Globo Esporte: Porto Alegre almeja aumento do turismo como legado da Copa

Prefeito da capital gaúcha sonha com Copa das Confederações e jogos até as quartas de final do Mundial, e afirma que o estado ficará mais conhecido

Por Márcio Iannacca, Rio de Janeiro

Matéria de 17/08/2011

Beira-Rio está com as obras de reformas para a Copa de 2014 paradas (Foto: Divulgação)

Jogos da Copa das Confederações, em 2013, e partidas até as quartas de final da Copa de 2014. Esses são os principais sonhos futebolísticos de Porto Alegre no planejamento da competição que acontecerá no Brasil. Mas os objetivos da cidade não se resumem apenas às quatro linhas. De acordo com a prefeitura, o potencial turístico deve aumentar com a realização do torneio no país. Esse será o principal legado que a competição deixará para a capital gaúcha.

Porto Alegre está dentro do cronograma traçado pela Fifa para a realização do torneio. As autoridades têm duas preocupações para seguir em frente. A primeira delas é a sequência das reformas do Beira-Rio. O Internacional, dono do estádio, fechou uma parceria com a construtora Andrade Gutierrez, mas ainda não assinou o acordo para as obras. A intenção é que tudo esteja pronto até dezembro de 2012.

Outro entrave é em relação à mobilidade urbana. O governo pretende dar início às obras do metrô, mas tudo depende da aprovação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) pela presidente da República, Dilma Rousseff. Se Porto Alegre estiver incluída, a cidade terá que mudar o planejamento para a Zona Norte da capital gaúcha.

– Posso garantir que todo o dinheiro público será investido em obras que ficarão como legado para a cidade – afirmou o prefeito José Fortunati, revelando que a cidade criou o Gabinete de Gestão Integrada para gerir os assuntos da Copa de 2014.

O GLOBOESPORTE.COM mostra a quantas anda o andamento das obras em Porto Alegre. Mobilidade urbana, legado e como estão os preparativos para o Beira-Rio receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.



Categorias:COPA 2014

Tags:, , , ,

18 respostas

  1. Alguma coisa sempre temos para mostra, nem que seja o exôtico (para eles) acampamento farroupilha.

    Curtir

  2. Mas do que adianta, não temos o que mostrar.

    Vão querer mostrar a tal rua mais bonita do mundo, onde os proprios moradores decidiram que ela é a mais bela do mundo.
    haha

    Porto Alegre é a capital mais sem graça do Brasil.

    Curtir

  3. Vamos ser realistas, o gringo que vem pro Brasil vai querer duas coisas: ver o futebol e pegar mulher facil. Esquecam turismo cultural, compras e restaurantes; na Europa isso tudo e’ muito melhor. Entao, para ver o futebol havera’ dois bons estadios (Beira-Rio e Arena) e, para arrumarem mulheres, boas casas (Tia Carmen, Gruta, etc). Praia nao havera’, mas se tiverem na “fissura” podem ir pra Ipanema ou Lami lol.

    Curtir

    • Mas esses não representam 100% dos torcedores que virão para a Copa. Mesmo os, digamos, os 10% de torcedores que não vem para “ver o futebol e pegar mulher facil” e são de alto nível representam um bom contingente que pode ser aproveitado para multiplciar a receita com turismo.

      Mas o principal, no meu ponto de vista, num evento internacional de grande porte como esse são os jornalistas, principalmente do setor de turismo, e os representantes de agências de viagem e de empresas de turismo que tem uma grande copacidade de divulgar as características locais mundo a fora. Aliás, essas pessoas virão muito antes dos jogos em si para fazer reportagens, conhecer os potenciais locais e estabelecer contato as pessoas do ramo.

      Logo, a “nossa” Copa já começou e nem nos demos conta, até porque que só dirigimos a nossa expectativa e estabelecemos nossas metas com base na chegada dos arruaceiros e borrachos em julho de 2014. Aliás nos não, mas nossos “visionários” administradores públicos.

      Curtir

      • Ta certo estes jornalistas e operadores de agencias de turismo que vierem antes da copa, são formadores de opinião em seus países de origem, é para eles que a imagem de Porto Alegre tem que ser vendida.

        Curtir

  4. Acho bobagem porto alegre querer se tornar centro de turismo….no minimo e’ ridiculo essa ideia. Como ja disseram, POA nao tem praia tropical, nao tem predios e arquitetura interessante, e’ uma cidade sem absolutamente nenhum atrativo. Por isso volto e bato na mesma tecla de sempre. POA deveria se profissionalizar e desenvolver um distrito financeiro, atrair bancos e instituicoes financeiras, servicos medicos, technologia e propaganda e marketing (atrair producao de filmes, comerciais e programas de TV, teatro , musica ets etc) Esse e’ o caminho, esse desespero de querer ser tropical e sair dancando pagode feito um mono pelas ruas so’ vai dar errado. Nao somos o Rio nem bahia, tentar ser e’ falta de personalidade e caracter e isso nao e’ o caso dos riograndenses. NY so’ e’ o que e’, por causa dessas industrias que mencionei acima, nao e’ uma cidade muito bonita tembem, mas porque tem dinheiro e caracter e personalidade, se torna atrativa, ela atrai pessoas interessantes.

    Curtir

  5. Eu quero as seguintes selecoes em porto alegre: Alemanha, dinamarca, suecia, republica tcheca e ou russia ou lithuania..hehehehe o resto pode ficar la pro norte mesmo.

    Curtir

  6. O legado deve ser para a capital e o estado. O ideal seria a criação de um comitê para tratar deste assunto entre Pref e Gov. A priori, penso que Porto Alegre deva criar um conjunto de ações para se firmar como uma cidade voltada para o turismo empresarial.Este é o seu turismo.

    Na relação com os turistas argentinos, existem alguns pontos importantes. Segundo o wikipedia a argentina é o principal pais emissor de turista para o Brasil (pesquisa de 2008). E notem que entre os 15 primeiros, estão: Chile, Paraguai, Uruguai, Colombia, Peru e Bolívia.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Turismo

    E o interessante é que, por exemplo, Gramado, somente em torno de 5% dos seus turistas são estrangeiros. O que significa que temos neta relação serra X turistas da américa do sul uma grande oportunidade de melhoria.

    Poderia citar ainda a relação Alemanha, Italia X RGS com os Polos de Caxias e Lajeado.

    Curtir

  7. “Prefeito da capital gaúcha sonha com Copa das Confederações e jogos até as quartas de final do Mundial…”

    Só em sonho mesmo. hehe

    Curtir

  8. “Porto Alegre está dentro do cronograma traçado pela Fifa para a realização do torneio.” (Fortuna)

    Se mentira desse pena de reclusão, o nosso querido prefeito pegaria duas perpétuas consecutivas.

    Curtir

  9. Eu sou o homem-gravador e sempre digo o mesmo sobre isso: o que POA vai oferecer aos turistas além de shopping centers?

    Curtir

  10. “…divulguem para amigos e parentes que a cidade é interessante…” Julião, não creio que vão achar a cidade interessante. Europeu -eu morei 6 anos em Londres- pensa que todo o Brasil tem praia. Ao chegar aqui, vão se deparar com uma cidade desenvolvida, de porte médio-grande, como é novidade, terão coisas a conhecer. PORÉM, ao ver que não tem praias, que é frio no inverno, que não há nada de realmente interessante e peculiar aqui, não acredito que vão fazer uma divulgação muito boa não. Concordas?

    Curtir

    • Mas esses, que querem praia e gandaia, serão a maioria e, como disse, a cidade de Porto Alegre deve pensar em receber as minorias, que vem a procura de conforto, segurança, tranquilidade… e para conhecer culturas e tradições diferentes.

      Curtir

    • A massa dos torcedores que vem como gafanhotos vão embora sem deixar nada de bom e não trazem novos turistas.

      Curtir

  11. Eu acho uma burrice sem tamanho querer a Argentina jogando aqui, como falou o Prefeito, só porque virão argentinos em grande quantidade, devido a distância menor. Claro, virão e irão embora na mesma velocidade, se possível no mesmo dia.

    Não é esse tipo de turísmo que a cidade deveria almejar.

    Por mim o argentinos que ficassem bem longe de Porto Alegre. Além de tudo boa parte dos argentinos conhecem o RS, de passagem, sobretudo quando se deslocam para as praias de SC, e não tem nenhum interesse em fazer turismo aqui.

    Porto Alegre deve preferir receber seleções europeia, pois assim talvez alguns grupos de torcedores mantenham base na cidade e depois divulguem para amigos e parentes que a cidade é interessante. Mesmo que o número seja bem menor, o retorno a long prazo será bem maior.

    Por outro lado, o que menos importa são os dias de jogos de Copa em termos de turismo, mas o reconhecimento por operadoras de turismo e outros turistas mundo a fora de que a cidade e a região existem e têm algo de bom para mostrar. Então é melhor receber (e bem) menos torcedores durante o evento, do que ser invadido por uma massa de desordeiros e bebuns, que trarão uma enorme receita passageira, mas que nem lembrarão da cidade, senão como sendo aquela que sua seleção venceu por 3 x 1 e que houve um quebra-pau inesquecível durante as comemorações.

    Curtir

  12. Pro legado afetar o turismo tem que primeiro existir legado.

    Curtir

  13. Eles devem estar se referindo a Torre da B* do Cristal, o lamacal do Gasometro e o mirante do “esqueleto” la no Centro…

    Curtir

  14. Aumento do Turismo como Legado ? Com essa orla ??

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: