Universidades apoiam revitalização do Dilúvio

As duas principais universidades do Rio Grande do Sul  estão unidas em uma grande causa: a revitalização do Arroio Dilúvio. A intenção é não deixar que o projeto vire motivo de briga política entre partidos e que possa ser tocado em curto ou médio prazo.

As universidades não pretendem transportar o projeto de Seul para Porto Alegre, já que as realidades das duas cidades são muito diferentes. O projeto coreano serve como inspiração para que possamos ter algo parecido com o que foi feito lá. A obra custou US$ 300 milhões.

 

Leia na íntegra Esquina Democrática por André Machado



Categorias:Paisagismo, Reurbanização

Tags:,

4 respostas

  1. As funções precípuas das universidades são; formar profissionais e fomentar a pesquisa.

    Apoiar e financiar obras, fazer parques temáticos, estádios de futebol, patrocinar time de vôlei, Futsal e museus do automóvel, campi de luxo e obras superfaturadas…a gente sabe onde é que termina a coisa toda…que o diga a ULBRA.
    Enquanto as universidades começarem a se desviar do foco….o ensino superior vai continuar essa porcaria que aí está.
    Universidade tem que ensinar e formar. O resto é politicagem e locupletação de alguns espertalhões.

    Curtir

  2. Isso ai vai ficar igual ao pontal, aeroporto e o projeto do cais…

    Vão falar que a Puc vai “privatizar” o diluvio.

    haha

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: