiago é amazing, muito bom saber que estamos conectados diretamente com mais esta grande cidade.

    Porto Alegre está muito bem servida, um vôo para os EUA direto seria o apogeu.

    Cada vez mais, a necessidade de ampliação do aeroporto, tanto pista como terminal, se torna mais evidente.

    Curtir

  9. Segundo um conhecido meu que vai seguido para o Chile, esse voo teria sido cortado na época da gripe suína, em 2009.

    Eu fui para lá no começo do ano pela Pluna, via Montevidéu. Fiz uma pesquisa rápida no site da Gol e a passagem está mais ou menos na mesma base de preços. Considerando que é voo direto, tá valendo muito a pena 🙂

    Bora pro Chile galera, puta país do caralho 😉

    Curtir

  10. Eu achei que já tinha…
    Estou comprando a volta pela GOL direto, já que pela TAM, além de ter que ir até Guarulhos, a maioria dos voos ainda possui paradas em Buenos Aires e Assunção.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: