Fortunati atribui depredação em contêineres à “máfia do lixo”

Prefeito de Porto Alegre disse que já esperava retaliações ao processo de mecanização de coleta

Uma das lixeiras foi danificada na rua Santo Antônio

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, disse nesta segunda-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, que a depredação em seis contêineres de coleta de lixo foi uma ação planejada por uma “máfia”. Segundo ele, desde que começou a organizar o serviço mecanizado, recebeu “recados” de que iria mexer com interesses que envolvem milhões de reais.

“Como fizemos um processo transparente, sabíamos que, na implantação, sofreríamos retaliações”, declarou. Conforme Fortunati, essa “máfia do lixo” é formada por grupos que querem “um jogo de cartas marcadas” nas licitações.

“Estou ousando dizer, sem provas, que essa é uma ação orquestrada. Foi muito mais planejada do que a primeira e não acontece por acaso”, afirmou o prefeito, informando que a segurança realizada pela Guarda Municipal deve ser reforçada. Ele disse ainda que entrará em contato com o Ministério Público e com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. “Quem está fazendo isso, independente de quem seja, está trazendo um prejuízo para a cidade.”

Segundo Fortunati, alguns condomínios em frente aos locais onde as lixeiras foram danificadas têm sistema de câmeras. As imagens já foram solicitadas e devem ajudar a identificar os responsáveis.

Vandalismo na mesma semana da implantação

Os contêineresinstalados pela prefeitura de Porto Alegre para a coleta de lixo automatizada não permaneceram nem três dias nas ruas da Capital sem sofrer vandalismo. Na madrugada do dia 14, dois equipamentos foram incendiados, um na rua Duque de Caxias, no Centro Histórico, e outro na esquina das ruas General João Manoel e Sete de Setembro, no mesmo bairro.

Correio do Povo



Categorias:Coleta mecanizada de lixo, vandalismo

Tags:,

13 respostas

  1. Acho que foi tudo muito mal pensando. Ja deviam ter PREVISTO que iam vandalizar – (O QUE não é vandalizado nessa nossa Porto Alegre?) e pensado em soluções preventivas para evitar. Isso se chama PLANEJAMENTO.

    Curtir

  2. Acho que é mafia sim, todo mundo sabe bem que a politica aqui no RS é esse lixo.
    Ou alguem lembra do caso da quele, acho que médico, mataram o cara por causa de uns esquemas de segurança….

    Olha o que é o sr Tarso com os projetos da Yeda?
    O RS e Porto Alegre estão parados no tempo faz mais de 20 anos justamente por causa dessa politicagem, ninguem nunca fez nada, vai ver por medo disso, e agora que resolveram fazer, olha ai o que ta acontecendo?
    E realmente, esse esquema de coleta de lixo e outras coisas, isso gera grana, muita grana para algumas pessoas, e com essa mudança, pode ser que outros estejam perdendo dinheiro.

    Curtir

    • Nunca se ouviu falar de máfia do lixo em Poa. Nunca. Nem no Rio, que é 5 vezes maior do que Poa há máfia do lixo. Lá o serviço de recolhimento municipal de lixo funciona muito bem, por incrível que pareça. É o melhor serviço público do Rio. É conteinerizado e o sistema é muito eficiente.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: