Vandalismo faz crescer adesão aos novos contêineres

Assessoria do DMLU orienta população. Foto: Divulgação/PMPA

A repercussão do incêndio em dois contêineres da nova coleta automatizada de lixo orgânico domiciliar, na madrugada de quinta-feira, 14, no Centro Histórico, deu maior visibilidade pública ao serviço que o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) está implantando em Porto Alegre desde terça-feira, 12. E a partir disso a população tem se manifestado favoravelmente ao movimento “Eu curto. Eu cuido.”, tanto através da grande mídia quanto na abordagem que a Assessoria Comunitária do DMLU tem feito nas ruas onde diariamente estão sendo colocados os novos contêineres.

“Há pequenas reclamações de localização de alguns contêineres ou de excesso de lixo nesses primeiro dias, mas é muito grande o número de pessoas que têm nos procurado para elogiar a iniciativa, mostrar como as ruas já estão mais limpas e incentivar a Prefeitura a combater o vandalismo com energia para defender o novo serviço”, explica Cíntia Elizabete Ferreira, coordenadora do trabalho de rua da equipe de 20 pessoas da Assessoria Comunitária.

A Divisão de Limpeza e Coleta do DMLU está trabalhando ao lado da Conesul, que é a empresa responsável pela coleta automatizada, para ajustar a colocação dos contêineres e a retirada do lixo daqueles que já começam a ficar cheios. Ao final do trabalho noturno, na madrugada desta sexta-feira, 15, estavam colocados 642 contêineres nas ruas da cidade. A previsão é de que a totalização dos 1.100 seja atingida de sábado para domingo e segunda-feira, 18, o novo serviço deverá estar operando com normalidade.

Técnicos do DMLU têm acompanhado a colocação de cada contêiner e orientado as pessoas que têm algum tipo de reclamação, sugestão ou reivindicação a registrar isso através do Fala Porto Alegre (156), para que tudo seja analisado no conjunto durante essa fase de implantação e os ajustes necessários possam ser feitos o mais rapidamente possível.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Coleta mecanizada de lixo

Tags:

6 respostas

  1. ^^

    Verdade, bem ali tem segurança e tudo mais, esm contar que é uma região com muitos bancos e cameras de segurança…..

    Curtir

  2. É um sistema moderno, e as ruas do centro já estão mais limpas. Quanto aos casos de contêineres queimados (2), um deles me deixou intrigado – o localizado na rua General João Manoel, junto à Defensoria Pública do Estado. A foto de ZH mostra que ele está na calçada-estacionamento privado, da qual a DPE se apoderou, e estava obstruindo a entrada de carro para uma das “vagas”. Ao fundo, na foto, aparece um dos guardas que fazem vigilância dia e noite no local. Eles não viram nada, estavam dormindo? Estranho, muito estranho … Ver http://tinyurl.com/6jxyelc

    Curtir

  3. Caminhei hoje pela 24 de Maio, André da Rocha, João Pessoa e Avaí, ruas que têm os novos contêineres. Não vi lixo na calçada, nem ensacado, muito menos espalhado.
    A sujeira foi sempre a única razão séria a me fazer pensar na possibilidade de me mudar desta zona da cidade. Parece que finalmente não terei mais nenhum motivo para querer sair.

    Curtir

  4. Bom..então tá, né. Tomara que haja mais vandalismos para que a divulgação seja maior e as pessoas possam aderir mais ao slogan.
    Essa assessoria de imprensa da PMPA é um barato. hehe

    Curtir

  5. Olha ai, o ruim que veio pro bem.
    sahushusahuashuashuashuhsuhsu

    Ao menos isso.

    Vi umas latas cheias mesmo, mas ja vi alguns lugares onde colocaram duas no mesmo local, e outros com umas bem proximas umas das outras.
    =D

    Acho que pro começo, ta indo muito bem, até por que no centro, é horrivel andar desviando por varios sacos de lixo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: