Artigo: Jardins Urbanos: vital para o clima e estética das cidades, por Adeli Sell

Os brasileiros estão viajando mais e começaram a conhecer outras cidades, estados e até países. Com estas saídas, são muitas as novidades e exemplos de iniciativas na gestão e organização das cidades fora dos limites de nossa Capital. Em termos de embelezamento da cidade não é preciso ir até o hemisfério norte para ver o que eles têm feito em termos de “jardins urbanos”, mas quem vai conta que mundo afora o ajardinamento urbano é vital para o clima e estética das cidades.

O impacto do ajardinamento é realmente grande. Porque nas viagens nacionais a região das Hortências é tão procurada? Não é somente pelo frio, mas sim pelas flores e cores que dão até nome àquele local: região das Hortênsias, Gramado, Canela, por exemplo.

Seria a colonização alemã responsável por esta beleza da serra? Não creio. É preciso creditar certa influencia mas sabemos que em outras regiões do Brasil há cidades com igual beleza em flores e jardins. Mesmo que a Alemanha inspire o Sul do país, sabemos que o brasileiro gosta da natureza, do verde e das flores. Isto é um valor nosso.

Quando falamos em “jardins urbanos” temos que acrescentar as hortas familiares, as hortas educativas nas escolas e até as hortas comunitárias. Tem que haver uma composição entre jardins, da beleza e do encanto, com a necessidade e o talento de plantar também hortaliças e verduras para dar mais brilho à nossa saúde.

Este conjunto de ações deve ser introduzido em Porto Alegre que está, infelizmente, mais cinza, mais pichada, mais suja _ na contramão do anseio de seu povo, que é um dos maiores consumidores nacionais de flores. Se estamos cinzas, nosso romantismo e gosto por flores pode ser a força motriz para a mudança necessária no embelezamento da cidade. Além de melhorar o astral de nossa cidade, mexer com a terra, produzir é uma atividade salutar para quem faz.

Temos que dar um banho de limpeza em nossa cidade. E o colorido completo se dá conjugando jardins urbanos com a constante manutenção das fachadas de casas e prédio, dos jardins privados e o cuidado rigoroso com as calçadas e o mobiliário urbano.

Vamos colorir nossa cidade, transformar Porto Alegre numa Cidade das Flores.

Adeli Sell, vereador de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

4 respostas

  1. Deixa florzinhas pra Curitiba, imagina Nova York cheia de canteiros com florzinhas no meio das ruas com o fluxo já dificultado pelo trânsito…

    Curtir

  2. O vereador deveria dar (ou tentar dar) uma caminhada no Parque da Redenção após uma noite de chuva, no domingo pela manhã, eu tentei dar uma caminhada pelo parque, e foi impossível tal o estado de abandono, os caminhos internos mais pareciam trilhas de rali ou montain-bike era pura lama e agua parada. E quero avisar ao vereador que ja fui ao exterior e caminhei em parques em cidades européias em pleno inverno com neve derretida e não chegava perto do que eu vi domingo na Redenção. Outra coisa folhas caídas das árvores acumuladas no chão são bonitas até um certo ponto, na Redenção já é lixo mesmo nunca varrem nada ficando com a total aparência de abandono. Sou natural de Porto Alegre e não sei o que fizeram com a minha cidade, ou melhor sei, faz mais de trinta anos que Porto Alegre não tem uma administração tanto no executivo quanto no legislativo que faça alguma coisa. Vota-se mal, os governos entregam a responsabilidade ao tal do orçamento participativo, o orçamento municipal é usado para a folha de pgto e desta forma sobra muito pouco para investir nos que realmente pagam a conta que são os contribuintes. A cidade esta entregue a hordas de mendigos, nos bairros Rio Branco e Bom Fim onde eu moro, alguns moradores já chegam ao ponto de pedirem licença para os mendigos que dormem na frente de suas garagens, para poderem sair de casa. Praças e viadutos são diariamente privatizados por estas pessoas, em algumas praças do bairro eles até barracas de plástico ja montaram pode??? Convivemos nas calçadas com fezes urina buracos, mal cheiro, lixo, moradores de rua e a prefeitura faz o que? nada!!! vivemos numa terra sem lei, onde cada um faz o que quer. Verador menos filosofia e mais ação, a maioria silenciosa um dia abrirá a boca.
    “Quando falamos em “jardins urbanos” temos que acrescentar as hortas familiares, as hortas educativas nas escolas e até as hortas comunitárias. Tem que haver uma composição entre jardins, da beleza e do encanto, com a necessidade e o talento de plantar também hortaliças e verduras para dar mais brilho à nossa saúde.” Não é bonito? em que país ele vive??????.

    Curtir

  3. “E o colorido completo se dá conjugando jardins urbanos com a constante manutenção das fachadas de casas e prédio, dos jardins privados e o cuidado rigoroso com as calçadas e o mobiliário urbano.”

    Ah sim, o “colorido completo” se dá com a nossa constante manutenção (nos fazendo limpar e pintar as pichações), e não impedindo elas de acontecer (com melhor educação, fiscalização e também punição). Que legal!

    Não passa pela cabeça que após limpar pela 3a vez uma pichação na frente da sua casa o proprietário desiste de tentar fazer a sua parte no embelezamento da cidade?

    Curtir

  4. Fiquei sabendo que o vereador Adeli vai lancar uma coletanea de cronicas intitulada “O Mundo Magico do Adeli”. Vai ser sucesso entre os petralhas.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: