A frota aumenta em Porto Alegre, mas acidentes diminuem

Blitze contribuem para mais segurança no trânsito Foto: Ricardo Giusti/PMPA

O trânsito de Porto Alegre teve um ganho de qualidade no primeiro semestre de 2011. Na comparação com o mesmo período do ano passado e ainda com o aumento da frota em circulação, dados divulgados pela Coordenação de Informações e Estudos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) apontam uma redução de 11,09% em acidentes (de 12.581 para 11.186); menos 14,08% de vítimas fatais (71 para 61); menos 11,76% feridos (4.473 contra 3.947) e menos 18,16% atropelamentos (de 749 para 613). Também diminuíram em 7,70% os acidentes envolvendo motos (foram 2.765 de janeiro a junho de 2010 e 2.552 neste semestre).

Fiscalização, ações educativas e de engenharia de tráfego contribuem para essa redução, segundo o diretor-presidente da EPTC. “Entre as blitze, as da Balada Segura, com o Detran e Brigada Militar, têm ajudado bastante para a diminuição da acidentalidade. Mesmo com o número crescente de veículos nas ruas, já dá para notar um processo de mudança de cultura no dia-a-dia da circulação com um maior respeito entre as pessoas, principalmente em relação aos pedestres. Mas temos que avançar muito ainda, uma missão de todos nós”, conclui Vanderlei Cappellari.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

7 respostas

  1. Fico feliz em ver que os motoristas estão cada vez mais conscientes. Aprovo em 100% as ações educativas promovidas pela EPTC. Acho que a prefeitura deveria incrementar edtas ações com coisas do tipo:
    – entrar noa bares e casas noturnas e falar com as pessoas que bebem, explicar que dirigir embriagado é perigoso, distribuindo folhetos com alternativas como números de cooperativas de taxi
    – colocar voluntários nas esquinas, indicando pros motoristas que eles devem parar e agradecendo depois, alem de explicar por que é necessário

    Curtir

    • Sinceramente, qualquer motorista já sabe todas estas coisas básicas, isto é quase como arrumar uns voluntários para serem babás de motoristas irresponsáveis, as ações educacionais devem ser bem mais avançadas que isso.
      Eu defendo ações educacionais com crianças, estudantes, motoristas profissionais, ainda mais levando em conta a quantidade de gente que tem o setor de educação da EPTC.
      Para motoristas bebuns e que não param em esquinas cabe é punição e bem rigorosa, isto já passou muito da fase de educação.

      Curtir

  2. Morre menos gente do que eu imaginava……

    Curtir

    • bah…10 pessoas por mês só em Porto Alegre, e olha o número de feridos, multiplica isso pelo trauma que causa nas pessoas próximas, é muita gente sofrendo.

      Curtir

  3. Diminuiu, mas que dói ver estes números dói muito:
    61 mortos
    3947 feridos
    613 atropelados

    Curtir

    • Acabei de receber uma mensagem do Vereador Adeli Sell que diz que estes números não conferem com a realidade. Ele vai me passar outros dados daqui a pouco. Postarei aqui quando receber.

      Curtir

Trackbacks

  1. A frota aumenta na Capital, mas acidentes diminuem | Vá de Bici
%d blogueiros gostam disto: