Capitólio receberá R$ 960 mil para conclusão das obras

Reunião entre prefeito de Porto Alegre e ministra da Cultura também tratou da nova sede da Ospa

Capitólio receberá R$ 960 mil para conclusão das obras Foto: João Fiorin/Arquivo PMPA

A prefeitura de Porto Alegre e o governo federal definiram um investimento de R$ 960 mil para a conclusão das obras de restauração do antigo Cine-Theatro Capitólio, em reunião nesta segunda-feira entre o prefeito José Fortunati a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, no Paço Municipal. A União destinará R$ 800 mil, com contrapartida do município de R$ 160 mil.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Sergius Gonzaga, os recursos serão aplicados na conclusão da obra civil e infraestrutura. O valor deve ser liberado em cerca de 90 dias e a previsão é de que o prédio esteja pronto no início do primeiro semestre de 2012. Conforme Gonzaga, ainda serão captados recursos para os equipamentos cinematográficos.

No encontro, também foi abordada a construção da nova sede da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). Para possibilitar o acesso a R$ 20 milhões em recursos federais já autorizados para a obra, a prefeitura enviará um Projeto de Lei à Câmara dos Vereadores transmitindo a concessão de uso do terreno que sediará o teatro ao governo do Estado.

Hoje, a Fundação é a beneficiária. O pedido foi feito pelo presidente da Fundação Pablo Komlós/Ospa, Ivo Nesralla, em razão de limitação imposta aos ministérios da Cultura e do Turismo, que impede a liberação de recursos federais para instituições de caráter privado.

Capitólio

Construído em 1928, o Capitólio será transformado em cinemateca com uma sala principal de exibição (lotação de 188 lugares), cinco salas para exibição de recursos multimídia com espaço para pesquisa, café, lojas e salas de exposição. Reinaugurado com o nome de Cinemateca Capitólio, o prédio vai armazenar a memória audiovisual do Rio Grande do Sul. O local é hoje tombado como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o projeto foi totalmente adequado aos padrões da Cinemateca Brasileira.
O Capitólio foi projetado e construído pelo engenheiro Domingos Rocco e inaugurado em outubro de 1928. O espaço possuía um equipamento moderno para a época e oferecia 1.295 lugares para espetáculos variados, desde projeção de filmes até apresentações de balé e teatro.
O local fechado definitivamente em 1994, já bastante deteriorado e tendo sofrido um incêndio. Em 2002, foi feito o tombamento como patrimônio histórico do município. A partir de 2004, foi iniciada uma parceria entre a prefeitura e a Fundacine, com o apoio da Associação dos Amigos do Cinema Capitólio (AAMICA), para realizar a completa restauração do prédio e a transformação em uma cinemateca.

Correio do Povo



Categorias:Patrimônio Histórico, Teatro da OSPA

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Porto Alegre possui um patrimonio historico arquitetonico digno de nota. Parabens a sensibilidade de nosso Prefeito em dar atencao a este acervo historico. O cuidado tambem deve ser estendido ao extremo zelo com o ser humano que transita pela cidade e, que em dias de chuva e molhado pelas aquaplanagem dos veiculos nas ruas emburacadas da cidade, como na Av. Farrapos e Rua Voluntarios da Patria. Os moradores de rua tambem fazem feio a cidade, com seus andrajos e com seus sacos nas costas da catacao de materiais,mas devem ser perdoados pela falta de alternativa de sobrevivencia.Todas as pessoas juridicas de direito publico, nas tres esferas hierarquicas devem esforcar-se ao maximo para eliminar a exclusao social que constata-se no dia a dia. Eu como desempregado e excluido procuro sempre tecer criticas construtivas, pois tenho plena nocao de como e salutar a competencia, lembrando meus idos anos como projetista de tubulacao industrial, bem como dos tempos em que atuava em foruns como Advogado. Por conhecer varias unidades industriais brasileira, algumas refinarias da Petrobras, que em quase todos os angulos ha uma estetica, uma simetria, pelos longos anos de experiencia na prancheta de desenho, desenvolvi um senso critico. Belos e cuidados predios, ruas limpas, sinalizadas, com calcadas seguras, sem pedintes, sem moradores de rua, sem desempregados sao alguns dos fatores que podem dar evidencia ao maior patrimonio que e ecologia humana. Obrigado.

    Curtir

  2. Até agora o terreno não foi repassado..não entendo esse atraso?!

    Por sinal, achava que a OSPA deveria ser no cais do porto assim, como uma série de outros novos museus e também com uma grande e moderna biblioteca pública do estado…mas, não vai rolar…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: