Vereadores votam projeto que amplia serviço de lotações na Capital

Mais de 60 mil moradores da zona Sul podem ser beneficiados

A Prefeitura de Porto Alegre busca ampliar o transporte coletivo, via lotações, para mais de 60 mil moradores da zona Sul da Capital. O projeto de lei do Executivo – que contempla os bairros Restinga e Belém Novo – passa por votação na tarde desta segunda-feira na Câmara Municipal de Vereadores.

“Nós temos poder aquisitivo para utilizar lotações. Essa é uma reinvidicação antiga da comunidade”, disse o presidente da Associação dos Moradores da Restinga, Jorge Gomes.  Emenda do vereador petista Carlos Comassetto estende o serviço para os moradores da Ponta Grossa e Lami. “Além disso, queremos criar uma categoria especial para os veículos. As lotações que percorrerem mais de 45 quilômetros terão 35 assentos”, ressaltou.

Outra novidade será a bilhetagem eletrônica. As empresas terão um ano para se organizarem em consórcios para oferecer o serviço.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

4 respostas

  1. É simples. Basta instalar os validadores do TRI em todos os 403 lotações da capital. Isso se, com a inclusão de linhas para Restinga e Belém Novo, esse número não aumentar.
    Além dessas regiões de POA que estão há anos reivindicando um transporte seletivo, defendo a criação de linhas transversais de lotação, por exemplo: “3ª PERIMETRAL”, que poderia ajudar a aliviar um pouco a superlotação do T11 da Carris.

    Curtir

  2. de acordo com http://www2.portoalegre.rs.gov.br/eptc/default.php?p_noticia=143027&RESTINGA+E+BELEM+NOVO+TERAO+LINHAS+DE+LOTACAO, a implementação do sistema de bilhetagem levará até dois anos.

    Sério, DOIS ANOS para implementar algo que já está pronto?

    Curtir

  3. Gostaria de saber se irão abrir licitações para estas lotações, ou serão de apenas dois proprietários, como já acontece na zona sul?

    Curtir

  4. > Outra novidade será a bilhetagem eletrônica.
    > As empresas terão um ano para se organizarem
    > em consórcios para oferecer o serviço.

    Erm, já não existe toda a implementação do TRI prontinha? Vão inventar MAIS um cartão será?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: