Impressionante! Ponte sobre o Guaíba sairá cinco vezes mais que maior ponte do mundo sobre o mar, na China

Camisa de força – Queiram ou não os políticos, o Brasil é o paraíso da corrupção e das obras superfaturadas. Como se não bastassem os aditivos contratuais que vilipendiam o bolso do contribuinte e colocam sob suspeita nove em cada dez obras públicas, no Brasil os custos pagos pelo Estado para conceber qualquer edificação são criminosamente absurdos.

Como se sabe, a única porta de entrada e saída de Porto Alegre é a ponte sobre o Guaíba. Dota de uma parte móvel, que é alçada por cabos para permitir a passagem de navios, a ponte, que integra a BR-290, vez por outra tem problemas técnicos no sistema elevatório. Há muito desgastado e merecedor de manutenção quase inócua, o equipamento muitas vezes trava, provocando intermináveis congestionamentos na bela capital gaúcha.

Durante a corrida presidencial de 2010, a então candidata do PT, Dilma Vana Rousseff, prometeu na terra de chimangos e maragatos a construção de uma nova ponte, como forma de evitar transtornos, os quais podem, em caso de pane do equipamento elevatório, causar um congestionamento de navios.

Há dias, do outro lado do mundo, lá na terra da Grande Muralha, os chineses inauguraram uma ponte de 42 km sobre a Baía de Jiazhou, ligando a cidade litorânea de Qingdao ao subúrbio de Huangdao. A tal ponte, cuja inauguração fará parte das comemorações do 90º aniversário do Partido Comunista Chinês, é a maior do mundo sobre águas marítimas. A majestosa obra demorou quatro anos para ser concluída e custou aos cofres chineses US$ 2,3 bilhões, o que equivale aproximadamente a R$ 3,59 bilhões.

 

A nova ponte sobre o Guaíba, de 2,9 km, tem orçamento inicial de R$ 1,16 bilhão e demorará quatro anos para ser finalizada. Comparando os números das duas obras é possível perceber que a ponte chinesa, que exigiu maiores investimentos por conta da adversidade da obra, custou R$ 85,4 milhões por quilômetro, enquanto a sobre o Guaíba custará R$ 400 milhões por quilômetro, ou seja, quase cinco vezes mais.

Em termos de tempo as duas obras se equivalem, mas consideradas as extensões das duas pontes, a versão brasileira demorará quinze vezes mais para ser concluída. Em ritmo chinês, a ponte sobre o Guaíba demoraria 102 dias para ser erguida, sendo que o custo da obra seria de R$ 247,6 milhões, não R$ 1,16 bilhão como previsto. A obra está sob a responsabilidade do Ministério dos Transportes, cuja cúpula, acusada de corrupção, foi demitida pelo ministro Alfredo Nascimento (PR-AM) a mando da presidente Dilma Rousseff.

Nada ortodoxo em termos de probidade, tal cenário pode ser o ingrediente faltante para Dilma Rousseff decidir pela demissão de Alfredo Nascimento, que alegou desconhecer a cobrança de 4% de pedágio em todas as obras da sua pasta.

Fonte: Ucho.info

_________________________

Correções do Blog:

1. O Guaíba não é rio. Suprimi todas as palavras “rio” do texto, com exceção da do quadro acima.

2. A ponte sobre o Guaíba não é a única entrada de Porto Alegre como diz o texto.



Categorias:Nova ponte Guaíba

Tags:,

22 respostas

  1. Repassando: De acordo com o ministro César Borges, o custo da obra é de R$ 649,62 milhões. A ponte do Guaíba terá 7,9 km de extensão e não 2,9 km como o informado na reportagem. Isso da um custo de R$ 82,23 milhões por km. Ainda é maior que na China, mas não tanto quanto a reportagem informa. Uma ponte de 42 km aqui não custaria 16,8 bi e sim 3,45 bi.

    Curtir

  2. E a profundidade deste rio da china?
    É ponte móvel para permitir a passagem de embarcações?
    Quantas faixas de cada sentido terá?
    A China gastou $$ para fazer estudos dos impactos ambientais que a ponte causou, e gastou $$ para que sejam tomadas medidas de mitigação dos impactos ambientais negativos?
    Os trabalhadores chineses trabalham 8 horas por dia, com direito a férias, 13º, leis trabalhistas, e um salário razoável?

    Mais uma coisa: calem-se os que duvidam da capacidade dos engenheiros brasileiros, pois no Brasil tem muitos bons engenheiros.

    Curtir

  3. Na hora de votar, muitos batem no peito e dizem estarem com um baita orgulho na cara, por terem prestado um grande Ato a favor do país. Mas, na hora de cobrar daqueles que foram eleitos (só vai eleito picareta), ficam só postando indignações pessoais e não fazem NADA para mudar. Votou e agora está de braço cruzado???

    A RAPADURA é doce, mas com certeza não é mole não!

    Curtir

  4. Gente, o nivel nesse espaço tá cada vez decaindo. As ideias tem dado espaço a agressões e ironias desnecessárias. só pra avisar, pois o site é que perde com isso… Abraços

    Curtir

  5. Quando li o titulo, achei que o custo TOTAL seria 5 vezes maior, nao o custo por km.

    Curtir

  6. E vem a Manoela ai………………uiiiiiiiiii

    Curtir

  7. Quero só ver…ano que vem tem eleição, e muitos vão esquecer quem fez, quem foi e vai tudo continuar uma grande porcaria, porque? Porque simplesmente somos brasileiros. Não adianta brdar que os gaúchos são diferentes poiliticamente, porque o o prefeito atual e o anterior, fomos nós mesmos que votamos.

    Curtir

  8. Dava para construir uns 40km de Aeromovel…..

    Curtir

  9. 1.16 bilhão para construir uma ponte sobre o guaiba? Loucura. Eles nem vergonha tem mais. Eles estão testando os limites da burrice do povo. E já adianto, a burrice do povo não tem limites. O povo não sabe matemática e quando vê números na manchete nem deve ler o resto da noticia. Feudalismo seria um sistema mais justo que a democracia que se pratica aqui.

    Curtir

    • Pior!

      Com 1,16 bilhão de reais provavelmente daria para fazer um túnel de 2,9 km sob um lago (em qualquer outro lugar do mundo). Aliás, um não, mas dois, um para cada sentido.

      Curtir

  10. @ROM:
    aplauso!…aplauso!…aplauso!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: