O que vocês acham desta pintura, para parede ?

Esta pintura está numa parede próxima ao Circo Voador, no Rio de Janeiro. A foto foi tirada no sábado a noite.

Eu particularmente achei muito legal e se fossem feitas aqui pinturas como essa (com esse nível), seria extremamente válido.

Foto: Gilberto Simon



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

17 respostas

  1. uma grande M !

    Curtir

  2. Falando em pinturas, tenho duas coisas para compartilhar. Ontem vi um prédio estilo clássicocom pinturas novana Independência, ficou muito bonito. O prédio fica perto Da Barros Cassal.Quanto tempo vai ficr sem os FDP dos pichadores?

    Segundo. Esses analfabetos dos pichadores são tão burros, que escrevem frases de protesto escrevendo assim:
    -Crianças CUM fomi e vcs não veem.
    -Eles Menti.
    -OLhem mais pos Pobres.
    e por ai vai… e pior que um amigo me trouxe uma filmagem pessoal de uma viagem pela Lameanha e metrô de Belrlim esta cheio dessa praga de pichadores…

    Curtir

    • As pessoas não podem ir além da educação que receberam. Eu conheço gente muito educada que escreve Lameanha e Belrlim, coloca maiúscula no meio de frase e não coloca espaço depois do ponto final.

      Curtir

  3. Esse tipo de pintura num lugar com uma temática apropriada, como um boteco, até fica interessante, mas querer empurrar esse tipo de arte em qualquer canto fica uma coisa meio sem nexo. A tal “expressão artística urbana” é válida, desde que seja feita em local apropriado onde possa se integrar ao cenário urbano sem ficar berrante demais.

    Curtir

  4. Qualquer tipo de manifestação é válida.
    “Muros brancos = povo calado.”

    Curtir

    • Vai defender agora que pintem uma suástica no muro de alguma sinagoga? Cara, há que se manter o bom senso. Se o proprietário de um imóvel que paga IPTU, taxa de iluminação pública, de lixo e outras quiser ter um muro branco na frente da casa é direito dele – ou por acaso um pichador é mais humano e deve ter direito de fazer o que quiser na casa dos outros?

      Curtir

      • Não vou defender a pintura de suásticas, mas se pintarem, a solução é pintar em cima, usar a inteligência.

        Não é acabando com a liberdade das pessoas de exprimirem suas idéias (por mais idiotas que elas sejam) que vamos garantir a liberdade de todxs, muito pelo contrário.

        Se nossos piores inimigos não tiverem liberdade de expressão, não existe liberdade de expressão.

        Curtir

    • Hum, pelo jeito tu concordas com dizeres do tipo “É NÓIS NO CRIME!!! APAGO NÓS PIXA DE NOVO” e “INSONIA THY+DU+IGOR”. É só isso que tem nos muros brancos da cidade.

      Curtir

      • Também tem: “Chocolatão: remoção sem inclusão”, “Enquanto te exploram tu grita gol”, “Nossas urgências não cabem nas ruas”, “R$2,70 é roubo”, “Tu toma coca-cola e a coca-cola toma o teu espaço” e até estêncil do Fortunati oferecendo um brinde com uma garrafa de coca-cola.

        Pra garantir a liberdade de expressão de pessoas que tem algo inteligente a dizer, temos que garantir a liberdade de expressão de todos.

        Idéias fracas se combatem com boas idéias, não com lei do silêncio.

        Curtir

    • “Muros brancos = povo calado”?

      AHaHAH ai, que romântico.. 😛

      Curtir

      • Viva a liberdade e o romantismo!
        Abaixo o medo e a repressão!

        Curtir

        • Concordo contigo Marcelo ! Mas os pichadores não estão fazendo ações sociais ou protestando como talvez tu tenha sugerido. Não se deve proibir a manifestação do povo, os protestos, mas o que os pichadores fazem é horrível. Eles fazem guerra entre gangues, literalmente estragam os muros e paredes. São marginais. Ao meu ver isso tem que ser coibido.

          Curtir

        • Pois é Gilberto, mas para garantirmos a liberdade de quem tem algo a dizer, temos que garantir a liberdade de todos.

          O que podemos fazer para acabar com essas guerras de gangues é educar e tirar essas pessoas da marginalidade. Fortalecendo as comunidades onde eles cresceram.

          Curtir

  5. Se tem algo que temos que aprender com o Rio de Janeiro é como explorar as belezas naturais disponíveis de forma integrada com a cidade, para que cidadãos e turistas possam aproveitá-las com toda a infra-estrutura adequada. O calçadão, as ciclovias, a Lagoa, os mirantes, os bairros mais charmosos à beira-mar, enfim, os cariocas sabem aproveitar o que há de melhor na sua cidade.

    Curtir

  6. show..
    Mas acho que não da pra ser em qualquer lugar.
    Em viadutos, eu acho legal, paredões, tapumes de obras, até mesmo predios abandonados, mas no diluvio? Bah, não é legal….

    Curtir

  7. Uma, duas, tres pinturas dessas lado-a-lado tudo bem….mas quilometros disso, nem pensar.
    Muita poluicao visual para meu gosto!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: