Orla do Guaíba – depósito de lixo, descaso, abandono, sujeira … vejam os vídeos. Imagens não mentem!

Vejam os vídeos enviados por twitter.com/ArroioDiluvio

O filme da ORLA 1

O filme da ORLA 2


Mas não adianta só criticar então ai vai uma solução

#ECOBarreiraNoArroioDilúvioJÁ


Está ecobarreira vai dar um mensagem bem clara, o rio não é depósito de LIXO.

Não podemos mais esperar a construção e instalação de uma ecobarreira é barata e simples o lixo está flutuando solto a séculos para dentro do Lago Guaíba está na hora de dar um basta nisto, #ECOBarreiraNoArroioDilúvioJÁ

________________________________

O mais incrível é que estes 2 vídeos acima, da orla, foram gravados bem na frente do BARRASHOPPINGSUL !

 

Veja mais sobre a orla aqui.



Categorias:Descaso, Lago Guaíba, Meio Ambiente

Tags:, , , ,

27 respostas

  1. Fui eu que fiz os videos, obrigado ao amigo que postou aqui gerou um baita debate, dos bons, pena que só vi agora, eheh.

    Eu nasci em Porto Alegre e vou morrer em Porto Alegre amo a minha cidade e todos os dias acordo e penso em soluções para deixá-la melhor.

    Acredito que só criticar não resolve o problema. Por isso posto soluções! A ECOBARREIRA é uma ideia que ajudaria muito a conter o lixo que sai para o rio Guaíba se na FOZ do Dilúvio colocarmos um LIXÔMETRO http://www.youtube.com/watch?v=bD1d69IvEHc e enchermos com o lixo ali represado, está ação vai constranger e educar a população. Se inscrevam no meu canal no you tube http://www.youtube.com/user/AguasBrasileiras e me sigam no twitter @ArroioDiluvio faltam apenas 3 meses para eu voltar no local dos videos e verificar se algo modificou, podem deixar que vou postar!

    Curtir

  2. Excelente exemplo, João! O esmero que as sucessivas gestões empregaram na Prefeitura Municipal de Santos criaram e mantiveram essa bela orla em forma de jardim que de tão grande a colocou no GuinessBook, o livro dos recordes, como o jardim frontal de praia de maior extensão do mundo, dando visibilidade a cidade!

    E excelentes vídeos, Gilberto! Mostram que é preciso urgentemente fazer mais pela nossa orla.

    Curtir

  3. Dá estudo pa eles. kkk Dá educação. hahaha

    O papo da moda é educação. Os sociólogos de plantão continuam chafurdando na mesma ladainha.
    Parece uma panaceia…um elixir milagroso. Educação. quá quá
    Papinho gaio. Coisa afetada. Os alegres adoram conversas adocicadas e aveludadas. …e continuam repetindo as mesmas asneiras. é bonito…é politicamente correto…é de bom tom.
    Tola sociologia barata.

    Curtir

  4. Kleiton e Kledir deveriam trocar a letra da musica:
    Deu pra ti….
    baixo astral…
    Vou fugir de Porto Alegre….Tchau!

    Curtir

    • Olha Gerson…. está bem por aí mesmo. Moro aqui há 18 anos e cada vez tenho mais vontade de sair correndo ( é só pintar uma boa oportunidade, vendo meu apto e me mando).

      Dias atrás olhei o filme Contra o Tempo (Source Code) com imagens de Chicago e fiquei morrendo de inveja de não morar numa cidade tão bela e organizada.

      Olhei agora há pouco as fotos de Santos e fiquei babando pela sua belíssima orla.

      E quanto mais viajo pelo Brasil e Mercosul, mais vejo que estamos praticamente no fundo do poço. Imagina no dia que eu fizer turismo pela Europa e América do Norte. Ou fico por lá ou corto os pulsos no voo de volta.

      Hoje está chovendo aqui e tive que caminhar com todo o cuidado pelo centro, pois as ruas ( e também calçadas) estão tão cheias de buracos, que carros e ônibus passam e dão um banho de água suja em quem caminha.

      Curtir

      • Eu penso a mesma coisa. Já falei pra amigos e familiares que eu não teria problema algum em morar em outra cidade, mesmo fora do RS. Não é só Porto Alegre que está estagnada, o Estado inteiro está assim.

        Santos pra mim também foi uma surpresa, não sabia que sua orla era tão bonita, descobri por acaso. Santos e Rio de Janeiro no momento são os lugares que mais me chamam atenção… mas os imóveis no Rio estão incrivelmente altos.

        Curtir

  5. Bah la vem eles com “tem que conscientizar a populacao” hahahah…coisa mais estupida, esses vandalos sao bem conscinetes do que estao fazendo….basta pegar, dar uma camacada de pau e botar na cadeia por um bom tempo…tu vai ver que essa palhacada para rapidinho.

    Curtir

  6. Fico imagindo quando inaugurarem os escritórios do prédio do Barra, e os executivos e empresários forem mostrar a paisagem a visitantes ou familiares, e olharem pra baixo a beleza que esta a Orla de POA. A noite sinais de fumaça de mendigos e vagabundos fazendo churrasquinho e bebendo em meio ao lixo. Sinceramente, os que detem o dinheiro e um certo”poder” aqui na capital, moram em casas e aptos, amplos, limpos, e viajam para lugares paradisíacos…. tão nem ai pro resto da cidade.

    Curtir

  7. Há uns tipinhos por aqui que querem viver de assistencialismo. Querem uma mamãezinha sempre paparicando o bebêzinho. Querem que a iniciativa privada tome conta de tudo, faça todas as obras, dê emprego pra todo mundo, despolua o mundo, cuide de tudo na face da Terra. E o Setor Público, que suga a nossa grana…a única coisa que faria seria arrecadar impostos. Não precisaria fazer nada mais, apenas sugar e apadrinhar amiguinhos. Um lado constroi e o outro SUGA. Barbadinha né.

    Curtir

  8. Máfia do lixo flagrada em ação em sua investida contra os contêineres. Integrante de grupos poderosos, segundo o prefeito, foi fotografado vandalizando o novo sistema de coleta de lixo de Poa.

    http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=319996

    Curtir

    • Não fala deles assim Augusto, são pobres coitados que não conseguem outro emprego!!! 😛

      Curtir

    • Por isso, quando dizem que os cidadãos porto-alegrense emporcalham a cidade, eu contesto, porque em Poa (como de resto em todo o Brasil) existem a população comum e essas pessoas “especiais”, que vivem sob outra ordem jurídica – a do coitadismo.

      É claro que a “população comum” faz coisas erradas, e muito (por ex., ao colocar lixo seco nos contêineres de lixo orgãnico), mas pagam o preço, elas mesmas, quando erram; por isso são facilmente conscientizáveis, seja através de educação, seja através da repressão. Entretanto o outro grupo está isento de qualquer obrigação e não podem sofre qualquer punição ou reprimenda.

      Cidadania pressupõe direitos, mas também deveres; então não sei como pretendem construir uma sociedade civilizada em que um certo grupo social – a dos “desfavorecidos” – só tem direitos. A busca pela igualdade não pode significar a desigualização nos pressupostos da cidadania, nem a desobediência impune da lei, mas em procurar oferecer, no máximo possível, os meios que levam a essa igualdade.

      Curtir

    • Concordo do início ao fim Julião, mas logo logo aparecem os coitadistas ou os que apontam que a constituição iguala cidadania ao direito de voto.

      Bem, na real a nossa constituição fazer isso explica muita coisa.

      Curtir

  9. Os ecochatos só defendem os interesses dos partidos que desejam mais poder.

    Os verdadeiros ecologistas defendem as verdadeiras causas ambientais e duvido que sejam contra projetos de desenvolvimento sustentável ou que tragam melhorias a uma região.

    Esta área perto do Barra Shopping já poderia estar bela e bem desenvolvida com o Pontal do Estaleiro. Bastaria a administração pública ter cobrado contrapartidas ambientais para ter aprovado o Projeto Pontal do Estaleiro.

    Porém, nossos legisladores e administradores públicos só pensam em si mesmos! Só pensam em se perpertuar no poder! Por isso, covardemente, preferem deixar uma minoria barulhenta travar a cidade do que ter a coragem de enfrentar as críticas e fazer o que é melhor para a comunidade.

    E dessa forma, Porto Alegre continua travada. Anos passam e raros projetos de melhorias avançam.

    Curtir

  10. POA e sua não-orla. Legal a barreira. Mas é interessante aquela pilha de pneus no segundo vídeo, eu aposto que metade do lixo ali foi largado por catadores, cansei de ver eles fazendo a festa ali perto do Iberê Camargo.

    Curtir

  11. Enquanto isso, Santos tem projetos para a sua orla desde 1936!

    – Vídeo:

    – Foto aérea da orla (o texto que segue é de um provável eco-chato, que reclama de espigões na orla):

    http://blogs.estadao.com.br/luiz-zanin/?s=Guaruja

    – Foto da Praça das Bandeiras

    http://www.panoramio.com/photo/966839

    – Foto da Praça da Independência à noite (imperdível!):

    http://www.panoramio.com/photo/969275

    – Foto da Fonte do Sapo à noite:

    Fonte do Sapo - Santos - Photo by Pablo Dellic

    Curtir

  12. Fazer o que? Se tirar logo aparece o lixo.
    Querem jogar pra iniciativa privada algo que os governantes deveriam resolver? Alias, nem os governantes, os ignorantes moradores da cidade mesmo…

    Curtir

    • Realmente, largar pro barra seria sacanagem.

      Mas sem essa de “se tirar vem mais”, o último vídeo inclusive mostra algumas melhorias que podem ser feitas na fonte. E são os governantes sim que deveriam trabarlhar nas comunidades para conscientizar sobre a poluição. Aliás, o segundo vídeo também fala disso.

      Curtir

  13. A Prefeitura deveria ter exigido da Multiplan (construtora do Barra) que fizesse algo pela área, mas acho que este pensamento é muito evoluído pra SMAM, SPM e afins…

    Curtir

    • Isso!! perfeito! A Multiplan faz tudo. Faz o shopping, gera milhares de empregos diretos, faz a rua, faz a praça, faz a segurança, faz a despoluição do rio, faz a limpeza da cidade, pontes, viadutos, fiscaliza o trânsito, faz reassentamentos, faz casas, faz a rede de esgoto e pluvial, faz tudo.
      E o Setor Público, para o qual o contribuinte paga ENORMES impostos… serve pra quê hein? Pra quê a gente paga tanto tributo? Qual a função da PMPA?

      Curtir

    • Mas a Multiplan fez, pois quem você acha que pagou pelo alargamente e modernização da Av Diário de Notícias (a melhor avenida de Porto Alegre atualmente)? Se poderia ter feito mais e não foi exigido, não sei, mas que foi uma baita contrapartida isso foi.

      Aliás, quem poderia (e provavelmente ia) fazer algo pela orla naquela região da cidade, como contrapartida do seu projeto, era o Pontal. Agora, não sei, porque a ideia do projeto foi descaracterizado e talvez o Poder Público não possam exigir tantas contrapartidas de um investimento restrito pela própria comunidade.

      Curtir

      • Contrapartida é uma coisa. Agora..querer que a iniciativa privada abrace tudo é exigir demais. A Multiplan abriu a Diário de Notícias e até se propors a cuidar da praça…mas pretender que o setor privado cuide e encampe a administração da cidade é o fim. A Prefeitura tem que fazer a sua parte. Tem que, ao menos, justificar, os tributos que a pppulação paga. Tem que TRABALHAR, PLANEJAR, LEGISLAR, INVESTIR, INTERVIR, CONSERTAR, PREVENIR…caso contrário, não tem nenhuma razão de existir.
        A parceria entre iniciativa privada e setor público é interessante…mas até certo ponto. O aparato estatal tem uma enorme estrutura…uma gigantesca máquina para que a faça funcionar….não é possível que essa enorme engrenagem não faça nada e apenas delegue tudo à iniciativa privada. Assim é muito fácil….fica extremamente conveniente. Deitar na rede e só delegar tarefas. E a sociedade sustentando essa máquina pública empreguista e emperrada.

        Curtir

  14. Excelente post Gilberto! Sempre me pergunto quando ando pelo gasômetro e parque Marinha, onde estão os ecologistas “amigos” de Porto Alegre, que fazem grandes abraços e são contra as melhorias na orla. Será que é esta orla que eles querem?

    Curtir

    • Marcelo, os ecologistas só aparecem pra protestar quando o assunto é revitalização da orla, protestar esta sujeira que infelizmente toma conta do nosso Guaíba, não dá holofotes.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: