Porto Alegre: aprendendo a ser vitrine

Porto Alegre vai estar sob inédita exposição nas televisões – e no imaginário coletivo – de todo o país

Depois de assistir Curitiba e várias outras capitais estarem em evidência, seja por suas vanguardas urbanísticas, seja pela suas cultura estarem na moda, chega a vez de Porto Alegre e sua cultura ficarem em evidência.

Está sendo filmada na cidade a próxima novela das 18h “A Vida da Gente”.

Mas… o que mostraremos ?

Foram colhidas cenas da Terceira Perimetral, Moinhos de Vento, Av. Borges de Medeiros, Mercado Público, Casa de Cultura Mario Quintana, Cais do Porto (abandonado…) e Gasômetro.

Não ouvi falar nada do Iberê Camargo.

E será reproduzida no Projac a Rua Padre Chagas e a Borges de Medeiros.

Gramado também terá cenas e será reproduzida no Projac.

Algumas imagens:

Contribuição: Ricardo Haberland (Porto Imagem)



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , ,

19 respostas

  1. Não vejo mal nenhum em comparar Porto Alegre com os bairros cariocas de Ipanema e Leblon, nestas regiões encontram-se o m² mais caro do Brasil e dos mais caros do mundo, ora, alguma coisa boa eles devem oferecer (e há várias). Nossa orla hoje não é melhor nem que as orlas das praias do Litoral Norte gaúcho e enquanto acharmos que o pôr-do-Sol é ponto turístico continuaremos nessa precariedade.

    Quanto ao Guaíba sujo e marrom a que me referi, estava lamentando o fato de que as cenas foram gravadas bem na época de enxurradas dos rios que compõem a Bacia do Delta do Jacuí, trazendo lodo, madeiras, troncos e outros resíduos para as margens do Guaíba.

    Curtir

  2. “…porque temos que nos comparar com outros para nos inferiorizar?”

    Porque quem se compara com algo melhor, tem autoestima. É por isso, viu Jorge. Não é para que nos sintamos inferiorizados, mas para que possamos chegar um pouco mais perto do que é melhor do que nós. É desejo de melhorar….que é (penso eu) algo natural e essencial na natureza humana. Querer coisas melhores, mais conforto, mais limpeza, mais qualidade de vida. Comparar-se com coisas melhores é em resumo, um gostar de si mesmo, é ter amor próprio, é uma inveja positiva.
    Mas nem precisamos nos comparar com outras cidades. Basta que nos comparemos conosco mesmo e regridamos há meros 20, 30 anos….quando Porto Alegre era uma cidade bem menos suja, favelizada, desorganizada, caótica e violenta.
    É que muitas pessoas não entendem que a crítica é na verdade um pedido de socorro…umm SOS para que se mude o rumo abissal que as coisas tomaram de uns tempos para cá e que parece não ter mais fim.

    Curtir

  3. Como o gaucho tem problemas com a sua imagem…. Ok, porto alegre nao é a cidade mais bonita do mundo, quem nao sabe disso….mas para que ofender? Falar que o Guaiba é feio e marron… queriam um rio cristalino?…. até existe, mas não é a regra, rios barrentos tem por todo o mundo, no Vietnan, o Mississipi, qual o problema? É uma natureza diferente… nao é praia, é outra coisa…. tudo tem que ser praia?? Vem estrangeiros aqui e adoram o Guaiba, ninguem pensa que deveria ser azulzinho ou verdinho… o proprio europeu nao tem esses preconceitos que nos temos…. porque temos que nos comparar com outros para nos inferiorizar? Morei muitos anos em Madrid e Barcelona e vejo um potencial muito grande em Poa. Outro dia estava no Centro e fui ao Cais Mauá, uma sensaçao de tranquilidade, o verde das ilhas ao fundo, o sol baixando…. mas claro a atitude “correta”, “consciente”, é ficar reclamando: “pena que a água é marron… 😦 “

    Curtir

  4. “Estou curioso pra ver as cenas que vai render a Borges de Medeiros !”

    Eles vão filmar o ceu.

    Curtir

  5. No Rio eles tao acostumados com favelas ate’ nos bairros nobres. Acho que no Moinhos de Vento e no Centro de POA os atores nao verao nenhuma favela…

    Curtir

  6. Estou curioso pra ver as cenas que vai render a Borges de Medeiros !

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: