Aeroportos da Copa não ficarão prontos até 2014, diz Ipea

Segundo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 17 aeroportos operam acima da capacidade

Segundo a Infraero, São Gonçalo do Amarante não ficará pronto até 2014 (crédito: Arquivo)

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) voltou a afirmar que a maioria dos aeroportos da Copa não ficará pronta até 2014, ano da competição. Segundo estudo atualizado, 17 dos 20 maiores aeroportos do país estariam operando acima da capacidade.

De acordo com Carlos Campos, coordenador do Ipea, a Infraero investiu apenas 44% do valor previsto para os aeroportos nos últimos anos. A demanda de passageiros, por sua vez, cresceu 10% por ano.

“Os investimentos programados são insuficientes diante do crescimento da demanda”, disse Campos ontem (17) durante seminário realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que contou com a presença de Wagner Bittencourt, secretário de Aviação Civil, e Gustavo do Vale, presidente da Infraero.

O tempo médio de obras de grande porte, segundo o Ipea, é de sete anos. Dessa forma, 10 dos 13 aeroportos da Copa não estarão prontos até 2014. Se concluídas a tempo, poderão ser inaugurados com capacidade defasada.

Outro lado

Gustavo do Vale afirmou que as projeções do Ipea não levaram em conta as peculiaridades regionais dos aeroportos. De acordo com ele, tudo é feito baseado em previsões e isso pode ser modificado.

“É claro que se daqui a um ano as nossas projeções forem para cima ou para baixo, tudo isso será corrigido. Porque é assim mesmo, você não faz uma projeção para três, quatro, cinco anos esperando que ela seja rigorosamente o que você projetou”, disse.

O presidente da Infraero também disse que quase todos os aeroportos da Copa já têm obras. Mas, segundo a própria Infraero, apenas oito de 26 obras estão em andamento nos 13 aeroportos do Mundial.

Em Guarulhos, ocorre a terraplanagem para a construção do terceiro terminal, a ampliação do sistema de pistas e a implantação do módulo operacional. Os aeroportos do Rio de Janeiro e de Brasília têm obras nos terminais de passageiros. A construção do terminal provisório de Campinas (SP) e do sistema de pista e pátio de São Gonçalo do Amarante (RN) completam a lista.

Portal 2014



Categorias:COPA 2014

Tags:,

6 respostas

  1. acho que o que mais me indigna é que não é por falta de dinheiro. é pura falta de gestão.

    Curtir

  2. Eu ia ficar espantado é se falassem que iria ficar pronto a tempo..
    Isso ae todo mundo ja sabe
    ashushua

    Curtir

  3. O lado bom da notícia é que o estudo é do IPEA, ou seja, não dá para confiar!

    Curtir

  4. Alguma novidade??

    Curtir

  5. Consigo ver perfeitamente os aeroportos em 2014 cheios de turistas sorrindo sem jeito pasmos com a bagunça.

    Quem sabe se importássemos administradores chineses?

    Curtir

    • Rapidinho iam enquadrar eles, dizendo que tão trabalhando demais e assim deixavam os outros mal, se não gostarem vão dizer “não te estreeeeeessa” hehe.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: