Energia eólica vence o gás

O custo da energia eólica no Brasil já é menor do que o da energia elétrica obtida em termelétricas a gás natural.

Parque eólico de Osório. Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem

O governo classificou essa situação como o novo paradigma do setor elétrico brasileiro. Em alguns casos, a energia eólica também tem custo inferior ao das usinas movidas a biomassa de cana. Esse foi o principal resultado dos dois leilões realizados pelo governo semana passada em São Paulo. A Aneel organizou leilões para garantir a oferta de energia às distribuidoras a partir de 2014. Foram contratados 1.929 MW em nova capacidade, que terá de ser montada em três anos. Hoje, dos 110 mil MW de potência instalada no Brasil, 1.000 MW são oriundos de energia eólica.

O país tem contratados atualmente, em leilões públicos, 5.700 MW, que serão instalados ao longo desta década! .

Os preços dessa energia surpreenderam. Os valores por MWh (megawatts/hora) oscilaram entre R$ 99,54 e R$ 99,57 (a térmica a gás, em geral, está acima de R$ 120).

Em leilões anteriores, o preço da eólica estava acima de R$ 130 o MWh. Há pouco mais de dois anos, o valor passava de R$ 200 por megawatt-hora. A situação do setor começou a virar neste ano.

www.affonsoritter.com.br



Categorias:Energia

Tags:,

2 respostas

  1. Felipe

    Os únicos comentários que desaparecem são comentários sem o nível desejado. Chamo atenção que no meu blog não tem propaganda nenhuma logo não ganho nada por escrevê-lo, assim não tenho nenhuma obrigação de aceitar contribuições anônimas que fogem por completo do assunto.

    Se quiseres fazer comentários que contrarie as minhas opiniões, vá em frente, que não sendo baixarias não serão censurados. Vá em frente e experimente, não quero coro para repetir o que digo e o que penso, mas também não tenho a mínima obrigação de aceitar desaforos.

    Curtir

  2. Gostaria de ver os posts do Rogério Maestri sobre o time por aqui… até pq no blog dele meus comentários desaparecem heheh.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: