Monumento ao Laçador terá reprodução tridimensional

Mapa 3D irá auxiliar os peritos na manutenção e nos eventuais restauros. Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem

Nesta quarta-feira, 10, com apoio da Coordenação da Memória Cultural da Secretaria Municipal da Cultura e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a equipe do Laboratório de Design e Seleção de Materiais (Cursos de Design e de Engenharia da Ufrgs) vai fazer a digitalização tridimensional do “Monumento ao Laçador”.

O trabalho acadêmico resultará num modelo virtual tridimensional, com dados detalhados do monumento, realizado com equipamento Scanner 3D. Esse equipamento será posicionado no local com auxílio de um caminhão-cesto, e o processo, efetivado com laser de baixa potência, não tem contato físico com a superfície; ou seja, não haverá dano ao patrimônio.

Com o modelo virtual é possível realizar a prototipagem para reconstrução física do objeto, em escala real ou reduzida. Também é possível fazer análises de superfícies, medidas de área, desgaste, volume/massa, definição do centro de gravidade. A partir da digitalização a laser também será possível gerar animações em 3D e disponibilizá-las via Internet.

Esse procedimento é de grande valia para a execução de futuros trabalhos de manutenção e restauração. Em caso de mau tempo a atividade será transferida.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

4 respostas

  1. Acredito que devessem cria no meio do guaiba uma estatua do laçador do tamanho da torre eifel, ou da estatua da liberdade(seria bem interessante os moldes desta estatua para Porto Alegre, levando em conta o rio Guaiba)…..
    Os rendimentos futuros para a cidade porto alegre seriam imensuraveis….
    Vi numa matéria que a cidade de paris lucra 26 milhões de dolares por ano com a torre Eifel.
    A cidade de Porto Aegre ficaria mais atrativa para os empresarios.
    Poderia ser algo a se estudar futuramente.
    Gostaria de saber o que acham da minha idéia.

    Curtir

  2. Imaginem se escanerização em 3D facilita restaurações. rsrsrsrsrs
    O que possibilita restaurações, em qualquer lugar e época é VONTADE de fazê-las. Trabalho, organização e seriedade. Ah….e vergonha na cara. O problema é que vergonha na cara é um artigo raro, praticamente extinto hoje em dia no Serviço Público.
    Entramos na Era das inutilidades supremas a serviço da politicagem barata e do vazio existencial do Estado.

    Curtir

  3. Esqueceram de dizer que o scanner 3D também digitaliza as pichações dos monumentos.
    Deveriam escanerizar os buracos das ruas e das calçadas pra facilitar as restaurações.

    Porto Alegre é uma grande PIADA de mau gosto. Só as bobagens prosperam. Aliás…é só o que o Serviço Público daqui é capaz de fazer; bobagens.

    Curtir

  4. Esse monumento ja nao e’ grandes coisas e nesse pedestal de concreto barato(foi a SMOV que sugeriu?) ainda fica mais tenebroso…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: