Mirante do Morro Santa Teresa – ficará assim para a Copa 2014 ?

Se já não bastasse a falta de uma torre aberta para utilizarmos como mirante, o nosso belvedere natural agoniza.

Outrora um dos mais movimentados pontos turísticos de Porto Alegre, o Belvedere Deputado Ruy Ramos, ou simplesmente, Mirante do Morro Santa Teresa, segue abandonado, há anos retirado do circuito turístico oficial da cidade. Já existiu, no local, um restaurante panorâmico, muito bom, frequentado por turistas e pela população da cidade.

E a Prefeitura ignora, como sempre, esta opção turística.

Veja as fotos !

Localização do Mirante:

 

Post repetição de outro publicado em 4 de maio de 2011.  

 

 



Categorias:Belvedere do Santa Teresa, Morros da Cidade

Tags:,

41 respostas

  1. Precisamos iniciar a campanha: “Livrem o morro Santa Teresa dos que se apoderam dele”.

    Curtir

  2. Um bondinho do Morro Santa Tereza até um complexo turístico no Guaíba na altura do Beira Rio seria um sonho. .

    Curtir

  3. E só para finalizar, segue um excelente vídeo-relato de um casal de turistas no Píer de Santa Monica e em Venice Beach, em Los Angeles:

    Algo assim seria plenamente viável no entorno do beira-rio e seria complementar ao projeto dos boninhos aéreos de Camboriú do nosso Mirante do Morro Santa Tereza, pois poderíamos ter na base de onde eles partiriam tudo o que tem nessa região de L.A. . DE qualquer forma, o Gasômetro poderia abrigar um píer assim, caso o projeto do entorno do Beira-Rio realmente saia ou então, quem sabe até mesmo o nossso extremo sul de POA poderia abrigar algo assim. Tanto a população quanto os turistas gostam de coisas assim para o seu lazer.

    Curtir

    • Algo assim na nossa cidade encheria completamente de vida a nossa orla, seria maravilhoso! Veja como há inúmeros turistas e total engajamento da população, todos curtindo a orla, totalmente integrada a cidade! L.A. não seria L.A. sem o seu píer de Santa Monica Beach e suas ciclovias e calçadões que a ligam à Venice Beach, também em L.A. Nossa orla comporta plenamente isso!

      Curtir

  4. E um passeio completo em vídeo do Bondinho Aéreo de Camboriú funcionando e com turistas, algo que também poderíamos ter em POA e assim segurar por mais tempo em POA os milhares de turistas que hoje apenas desembarcam na cidade rumo à Gramado:

    Não acham? A Iniciativa privada poderia fazê-lo e administrá-lo.

    Curtir

  5. Esse vídeo em HD mostra o que BH tem e poderíamos ter também na área do nosso mirante:

    Ele começa mostrando a Torre Alta Vista na divisa do Bairro Belvedere (BH) com a cidade de Nova Lima, depois mostra o simples mas caprichadíssimo mirante dos belo-horizontinos que fica na Praça do Papa, no bairro Mangabeiras e, após mostrar aéreas de alguma partes do centro deles e da Lagoa da Pampuha (que não acho lá essas coisas), finalizam com uma belíssima imagem noturna da Torre Alta vista.

    Curtir

    • Só para destacar melhor para quem não conhece BH, já que não dá para perceber no vídeo, vendo lá de cima do helicóptero, qual seria a tal praça/mirante, pois se tem a impressão de que é tudo plano. Ela (Praça do Papa) é a segunda “rótula” a aparecer no vídeo (e é a maior de todas), cujo terreno tem diferentes níveis/relevos. A primeira é só uma rótula no meio da cidade, mas a segunda é um belo e bem cuidado espaço público em que os turistas e cidadãos podem contemplar com conforto e segurança toda a cidade de BH, de dia e à noite.

      Curtir

  6. Quero saber quem dará segurança para os frequentadores do tal “Parque Santa Teresa” ao lado de uma favela? tão de brincadeira com a população.

    Curtir

    • Pois é, Jorge! Não adianta virem com outra revitalizaçãozinha de recalçamento de piso com laje de gres ali, como fizeram toscamente na zona sul, pois isso não fará as pessoas retornarem ao lugar do mirante, precisa de algo maior, que também envolva segurança pública, sem isso as pessoas não se sentirão seguras para tanto.

      Curtir

  7. Não sei se vocês se deram conta, mas este post foi uma REEDIÇÃO de um post de 04 de MAIO.

    Ou seja, JÁ SE PASSARAM QUASE TRÊS MESES (E O TEMPO URGE COM A COPA BATENDO À PORTA) E NADA FOI ANUNCIADO PARA A ÁREA, NENHUMA MUDANÇA SEQUER, POR MAIS MÍNIMA QUE FOSSE, NEM MESMO ALGO COMO AS TOSCAS LAJES DE GRES DA ORLA DA VILA ASSUNÇÃO.

    Achei que a Prefeitura Municipal iria corar de vergonha após este post originalmente publicado em 04 de maio e já teríamos algo a caminho, nem que fosse ainda nas pranchetas.

    Considerando que o Edemar (Assessor do Prefeito para Grandes Projetos/Obras) não anunciou nada para o pessoal do PortoImagem e do Movimento Quero Cais, ainda que a conversa fosse para falarem do Cais, e nada foi veiculado na mídia, creio que nada esteja sendo nem cogitado mesmo, infelizmente.

    Se fosse em Curitiba com certeza a história seria outra. Que desperdício. Uma lástima mesmo. Não sei como nem uma Copa do mundo dará jeito nisso!

    Quem ignora o Mirante do Morro Santa Tereza, nosso maior bem natural após o cais/orla, não merece o meu respeito e nem o meu voto! E não adianta agora querer recalçá-lo e “revitalizá-lo” com laje de gres! Aquilo é o nosso bem maior, merece algo decente e grandioso, se não são capaz de fazer, passem para a iniciativa privada!

    Curtir

  8. de SMOV para GERSON:
    Prezado Gerson. Como já relatei anteriormente, estas foram pequenas melhorias em relação ao estado que se encontrava aquele espaço da Orla. Respeito a sua opinião mas tenho convicção de que mesmo não sendo o ideal, aquele pedaço de orla está em melhores condições e mais receptivo a população. Sou morador da Zona sul desde que nasci e o que tenho escutado de todos que conversei é de que gostaram do trabalho, simples mas que representou melhorias, sem nenhum prejuízo dos estudos e projetos em andamento sobre a Orla como um todo. Atenciosamente.

    =============

    Em sua ultima mensagem, o Secretario da SMOV afirma que tem “escutou de TODOS” com quem conversou que “GOSTARAM DO PROJETO”.
    Das duas uma:
    Ou ele nao esta falando a verdade ou a populacao de Porto Alegre esta cega.
    Ninguem, em bom juizo, pode chamar aquilo de “revitalizacao”.

    Curtir

    • E pensar que essa criatura trabalha quatro andares abaixo de mim.

      Curtir

    • É lógico que todos que conversarão com essa “autoridade” irão elogiar o que foi feito… estamos tão mal de infra-estrutura que qualquer piada de engenheiro/arquiteto acionará a mentalidade “pelo menos ficou melhor que estava” ao invés de acionar um juízo crítico sadio. Estamos nos afogando no descaso Público, e qualquer molécula de ar nos agrada.

      Curtir

    • Fico com a segunda opção. Andei olhando algumas diretrizes estabelecidas em reuniões de moradores da Zona Sul: nada foi requerido a respeito de qualificação da orla, como calçadão, ciclovia, quiosques, bares, marina e outros aparelhos de lazer. A demanda principal foi o papo de sempre: preservação ambiental da orla e proibição da construção de grandes edificações nos bairros da região.

      Assim fica difícil. Por isso que qualquer laje-grês é tida como grande investimento.

      Curtir

      • Verdade, o povo só se preocupa com a suposta especulação imobiliária, se os ricos vão morar na orla e se terá espigões por perto. Fora isso, não se importam se o máximo que ganharão será uma revitalização tosca com laje de gres de vilarejo amazônico, ainda que seja no nosso bem maior, a nossa orla, e ainda por cima num bairro nobre, a versão lacustre do Moinhos de Vento, que nada se parece com a Padre Chagas após essa revitalização, nem mesmo com o calçadão de Tramandaí, Torres ou capão da Canoa.

        Curtir

  9. Será que uma Parceria Público-Privada não seria a solução para a nossa orla?

    Notoriamente a prefeitura não tem verba nem vontade de mudar a situação atual. Creio que somente com a iniciativa privada as coisas podem melhorar (vide Cais Mauá). O problema: ecochatos e ambientalistas de plantão teriam que concordar em haver comércio e edificações (não precisam ser muito grandes) para que os investidores possam recuperar a grana investida.

    É lamentável… enquanto isso, o Rio de Janeiro mantém uma orla maravilhosa (bem como a Lagoa) somente com investimentos públicos

    Curtir

  10. Será que o galã e a mocinha, protagonistas da novela das 18h da Globo gravarão cenas românticas e apaixonadas correndo pelo mato do gasômetro, caminhando na laje gres do calçadão de vilarejo amazônico da Assunção e fazendo pique-nique (pic-nic) no mirante do morro santa tereza? Essa eu tenho que ver.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: