Totem contabiliza mortes no trânsito

Marcador está localizado entre as avenidas Ipiranga e Salvador França Crédito: CRISTIANO ESTRELA

 

A Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) e a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) inauguraram, na Capital, um Totem, entre as avenidas Ipiranga e Salvador França, em frente à Amrigs, que contabilizará as mortes no trânsito no país. A atividade integra a campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde denominada “Década de Ação para a Segurança nas Estradas”.

Dados das entidades mostram que 1,3 milhão de pessoas morrem por ano devido à violência no trânsito, o que significa uma morte a cada 30 segundos. Preocupados com a situação alarmante no país e no Estado, a Amrigs e a SBOT lideraram a atividade na Capital. “É um problema preocupante que atinge a população, portanto, estamos reforçando o papel atuante da Amrigs nas campanhas de manutenção e controle da vida”, disse o presidente da Amrigs, Dirceu Rodrigues.

O presidente da SBOT, Osvandré Lech, também enfatizou a importância da ação, uma maneira de alertar o cidadão para o caos dos acidentes de trânsito.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

2 respostas

  1. só tem que cuidar pra nenhum carro bater na placa e destruir ela
    sahuashuash

    Curtir

  2. De onde tiraram esse número? 1,3 milhão de mortes só pode ser no mundo todo. No brasil se não me engano são em torno de 50 a 60 mil anualmente.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: